APP Sindicato pode sair das mãos do PT

Do Fábio Campana

O PT deve perder a hegemonia na APP- Sindicato nas próximas eleições marcadas para o próximo dia 20 deste mês. Duas chapas antagônicas em posições políticas e ideológicas disputam o pleito, mas a expectativa é que três grupos concorram. O movimento mostra o interesse pela mudança e o esgotamento dos professores na gestão anterior do professor Hermes Leão, ligado à CUT, PT e a senadora Gleisi Hoffmann.

A APP é um braço sindical do petismo e aparelhou o sindicato contra os adversários do PT e as mudanças necessárias no Paraná e no Brasil. A votação para a escolha da nova diretoria ocorrerá em setembro com votação presencial, direta e secreta. Terá direito a voto todo educador tenha entrado no quadro sindical até o dia 21 de junho deste ano.

5 comentários em “APP Sindicato pode sair das mãos do PT

  • 17/07/2017, 11:32 em 11:32
    Permalink

    Já o Fábio Campana torce pra APP cair nas mãos dos tucanos. Nada como ter uma entidade forte dirigida por pelegos…

    Resposta
  • 17/07/2017, 11:34 em 11:34
    Permalink

    Mas a verdade é que a APP nunca esteve nas mãos do PT. A APP é democrática e apartidária. Quem acompanha a luta dos professores sabe que as decisões da entidade são discutidas e deliberadas em grandes assembleias públicas. Que outros sindicatos fazem o mesmo no Paraná? Certamente que os sindicatos pelegos não…

    Resposta
  • 17/07/2017, 19:57 em 19:57
    Permalink

    Deus seja louvado, lugar de petista é beeemmm longe de qualquer Entidade de Representação de Classe, até porque eles não representam mais nada de bom há muiiiitto tempo. Fora petebas, cadeia no Lula e na Gleisi. E Fora CUT da APP Paraná! Saindo a petezada dá pra voltar a filiar na APP e pagar a mensalidade.

    Resposta
    • 17/07/2017, 23:33 em 23:33
      Permalink

      Epa! Eleitor de Beto Richa detected! KKKKK

      Resposta
      • 20/07/2017, 19:46 em 19:46
        Permalink

        Epa! Eleitor do André Vargas detected! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *