JBS teria pago propina de 60 milhões para Aécio comprar partidos

Lauro Jardim

A delação de Joesley Batista tem outros trechos devastadores para Aécio Neves, além da gravação em que Aécio pede R$ 2 milhões. Joesley revela que pagou propina de cerca de R$ 60 milhões em 2014 para Aécio, por meio da emissão de notas fiscais frias a diversas empresas. O dono da JBS também revela que comprou o apoio de partidos políticos para apoiar Aécio a presidente.

2 comentários em “JBS teria pago propina de 60 milhões para Aécio comprar partidos

  • 18/05/2017, 14:37 em 14:37
    Permalink

    Quais partidos teriam vendido seus apoios ao candidato derrotado Aécio Neves? Os donos da Friboi eram daqueles que doavam para o PT mas doavam e torciam muito mais para os adversários do PT. Ué… A Friboi não era do Lula?!?

    Resposta
  • 18/05/2017, 18:30 em 18:30
    Permalink

    E para Londrina vieram quanto destes milhões? Ou aqui só tem politico sério. Não é isso que notamos.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *