Procurador do Ministério Público também foi preso

do Lauro Jardim/O Globo

José Robalinho, presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República, foi acordado hoje de manhã pelo chefe de gabinete de Rodrigo Janot com uma revelação bombástica: pela primeira vez na história da Lava-Jato, um procurador da República seria preso por envolvimento com uma organização criminosa.

A PF prendia naquele momento o procurador Ângelo Goulart Villela, que foi cooptado pela JBS para vender informações sigilosas das operações Greernfiled e Lava-Jato.

— É um momento triste para o Ministério Público Federal. Estou analisando tudo, mas não tenho nenhum elemento para dizer que essa prisão não tenha sido pertinente.

3 comentários em “Procurador do Ministério Público também foi preso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *