Lei promete colocar ordem na bagunça dos salários da Câmara. Mas tem pressão contra

A Câmara de Vereadores de Londrina – hoje tem sessão – anda tensa.

É que alguns vereadores apresentaram um projeto de lei, aprovado em primeiro turno, definindo regras para vereadores que quiserem ocupar cargos de secretário municipal ou outras funções fora da Câmara.

Ocorre que hoje quando um vereador é chamado a ser secretário, por exemplo, ele pode escolher o maior salário – do da nova função ou o de vereador. (mais…)

Operação Carne Fraca: ‘Falta de ética, de respeito’, reclamou alvo da Carne Fraca a assessor de deputado do PMDB

Interceptação telefônica da Polícia Federal, na Operação Carne Fraca, pegou o chefe da Unidade Técnica Regional de Agricultura de Londrina/PR – UTRA/Londrina, Juarez José Santana, reclamando com Heuler Martins, o assessor do deputado João Arruda (PMDB-PR), em 22 de março de 2016, sobre uma ‘fiscalização surpresa’. Na ligação, Juarez Santana pede ao assessor Heuler Martins para ‘o João dar uma chamada’ no fiscal agropecuário Daniel Gonçalves Filho, que, segundo a investigação, é ‘o que o líder e principal articulador do bando criminoso’.

(mais…)

Agora vale tudo: Lei libera todo tipo de terceirização nas empresas

Ontem, o Projeto de Lei 4.302/1998 – que libera a terceirização para todas as atividades das empresas – foi aprovado na Câmara de Deputados. Foram 231 votos favoráveis, 188 votos contra e oito abstenções.

Através do projeto as empresas poderão terceirizar a atividade-fim, aquela para a qual a empresa foi criada, inclusive na administração pública.

Atualmente a lei proíbe a atividade-fim e libera apenas a atividade-meio, aquelas que não estão ligadas ao objetivo principal da empresa. Outra mudança é a alteração do regime temporário de três meses de experiência para 180 dias. Com possível prorrogação de até 90 dias, consecutivos ou não.

Acho que, como jornalista, vou terceirizar alguém pra escrever por mim, mas que tenha o texto melhor. rsrs

JBS consegue fazer ainda mais bobagem.

O novo filme publicitário da JBS traz depoimentos de funcionários sobre os padrões de qualidade do grupo e suas marcas, como Friboi e Seara. O comercial foi publicado ontem no YouTube e veiculado nos principais canais da TV aberta.

Com o título “JBS: Qualidade é prioridade”, a parte do filme que mais chamou a atenção dos internautas foi o fato de o prazo de validade da picanha mostrada ter vencido em maio de 2013.

Lava Jato: Rodrigo Janot dá um sacode no Ministro Gilmar Mendes

De o Estadão

BRASÍLIA – O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, fez um duro discurso em defesa da Lava Jato, da Procuradoria-Geral da República, afirmando que o Ministério Público Federal não realiza coletivas de imprensa em “off” e rebatendo as críticas feitas nesta terça-feira, 21, pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que acusou a PGR de praticar crimes de vazamento de conteúdos sigilosos de investigações.

Foto: Dida Sampaio/Estadão
Rodrigo Janot

Janot se reuniu com o presidente Michel Temer em seu gabinete

Apesar de não ter mencionado o ministro do STF em seu discurso, Janot fez críticas à atuação política de Gilmar Mendes. Janot chamou de “mentira” a informação de que a PGR realiza “coletivas de imprensa em ‘off'”, que foi divulgada pela ombudsman da Folha de S. Paulo, Paula Cesarino Costa, em texto publicado no domingo. (mais…)

A pedreira é outra

A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização de Londrina (CMTU) informa que a pedreira desativada que poderá ser usada para o descarte de resíduos de poda de árvores e entulho não é a que fica no Conjunto Cafezal e sim uma próxima ao bairro vizinho, o Jamile Dequeche.

Conforme a assessoria da CMTU, o local está sendo avaliado por órgãos ambientais para saber se não restrições na lei e se é o mais adequado  para a função.

Ex-auditor da Publicano, tem bens confiscados

O delator da Operação Publicano e ex-auditor fiscal, Luiz Antônio de Souza, teve os bens confiscados. A decisão é um pedido do Ministério Público e pelo advogado do ex-auditor. Os bens incluem fazendas, terrenos, apartamentos e salas comerciais, que serão leiloados e vão retornar aos cofres públicos. A Operação investiga um esquema de corrupção no órgão.  O delator deve continuar preso, pois será interrogado no próximo dia 31 e 3 de abril. De acordo com a Secretaria Estadual da Fazenda, o valor desviado pelo esquema passa de R$ 2 bilhões. Caso o ex-auditor confirme  os fatos da investigação, deve ser posto em liberdade.

Operação Carne Fraca: Quase um popstar em Rolândia, Heuler Martins pede exoneração do gabinete de João Arruda

Do Cícero Cattani

Alvo pela Polícia Federal na Operação Carne Fraca, Heuler Martins, assessor do deputado João Arruda, entregou sua carta de exoneração do gabinete hoje à tarde.

Ele é suspeito de integrar um esquema de pagamento de propina a servidores do Ministério da Agricultura responsáveis por fiscalizar a produção dos frigoríficos.

Martins, que recebia cerca de R$ 11 mil como assessor parlamentar, foi levado compulsoriamente para prestar depoimento na última sexta-feira, dia em que a operação foi deflagrada.

Pedreira Cafezal: Prefeito que tal repensar: de Lixão para Área de Esportes, Cultura e Lazer

Alí no Bairro Cafezal, em Londrina, tem uma pedreira.

Lá nos anos 1995/96 o então presidente da Câmara, Célio Guergoletto, elaborou um projeto para transformar o lugar em um centro de artes e lazer, com palco para peças teatrais, espaço para esportes, etc. A ideia não era nova. Guergoletto baseava-se no sucesso da Pedreira Paulo Leminski e na Opera de Arame – também construída numa pedreira de Curitiba.

O projeto foi apresentado ao então prefeito Luiz Eduardo Cheida, na época, no PT. A ideia foi devidamente engavetada.

De lá para cá a área chegou a ser usada para um depósito de moagem de entulho. Mas esportistas não se deram por vencidos e passaram a usar a pedreira para a prática de rapel.

Bom, agora o prefeito atual, Marcelo Belinati, anunciou que a pedreira servirá como depósito de restos de pode de árvores feitas na cidade.

Li agora há pouco a crítica do professor Dr Sérgio Alencar Parra:

“Como Educador Físico e docente da Universidade Estadual de Londrina, venho apresentar minha indignação, pois ali realizamos atividades de Rapel e outras atividades físicas e de lazer. Esperamos de Vs. que ali se faça urbanização para melhor utilizar aquele magnífico espaço a exemplo dos de Curitiba. Em tempo, por favor considere nossas colocações”, disse Parra.

Em uma cidade com tão poucas áreas de lazer gratuito para a comunidade, transformar a pedreira em Lixão, é algo a se repensar.

Decretos pretendem agilizar desenvolvimento econômico

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati (PP), assinou cinco decretos municipais que modificam a tramitação administrativa interna para emitir documentos necessários para a abertura de novas empresas e a liberação de novos loteamentos na cidade. Entre eles, a revisão de procedimentos de Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV). A proposta é resultantes de um estudo realizado pela Comissão Permanente de Revisão e Desburocratização dos Processos e Procedimentos Administrativos, o Agiliza Londrina – onde foram diagnosticados 55 problemas iniciais aos novos empreendimentos que podem impedir o desenvolvimento econômico.

Página 20 de 449« Primeira...10...1819202122...304050...Última »