Para a alegria de uns e tristeza de outros o horário eleitoral acaba hoje

O horário eleitoral gratuito – que não é gratuito – na televisão e no rádio termina hoje. Nesta sexta, ainda podem ser realizados os debates, que não pode passar da meia noite. O uso de altos falantes, amplificadores de som é permitido até amanhã às 22h. Passeatas, caminhadas e carreatas terminam no mesmo horário. No domingo a votação será das 8h às 17h, 143 milhões de eleitores brasileiros estão aptos a votar.

Plano Diretor, o eterno, recebe 150 sugestões de emendas

Após audiência pública nesta semana, o Plano Diretor recebeu 150 sugestões para modificação. Os moradores da zona oeste e sul pediram para manter o zoneamento residencial, evitando zoneamento liberal, com autorização para construção de prédios, implantação de comércio e empresas. O Conselho Municipal das Cidades (CMC) protocolou cerca de 30 propostas para mudanças. O prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff decretou uma comissão de especialistas para analisar quais sugestões podem se tornar emendas.

Alô, alô seu Richa, o candidato tucano é o Aécio, e não o Serra

Ontem, o governador do Estado, Beto Richa esteve em Londrina para entregar novos equipamentos para o Hospital Universitário (HU). Mas, ao dar entrevista coletiva confundiu o presidenciável Aécio Neves com o político José Serra, dizendo “estou confiante na vitória de José Serra”. No final, ele consertou o erro e disse que Aécio é aspiração de mudança para o Brasil.

Tá grogue governador?

TRE dispõe telefone para tirar dúvidas e fazer denúncias

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) abriu os serviços de atendimento ao eleitor – que poderão consultar via telefone ou internet o local de votação. Os eleitores também poderão fazer denúncias a desrespeitos à legislação eleitoral. Até a sexta-feira é possível tirar dúvidas pelo telefone 148. No sábado e domingo é possível ligar nos telefones 3342-3457 e 3324-5780 / 3341-4223. Fica proibido o despejo de santinhos e material de propaganda nos locais de votação e ruas. Coligações, partidos e candidatos ficam sujeitos a multa de R$ 5 mil a R$ 50 milhões, segundo a Promotoria do Meio Ambiente.

Denúncias

Para realizar denúncias até sexta (dia 24) basta ligar para o telefone 3342-1870. Ou ir até o prédio do TRE em Londrina. Também é possível fazer a denúncia ao Comitê 4890 – telefone: 3294-5900.

Médico é condenado por cobrar cirurgia do SUS

A 5ª Vara Criminal de Londrina condenou médico, cuja identidade foi preservada, a pena de dois anos de prisão em regime aberto, pelo crime de corrupção passiva. Em 2006, médico e o sócio teriam cobrado R$ 2,8 mil por uma videocirurgia gástrica.  O médico teve a pena substituída pelo pagamento de 50 salários mínimos à uma instituição carente, além de prestação de serviços à comunidade durante dois anos. A paciente morreu em dezembro, após três intervenções cirúrgicas devido às complicações hemorrágicas e refluxo. Eis as iniciais do médico C.T.F.S.

Da Ruth Bolognese: A vez do Osmar

A VEZ DO OSMAR
A depender do resultado das eleições no domingo, o ex-senador Osmar Dias (PDT), também conhecido como “Urtigão”, surgirá automaticamente como o candidato natural ao Governo do Paraná em 2018. Não se coloca aqui o carro na frente dos bois, até porque carro de boi é coisa antiga por demais, mas em política o futuro é pra ontem.
BOM MOMENTO
Vamos aos fatos: se Dilma Rousseff ganhar a eleição, Osmar Dias fica muito maior do que está hoje, por ser um nome fortíssimo eleitoralmente no Paraná, por fazer parte do Governo Federal em Brasília e, principalmente, porque todos os petistas de primeira hora, como Gleisi, Paulo Bernardo, Dr. Rosinha e Ênio Verri, estão de crista baixa. Se o irmão, Alvaro Dias (PSDB), não lhe atrapalhar os planos, eis o homem para concorrer com quem vier daqui a quatro anos.
PARA O SENADO

E já que estamos de volta para o futuro, as duas vagas para o Senado em 2018, tanto a de Gleisi Hoffmann (PT) quanto a de Roberto Requião (PMDB), serão disputadas como briga de gente grande. Da própria Gleisi ao governador Beto Richa, dos deputados Luiz Carlos Hauly ao nosso Alfredo Kaefer, ambos do PSDB, todos se preparam para chegar lá.

Bola fora, em Maringá

Por Angelo Rigon

O jornalista esportivo Juca Kfouri, repassa JC Cecílio, contou na última segunda-feira no programa Linha de Passe (ESPN Brasil) que quando esteve em Maringá (pela CBN) numa palestra sobre “legado da copa do mundo” (setembro de 2014), citou que seus filhos resolveram torcer para a Argentina e adotaram o Londrina Esporte Clube por ter a camisa com as cores iguais ao do selecionado “hermano”. Ao contar esta história para a plateia, notou que os ouvintes não acharam graça e ficaram calados. Juca pensou: “que plateia fria, sem humor!”.
Em seguida, cai a ficha! Ele não estava em Londrina e sim em Maringá. Um mico…

O medo dos servidores na CMTU

Se tem um órgão em Londrina que onde a galera está tensa é na Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU). O medo, óbvio, é de perder os empregos. Nos últimos anos a empresa assumiu uma série de serviços, porém sem a estrutura e o orçamento necessário.

Agora a ideia da prefeitura, e está claro isso, é aos poucos, desmobilizá-la. O parecer jurídico da Procuradoria Geral do Município (PGM), disse que os funcionários não poderiam ser reaproveitados em outras secretarias. E por isso, seriam demitidas. O procurador geral Paulo Valle explicou que o caminho não seria acabar com o órgão. Segundo ele seria impossível transpor empregados celetistas  para órgãos públicos, onde os funcionários são estatuários. O clima está de apreensão entre os funcionários.

Transferência de presos para Londrina virou um problema

Ex-secretário de Defesa Social de Londrina e ex-diretor do Centro de Detenção e Ressocialização de Londrina (CDR), Raul Leão Vidal, está preocupado com as transferências de presos de outras penitenciárias para Londrina.

Como presidente do Conselho da Comunidade de Londrina, sentindo a preocupação dos agentes penitenciários co as transferências dos presos que promovem rebeliões e se amotinam para Londrina, após consultar os demais membros protocolei na Vara de Execuções Penais (VEP) um Pedido de Providências com pedido de Liminar para que, por decisão judicial, Londrina não mais receba presos que deram origem a rebeliões em outros presídios”. Segundo ele a questão é muito grave.
“Conversando com o juiz da VEP, ele já adiantou que não concederá a Liminar e novamente estaremos recebendo presos de facções criminosas, não oriundos da nossa Região Metropolitana”.

Para Vidal, as penitenciárias locais já estão sentindo a instabilidade provocada pelas transferências.

Página 449 de 449« Primeira...102030...445446447448449