A Milícia e os ´´progressistas“

Por José Maschio (Gancho)

As milícias brasileiras (não é privilégio do Rio isso de ter milícias organizadas) são herdeiras diretas e modernizadas dos esquadrões da morte da Ditadura.
A PM, no Brasil todo, sempre foi fornecedora de mão de obra para as milícias. Existe uma conexão direta entre milicianos e policiais militares.
Quem acompanha de perto o assunto sabe que a farda deixou de ser um trabalho. Ou mesmo um bico. A farda hoje é um ´´passaporte“ que o elemento usa para ser contratado pelas empresas de segurança, na maioria milícias com CNPJ.
Esse quadro, triste porém real, se agrava quando os milicianos chegam ao poder pelo voto. O voto no fascista. No poder, os milicianos mostram suas garras.
E não encontram resistência. E pior: o comportamento de setores que se julgam progressistas cravam mais fundo a desesperança no país.
Na base da brincadeira irresponsável. No desentendimento do que está em jogo. Ou de olho em eleições que se aproximam. Seja qual o motivo, setores que se dizem progressistas, condenam a atitude do senador Cid Gomes contra os milicianos amotinados. Milicianos que aterrorizam uma cidade (no caso Sobral).
Os milicianos agradecem a ignorância política desses´´progressistas“. Com inimigos assim, eles sabem que serão vencedores sempre.

José Maschio é jornalista em Londrina

4 thoughts on “A Milícia e os ´´progressistas“

  • 20/02/2020, 12:15 em 12:15
    Permalink

    O Brasil é um país que desafia a lógica.
    Um Senador da República avança com uma máquina pesada sobre uma multidão. Só isso já é inexplicável. Tentativa de homicídio clara, filmada, testemunhada por uma centena de populares.O que já é motivo mais do que suficiente para a prisão em flagrante delito do legislador alucinado. Obviamente, homicídios não são necessários para o desempenho parlamentar e, portanto, não enquadram no “Foro por Prerrogativa de Função”.
    VIOLÊNCIA GERA VIOLÊNCIA E UM ERRO NÃO JUSTIFICA OUTRO.

    Resposta
  • 20/02/2020, 17:52 em 17:52
    Permalink

    Bom, a mídia mainstream já se posicionou contra os policiais/milicianos.

    Resposta
    • 21/02/2020, 20:55 em 20:55
      Permalink

      Bom, os bolsonaristas já se posicionaram a favor dos milicianos travestidos de policiais militares e já pedem anistia para os encapuzados.

      Resposta
  • 23/02/2020, 12:10 em 12:10
    Permalink

    Vem aí uma nova versão da Tonton Macoute, agora com a bênção dos bispos fundamentalistas neopentescostais e dos reverendos patriotas a serviço do bolsonarismo.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: