É hora de trabalharmos para um País melhor

Por Valter Orsi

Talvez este tenha sido o mais longo mês de outubro dos últimos anos. Há muito tempo não se via uma disputa pela presidência da República tão acirrada, tão dividida. Pouco se discutiu sobre propostas para o País.

Ainda hoje, encerrada a eleição, pouco sabemos sobre o que cada um dos candidatos que chegaram ao segundo turno querem para o nosso Brasil.

Jair Bolsonaro, com 57 milhões de votos venceu. Fernando Haddad, com 46 milhões ficou em segundo lugar.

Fiquei atento aos discursos de ontem dos dois candidatos após a divulgação do vencedor.

Fernando Haddad, como era de se esperar e até pela votação expressiva, disse que fará oposição crítica ao novo governo. É uma decisão importante. A democracia precisa que haja pluralidade de opiniões e oposição construtiva. O fato negativo foi Haddad não cumprimentar o vencedor. Aceitar o resultado das urnas é um dos pilares da convivência democrática.

O vencedor, Jair Bolsonaro, procurou acalmar a população e o mercado. Disse que será um guardião incansável da Constituição Brasileira, que é o que se espera de todo presidente eleito, aliás de toda a população. Também disse que enxugará a máquina administrativa para conter gastos e as nomeações não seguirão o padrão político atual. Fará nomeações técnicas para os principais ministérios. Também disse que seu foco será desburocratizar o País para que ele possa crescer sem tantas amarras; vai valorizar o empreendedorismo, priorizar a geração de empregos e atender uma demanda que só cresce, redistribuir renda para os estados e municípios.

Independentemente de quem eu e você tenhamos votado, agora é o momento de pensarmos em todos, no nosso País. Todas as decisões a serem tomadas daqui para a frente afetarão os que votaram em um ou no outro. A fase dos discursos de campanha terminou.

Bolsonaro agora é o presidente eleito, que governará todos os brasileiros a partir de janeiro.

Cabe a nós da Indústria e dos demais segmentos produtivos, continuar cobrando os avanços necessários para o desenvolvimento do Brasil.

Valter Orsi, Presidente do Sindimetal Norte do Paraná

Leia Também

Silvestri precisa se equipar para a nova/velha política

Há duas décadas este jornalista, quando assinava  a coluna política Informe Folha, da Folha de...

Deputado do Paraná quer suspender decreto que fixa mínimo existencial em R$ 303

O deputado federal Gustavo Fruet entrou hoje (1º) com Projeto de Decreto Legislativo para suspender...

Campanha começou: Requião perde três na Justiça contra Ratinho Jr

O ex-governador Roberto Requião, candidato petista ao governo do Paraná, já está dando muito trabalho...

Comente!

guest
6 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Reflexivo
Reflexivo
3 anos atrás

Quando os processos e a perseguição chegaram quem vai pagar a conta do blog?

Campos
Campos
3 anos atrás

Como eleições podem mudar as pessoas… Quando o PT reelegeu Dilma, Aécio Neves – o grande líder da oposição – prometeu oposição “incansável e intransigente”. Aposto que o ex-tucano, ex-presidente da Acil e ex-candidato a deputado federal derrotado bateu palmas frenéticas para Aécio Neves. Agora, como seu candidato – presumo – foi eleito, o sr. Orsi vem nos dizer que “é hora de trabalharmos para um País (sic) melhor”. Espero que o sr. Orsi continue achando que fazer oposição “incansável e intransigente” é também uma das formas de trabalhar para um país melhor. Principalmente quando o presidente contesta e mídia em seu primeiro discurso depois de eleito e continua atacando seus opositores.

Frederico Hegel
Frederico Hegel
3 anos atrás

Xiiiiii… Alô Valter Orsi, manda uma cartinha pro mercado. Parece que o mercado anda meio desconfiado com o seu presidente. Neste momento o dólar opera em alta e a Bolsa cai. E os empresários já estão pondo a barba de molho. O guru do Bolsonaro na área econômica quer abrir o mercado brasileiro para as empresas estrangeiras com a redução das taxas de importação. Sabe o que vai acontecer com os empresários tupiniquins? Vão pro saco, Orsi. Pelo jeito os únicos que vão ganhar dinheiro pra valer são os investidores da indústria das armas e os fabricantes de caixão… de defunto.

Redi Silva
Redi Silva
3 anos atrás

Na boa, Mr. Valter Orsi, tu tens pés-frios pra caramba. Tu estavas no PSDB, achaste que os tucanos iam se ferrar e decidiste cair fora. Visão fenomenal. O Geraldo Alckmin fez míseros 4,76%. Como tu adivinhaste que o navio dos tucanos ia se afundar, pulaste para o Podemos. E aí o teu candidato a presidente, Álvaro Dias, fez uau! magnífico 0,80%. Acho que vou montar um partido em Londrina, mas já aviso, o Orsi não! (Brincadeirinha, amigo!)

Paulo
Paulo
3 anos atrás

Nossa não sei se comentário do orsi ou a matéria do paçoca vai mudar o mundo, tá de brincadeira

Bispo Ramos
Bispo Ramos
Reply to  Paulo
3 anos atrás

Gênio, Paulo. O seu comentário acabou de repercutir na Wall Street e está no topo dos trending topics. Eh eh eh