Governo volta atrás e retorna a divulgação dos casos de covid-19

Após quatro dias sem exibir informações importantes como o número total de mortes e casos e a curva de aumento da doença, o painel de monitoramento diário do Ministério da Saúde foi reativado com todos os dados. O recuo do governo aconteceu depois da repercussão negativa das mudanças e de uma determinação do ministro do STF Alexandre de Moraes para que a pasta retomasse a divulgação dos números acumulados da pandemia. Em visita à Câmara para comissão externa que debate ações de combate à Covid-19, o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que as informações sobre a doença são “inescondíveis” e afirmou que os números estarão disponíveis 24 horas em um novo banco de dados.

Apertou o gargalo dos leitos em Londrina

Conversando com um diretor de hospital de Londrina sobre a ocupação de leitos ele disse: “Apesar do otimismo do prefeito Marcelo Belinati em alguns momentos e da cara de paisagem em outros, a verdade é que a maioria dos leitos está ocupada, e a coisa tá feia na cidade”.

 

Claro Net não resolve e não quer resolver

Aí você troca seu plano antigo da NET Claro que era de 10 mega para 35 megas. Além de não entregar os 35 megas eles estão entregando menos do que o plano anterior.

Você liga no atendimento via telefone, a “máquina do outro lado” enrola você por dez minutos ou mais e no final diz que nenhum atendente pode falar com você para resolver o problema e pede que faça a solicitação pelo número de whats app.

Aí você pacientemente cadastra o número do whats e outra máquina passa a dizer pra você que não consegue entender o que você está escrevendo e solicitando.

Essa é a Claro Net.

 

Casos da Pandemia: Como fazer pra resolver?

“Tenho um amigo passando necessidade, apesar de ser muito humilde e sem recursos, ele não se enquadra no programa auxílio emergencial, mas ganhou na justiça uma causa trabalhista. Como a empresa não tinha dinheiro pra pagar foi dado a ele um caminhão no valor da dívida. Isso foi há mais de três meses. Este meu amigo já tem comprador pra o caminhão, mas o Cartório do Trabalho não está atendendo e não pode emitir o documento para liberar esse negócio. (mais…)

Empresário entrega “esqueletos ” do governo Richa

do Radar/Veja

João Bittencourt, braço-direito do empresário Joel Malucelli, um dos mais ricos do país, entregou esqueletos da gestão de Beto Richa em delação homologada em abril na Lava-Jato.

Num dos relatos mais inocentes, o executivo revela ter acertado no gabinete de Richa uma compensação para que a empreiteira de Malucelli não atrapalhasse a Odebrecht numa licitação. Há pecados mais pesados, porém.

Empresário mais rico do Paraná, Malucelli, com seu ex-diretor agora convertido em delator, deve fazer o estado tremer.

Prefeitura de Londrina e suas coisas estranhas. Real por Euro

A prefeitura de Londrina está com projetos na Câmara de Vereadores para contrair empréstimos cujo pagamento é ancorado em Euro.

Exatamente o que você leu, ancorado em EURO – a moeda da comunidade europeia.

Agora, convenhamos, que maluquice é essa?

Veja o tamanho da bronca.

Em 3 de janeiro de 2020 o Euro custava R$ 4,52. Hoje ele está em R$ 5,56.

Ou seja, belíssimo negócio, para o credor. Em menos de seis meses o Euro aumentou 23% em relação ao Real.

O Honpar se preparou para o pior

E o leitor, sempre atento, comenta que a diretoria do Honpar – Hospital Norte do Paraná, de Arapongas, solicitou uma câmara frigorífica para receber corpos há um mês e meio atrás preparando-se para o pior.

Sobre isso, informou o Honpar;

O Honpar solicitou por meio de ofício ao governo do Estado do Paraná o empréstimo ou aluguel de uma câmara refrigerada como medida preventiva, caso aumentasse o número de óbitos, especialmente nos fins de semanas. O hospital atende municípios de toda a região e muitos deles não têm funerárias ou cartórios, e em caso de espera o necrotério do hospital não teria capacidade suficiente para atendimento.

Diogo Silva: O que é racismo?

Imagem: Zanone Fraissat/Folhapress

Por Diogo Silva/do UOL

Pedagogicamente é um ato de violência que coloca um grupo étnico superior a outro pela cor de sua pele, suas crenças e sua cultura. A crença de superioridade é construída pela cultura e pela religião que distingue um povo do outro. A escolha da Europa como padrão social, cultural, religioso e econômico para o mundo, tal escolha feita por eles mesmos, faz que todos os povos e culturas do mundo que não estejam dentro desse padrão sejam inferiores. Sendo inferior você está abaixo, estando abaixo, automaticamente, não considero você mais humano. A ofensa mais popular no Brasil à população negra é macaco. Eu escuto desde a infância. Escutamos em coro muitas vezes nas arenas de futebol. (mais…)

Pensa num rolo grande: Empresários, vereadores, secretários municipais alvos do GAECO

do UmuaramaNews

Em Iporã, noroeste do estado, foram deflagradas nesta terça-feira, 09 de junho, quatro operações pela Promotoria de Justiça. Quatro pessoas foram detidas — entre elas o Secretário Municipal de Licitações.

As operações, executadas com o apoio do GAECO de Cascavel e da Polícia Federal, resultaram no cumprimento de 24 (vinte e quatro) mandados de busca e apreensão, na suspensão de contratos do Município de Iporã com empresa investigada, na prisão quatro pessoas – dentre elas o atual Secretário de Licitações -, bem como o afastamento do cargo do atual Presidente da Câmara e de outros dois servidores. (mais…)

90% dos pacientes internados no Honpar com coronavírus são da regional de Londrina

Ocupação dos leitos de UTI dobrou na última semana com atendimento de pacientes da 17ª Regional de Saúde

O Hospital Norte do Paraná – Honpar de Arapongas implantou logo no início da pandemia causada pela Covid-19 uma ala exclusiva para atendimento dos casos de coronavírus. São 60 leitos divididos entre enfermaria e UTI.O hospital está atendendo os pacientes da 16ª regional de saúde de Apucarana e nos últimos dias passou a atender os pacientes da 17ª regional de Londrina. Atualmente, 90% dos internos na instituição são da 17ª regional. (mais…)

Conselho quer que Câmara investigue venda da Sercomtel

do Angelo Rigon

Auber Pereira (foto), engenheiro que deteve a concessão da TV por MMDS em Londrina, assinou longo documento enviado para o Ministério Público Estadual, Câmara Municipal de Londrina, Polícia Federal e ao prefeito Marcelo Belinati, denunciando a tentativa de venda da Sercomtel por preço irrisório. (mais…)

, , ,