Pepe Richa foi preso de novo

Pepe Richa, o poderoso irmão do ex-governador do Paraná Beto Richa, foi preso novamente pela Operação Integração – 54.ª fase da Operação Lava Jato. Secretário de Infra-Estrutura e Logística nos dois mandatos do irmão, foi incluído entre os alvos do inquérito que investiga esquemas de corrupção e propina no sistema de pedágio do Paraná.

*do Contraponto

Momento porradaria no twiter: Alckmin x Haddad

Caro Fernando Haddad, não é o meu partido que é comandado de dentro de um presídio. Nem minha campanha foi lançada na porta de penitenciária. Em São Paulo, bandido pega cana dura. Nós construímos 99 novos presídios e reduzimos a criminalidade.

Libano não tem tratado de extradição com o Brasil

Talvez o juiz que autoriza as viagens do primo distante do governador Beto Richa, Luiz Abi Antoun, não tenha visitado ainda esta página aqui do Supremo Tribunal Federal onde constam os países com os quais o Brasil tem tratado de extradição.

Então, o Libano, onde estaria Luiz Abi é um dos países que não tem tratado de extradição com o Brasil.

Pois é. Durma com um barulho desse.

, , , ,

Justiça do Paraná é caso pra analista

E a justiça do Paraná é uma mãezona mesmo. Luiz Abi Antoun, primo distante – só acredita quem quer – do governador Beto Richa, condenado a 13 anos de cadeia na Operação Voldemort, investigado na Operação Rádio Patrulha, agora com mandado de prisão na Operação Integração II, com cidadania libanesa e paraguaia, é autorizado pela Justiça do Paraná a passear pelo mundo.

É ou não é caso pra analista.

Áudios revelam que Joel Malucelli, sogro de João Arruda, participou de divisão informal de lotes”

Da Gazeta do Povo/Via Blog do Tupan

Áudios colhidos no bojo da Operação Rádio Patrulha revelam que o empresário Joel Malucelli, primeiro suplente do senador Álvaro Dias (Pode), mesmo derrotado no processo licitatório ligado ao “Patrulha do Campo”, acabou participando da divisão informal dos lotes do certame. (mais…)

Primo de Richa, alvo da Operação, estaria no Libano

foto Gilberto Abelha

Entre os alvos da nova operação da Polícia Federal está o primo distante – mas nem tanto – do ex-governador Beto Richa, Luiz Abi Antoun. Porém, ele estaria no Libano, viajando com autorização da Justiça Estadual, e só retornaria em outubro. Abi Antoun já foi preso em outra oportunidade, alvo de outras operações da polícia, como a Radio Patrulha e a Voldemort. Nesta última, Abi foi condenado a 13 anos de prisão por fraude em licitações. (mais…)

PF deflagra nova Operação: corrupção nos contratos do Pedágio no Paraná

E hoje de manhã muita gente foi tirada da cama pela malvada Polícia Federal que não entende que pessoas do bem não querem acordar cedo.

Foi deflagrada mais uma fase da Operação Lava Jato  – Operação Integração II, em quatro estados. A investigação policial tem como foco a apuração de casos de corrupção ligados aos procedimentos de concessão de rodovias federais no Estado do Paraná que fazem parte do chamado Anel da Integração. (mais…)

, , , ,

MP quer explicações sobre o Refis da Cida

do Paraná Portal

O Ministério Público Eleitoral enviou ofício à governadora Cida Borghetti (PP) e ao presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano (PSDB), solicitando informações acerca do programa de refinanciamento de dívidas tributárias de empresas com o governo do Paraná, anunciado na semana passada por Cida e enviado na última sexta-feira, à Assembleia. No entendimento do MPE, o Refis estadual infringe as restrições impostas pela legislação, por conceder benefícios fiscais em período eleitoral. (mais…)

Richa e mais 12 são denunciados pelo MP

E o ex-governador Beto Richa (PSDB) que luta para que sua candidatura ao Senado continue viável, tomou mais uma baita porrada hoje. (mais…)

Marcelo Belinati, escondidinho pra não atrapalhar

Como diz um amigo meu de pelada, “o pau torando” e ninguém parece querer o apoio do prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, nestas eleições para o governo do Paraná.

Ele anda mais sumido do que emprego nos dias de hoje.

Porém, para agradar uns parças, liberou secretários para fazer campanha. Uns pediram exoneração – e devem retornar depois do pleito – outros saíram em férias.

Mas ele próprio tem evitado carregar sua rejeição pós IPTU para a campanha da família Barros.

Vai aí uma espetada básica e sem dó?

do Fábio Campana

Desde que Beto Richa foi preso pelo Gaeco, uma operação logo desfeita pelo ministro do STF, Gilmar Mendes, mas suficiente para abalar sua candidatura ao Senado, ele sofre o que se pode chamar de tiroteio na trincheira. Primeiro, a governadora Cida Borghetti, candidata à reeleição, pediu que ele deixasse a chapa e desistisse da candidatura. (mais…)

Fernanda Richa joga a bomba no colo do contador

Fernando Tupan

A mulher do ex-governador Beto Richa (PSDB), Fernanda Richa, disse em depoimento na Polícia Federal que o contador Dirceu Pupo tinha responsabilidades sobre as empresas da família.

Pupo era responsável por transações envolvendo a compra e a venda de imóveis realizadas em nome da empresa dela, de Richa e de filhos.

O Ministério Público do Paraná suspeita que as organizações teriam sido usadas para lavagem de dinheiro.