Greca e vereadores enfrentam manifestação na abertura dos trabalhos da Câmara de Curitiba

do Fernando Tupan

O início do ano legislativo na Câmara Municipal de Curitiba foi marcado por um grupo protestando na entrada do Palácio Rio Branco. Servidores municipais gritaram palavras de ordem contra o aumento do IPTU e da Taxa de Lixo. Na sexta-feira ocorreu outra manifestação pedindo a reabertura da UPA-CIC, organizado por moradores da Vila Barigui. O prefeito Rafael Greca atribuiu o ato a sindicatos e a oposição, já que não ouve adesão maciça ao evento e a “cidade não pode se servir da dor do povo para alimentar vampiros”.  Segundo os organizadores, do Sismuc, a manifestação foi um comitê de boas vindas “para o prefeito arrogante e autoritário”. (Foto: Julio Cariginano/Porem.net)

Fazendeiro acusado de jogar Estela Pacheco do 12º andar vai a júri 17 anos depois

Paulo Sampaio, UOL 

Acusado de esganar até a morte e jogar do 12º andar a professora Maria Estela Pacheco, o agorpecuarista Mauro Janene Costa vai a júri popular no próximo dia 22 de fevereiro. Estela tinha 35 anos quando foi encontrada morta no jardim do prédio onde Janene morava, em Londrina, a 390 km de Curitiba. Nesses 17 anos, a defesa do agropecuarista conseguiu adiar o julgamento seis vezes.

Por 3 votos a 0 TRF condena Lula e aumenta a pena

Por 3 votos a 0, desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, em Porto Alegre impuseram ao ex-presidente 12 anos e 1 mês de prisão em regime fechado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso triplex.
Os desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) condenaram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta quarta-feira, 24, no caso triplex. Esta é a maior derrota de Lula na Operação Lava Jato. (mais…)

As decisões que abalaram a Operação Publicano

Por Catarina Scortecci/Gazeta do Povo

Desde o início de 2015, a Operação Publicano enfrenta inúmeras contestações de envolvidos nos processos decorrentes da investigação que revelou um esquema de corrupção na Receita Estadual. Entre os argumentos utilizados para tentar frear o caso, e que acabou vingando no ano de 2017, está uma suposta “usurpação de competência”: a Operação Publicano acabou chegando no governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), e, por isso, não caberia à 3ª Vara Criminal de Londrina abrigar os processos, já que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) é o foro adequado para os governadores de estados. (mais…)

, , , ,

Deputado do Paraná acusado de receber “mesada” do esquemão Carne Fraca

do Bem Paraná

Sérgio Souza – Agência Senado

O deputado federal Sérgio Souza (PMDB-PR) foi acusado de receber uma mesada de R$ 20 mil do esquema descoberto pela Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, que investiga uma rede de corrupção que envolvia empresas do ramo de proteína animal e funcionários no Paraná do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A menção a Sérgio Souza foi feita pelo veterinário Flávio Cassou, que trabalhou para o frigorífico Seara (grupo JBS), em depoimento à Justiça Federal na última sexta-feira (1º). (mais…)

, , , , , , , ,

JBS pagava propina mensal para ex-superintendente do Ministério da Agricultura no Paraná

do MaringáPost

Em depoimento à Justiça Federal na sexta-feira passada, o ex-executivo da JBS e veterinário, Flávio Cassou, preso em março na Operação Carne Fraca, contou que pagava há quatro anos uma mesada de 20.000 reais para o ex-superintendente do Ministério da Agricultura no Paraná, Daniel Gonçalves Filho, que trabalhou em Maringá e fechou delação premiada. A informação é de Ullisses Campbell, no site da revista Veja.

O mensalinho, segundo Cassou disse ao juiz Marcos Josegrei, da 14ª Vara Federal, servia para que ele escolhesse pessoalmente quais fiscais do governo atuariam dentro das unidades da JBS no Paraná, fazendo vista grossa na vigilância sanitária e agilizando licenças (leia mais)

, , , , , ,

Leprevost votará em Alvaro Dias e pode disputar o Senado

O senador Álvaro Dias (Pode) tem pelo menos um voto já garantido no Paraná, caso mantenha sua pré-candidatura à presidência da República.

O deputado estadual Ney Leprevost (PSD), diz que irá votar em Dias, porque ele é representante do Paraná.

Aliás ele tem sido incentivado pelos parças a ser candidato ao Senado nas próximas eleições quando duas vagas estarão em disputa.

Na segunda-feira, durante reunião do diretório em Curitiba, lideranças da sigla fizeram coro para a proposta.

, , , , , , ,

Fachin pele as alegações finais no processo contra Gleisi

Da Revista Época

Gleisi Hoffmann (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, apresentou, na semana passada, alegações finais no processo que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a senadora e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR), e seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo. É uma das ações penais mais adiantadas da Lava Jato na Corte. Agora, o ministro Edson Fachin determinou que a Petrobras apresente também seus argumentos finais. A estatal é assistente de acusação da PGR.

, , , , , , ,

“O Urtigão nunca entrou na toca”

“Eu fiquei sete anos em paz fora da política. Agora, que estou de volta, a situação é a seguinte: quando você tem defeito, as pessoas aumentam; se você não tem defeito, as pessoas inventam. Mas acho que a política tem que mudar. Eu estou sendo bem recebido nos lugares que eu vou. Na verdade, eu tenho caminhado pouco porque tenho que ir de carro, eu não tenho helicóptero, eu não tenho cargo no governo. Até disseram: o Urtigão saiu da toca. Na verdade, o Urtigão nunca entrou na toca, eu estou sempre à disposição. A minha dúvida para o próximo pleito é a mesma dos eleitores. Eu não tinha facebook, instagram e nada disso. Agora, tem movimentos que estão surgindo que não estão muito claros. Se me perguntar como serão as eleições do ano que vem eu não saberei dizer, para mim ainda é uma incógnita.”

Osmar Dias, em entrevista ao jornalista Guilherme Marconi, da Folha de Londrina

, , , , , ,

O Plano B de Álvaro Dias

Informar o poderoso blog do Fernando Tupan que o senador botoxmizado Álvaro Dias tem um plano B caso sua candidatura à presidência não decole.

Ele estaria disposto a concorrer ao governo do Paraná. Neste caso o irmãozão Osmar Dias iria disputar o Senado.

, , , , ,

MP investiga denúncia contra vereador de Curitiba

Thiago Ferro

Do blog do Fernando Tupan

Enquanto a Câmara Municipal de Curitiba ignorou as denúncias contra o vereador Thiago Ferro (PSDB), o Ministério Público do Paraná continua investigando o parlamentar. No dia 16 de novembro foi aberto um inquérito civil para apurar se ele recebeu parte do salário dos comissionados lotados no gabinete do Anexo 2 da casa legislativa. Caso seja condenado por improbidade administrativa, Ferro poderá perder o mandato, perder os direitos políticos por até 10 anos e ainda ser preso como aconteceu com o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB). É o segundo caso que está sendo investigado pelo MP neste ano. O outro envolve Kátia Dittrich (SD).

, , , ,

“Bibinho” é alvo de nova operação do GAECO

Olha o Bibinho aí genteee!!!

Informa o Ministério Público do Paraná que estão sendo cumpridos hoje sete mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal de Justiça do Estado. É a Operação Castor, que vem a ser um braço da Operação Argonautas. Além do ex-diretor da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), Abib Miguel, conhecido como “Bibinho”, esta fase da operação envolve o prefeito de Rio Azul, no Sudeste do estado, e seus familiares.  (mais…)

, , , , , , , ,

A falácia da regionalização das licitações

Blog do Zé Beto/Do enviado especial:

Sob o título “Aspectos relevantes da Lei Complementar 123/2006 nas licitações públicas”, a monografia do curso de Direito da Universidade Tuiuti do Paraná recebeu nota 10 (dez) e o autor, bacharelando André Fabris Branco, foi aplaudido pelos professores da banca examinadora. O trabalho demonstrou a falácia da regionalização das licitações e o aumento injustificado dos custos dos produtos e serviços pelo incentivo às microempresas. Segue o exemplo:

(mais…)

, ,

Serraglio pedindo pra sair?

Da coluna Radar On-line, da revista Veja

Osmar Serraglio, o deputado que deixou o Ministério da Justiça pela porta dos fundos, pôs o pé para fora do PMDB.

Ele está em avançadas conversas com Ricardo Barros para se filiar ao PP. Quem conhece as práticas de Serraglio e Barros, aposta que será uma aliança perfeita.

, , ,

TRF4 Reduz penas de Gin Argello e outros condenados pela Lava Jato

Argello foi condenado em primeira instância pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, em outubro do ano passado, pelos crimes de corrupção passiva

Por Redação, com ABr – de Brasília:

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), com sede em Porto Alegre, reduziu hoje a pena do ex-senador Gim Argello (DF) na Lava Jato, de 19 anos para 11 anos e 8 meses de reclusão.

Argello foi condenado em primeira instância pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba; em outubro do ano passado, pelos crimes de corrupção passiva; lavagem de dinheiro e obstrução das investigações.

(mais…)

, , ,
Página 1 de 3123