Ex-dono da Big Frango conta como foi convidado para dar um golpe na Caixa Econômica

Ulinski com a ex- Valdirene Marchiori

Se tem um cara nesse norte do Paraná que volta e meia é citado em algum rolo – seja sentimental ou empresarial – esse cara é o empresário Evaldo Ulinski, ex-dono da Big Frango.

Agora o cidadão é citado na Operação Cui Bono? E conta como foi abordado para um golpe na Caixa Econômica:
(mais…)

Fila da delação premiada tem até lista de espera

Uma fila de candidatos a delatores espera a oficialização dos acordos de delação premiada e leniência fechados entre a Odebrecht e procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato. As tratativas para novos acordos de colaboração premiada estão paradas desde dezembro. (mais…)

Ele está na cadeira. Greca sai do hospital e volta a trabalhar na prefeitura

Do Fernando Tupan

Depois de duas semanas afastado em razão de uma tromboembolia pulmonar, o prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN), retoma nesta segunda-feira (16) suas funções na administração municipal da Capital. Logo pela manhã, Greca recebe na prefeitura o governador Beto Richa (PSDB), para anunciou uma série de ações na área da saúde e a volta da linha de ônibus Colombo-CIC, que vai beneficiar 30 mil passageiros da capital e Região Metropolitana. A retomada da linha é uma das principais promessas de campanha do novo prefeito, e havia sido acordada por ele e Richa logo após sua vitória no segundo turno da eleição. (leia mais)

TC diz que as contas do Aeroporto de Maringá estão irregulares: grana voou?

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) jugou irregulares as contas de 2012 da SBMG S/A – Terminais Aéreos de Maringá, companhia municipal que administra o Aeroporto Silvio Name Júnior, que atende a região Noroeste do Paraná. Os autos indicaram falhas no sistema de controle interno e a ausência de envio de relatório desse sistema ao TCE-PR. O superintendente da companhia naquele ano, Marcos Antônio Valêncio, foi multado. (mais…)

, , , , ,

Citado na Operação Publicano e em outros rolos, Durval Amaral é o novo presidente do Tribunal de Contas

Do G1

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), Durval Amaral, tomou posse como presidente da entidade nesta quinta-feira (12). Eleito pelos pares em 2016, ele substituiu o conselheiro Ivan Bonilha, na presidência da corte de contas.

Durval Amaral está no Tribunal de Contas desde 2012, quando foi indicado pelo governador Beto Richa (PSDB). Nesses três anos, ele já foi citado em pelo menos duas delações premiadas de operações policiais. Uma é a Operação Publicano, que investiga fraudes na Receita Estadual do Paraná e a outra é a Operação Quadro Negro, que apura desvios de dinheiro na construção de escolas estaduais.

Na Operação Publicano, o ex-auditor fiscal Luiz Antônio de Souza contou no depoimento que Durval Amaral procurou o grupo da Receita em Londrina, no norte do estado, e pediu R$200 mil para a campanha do filho, Tiago Amaral, que disputava uma vaga na Assembleia Legislativa do Paraná. Ainda segundo o auditor, Durval Amaral sabia que era dinheiro de propina. (leia mais)

, , , , , , , , , , , ,

Cartilha belinatista impera na nova administração: Roque Neto, mais um político desempregado, ganha o abraço de Belinati

Na administração do pepista Marcelo Belinati, político amigo não fica desempregado. Depois de ajeitar a vida de dois ex- vereadores –  Tio Douglas, Gustavo Richa e Jamil Janene, o primeiro virou superintendente da ACESF , o segundo dirige o Procon e o outro assumiu a vaga na Câmara – agora foi a vez do ex-vereador José Roque Neto, que também não havia conseguido a reeleição.

Roque Neto será assessor na Secretaria de Ação Social. Tudo em casa já que Roque Neto era do PTB do onipresente deputado Alex Canziani e a secretaria é comandada por Nadia Moura, até recentemente presidente do PTB local.

Para quem dizia que faria uma administração surpreendente, Marcelo Belinati não mudou, até agora, uma virgula da cartilha belinatista criada pelo tiozão famoso.

MP chega chegando e puxa a orelha de Belinati

Como havia alertado ontem, o Ministério Público chegou chegando à administração Marcelo Belinati. O promotor de Defesa do Patrimônio Público, Renato de Lima Castro, pediu ao prefeito que repense a vida, as flores e suas nomeações para secretários. O alvo é o médico Luiz Koury, secretário de Saúde que, segundo a própria prefeitura, havia acordado dar apenas meio expediente na secretaria para poder clinicar no sistema particular, o que é proibido conforme a lei federal 8.080/1990 que regulamenta o Sistema Único de Saúde (SUS).

A alternativa oferecida, para que isso não se transforme em processo, é Koury ficar apenas na Secretaria.

, , , , , ,

Kireeff estuda se permanecerá ou não no PSD

Até o final do mês o ex-prefeito de Londrina Alexandre Kireeff (PSD) decide se ficará no partido ou irá se abrigar em outra sigla.

Kireeff andou recebendo vários convites e avalia qual será o seu futuro.

Ele deseja – e até eu que sou mais bobo – ser candidato ao governo do Paraná. Se a oportunidade, com alguma possibilidade de sucesso, aparecer ele embarca.

Richa e as lendas urbanas


E ontem, em Londrina, o governador Beto Richa – que se fosse vidente morreria de fome – disse que o Instituto Médico Legal (IML) será inaugurado em setembro. Deve ser o trocentésimo anúncio de inauguração do IML de Londrina que deveria estar pronto desde 2015. Agora Richa diz que será em setembro.

Já está virando lenda urbana, da mesma forma que a liberação total da duplicação da PR 445.