Belinati quer elogio até de Deus

Ontem aconteceu a posse novos prefeitos. Em Londrina Marcelo Belinati recebeu o cargo das mãos do prefeito que sai, Alexandre Kireeff.

Tudo dentro dos conformes, alguma cordialidade e bola pra frente.

Ao dar a primeira entrevista já como prefeito, pediu um voto de confiança, disse que deseja a prefeitura mais transparente do Brasil e reafirmou que serão anos difíceis.

Talvez o fato curioso tenha sido a pancadaria que Belinati foi alvo nos comentários de portais como o Bonde, ao dizer que “queria ouvir elogio até de Deus” quando terminasse seu mandato. (leia os comentários no Bonde)

Religião e política sempre andaram juntas e sempre se envolveram em problemas quando a medida é acima do tom. (mais…)

Mesmo pendurado no TC, Pavinato deve integrar grupo de Belinati

João Pavinato

E em Cambé é dada como certa a nomeação do ex-prefeito João Pavinato (PSDB) para a Secretaria de Obras e Agricultura de Londrina.

É mais um a ingressar na CAPD – Casa Abrigo para Políticos Desempregados do prefeito Marcelo Belinati.

Advogado por formação, deve contribuir muito para a agricultura e obras em Londrina.

Pavinato tem uma pindura enorme no Tribunal de Contas. A administração dele foi condenada em 2015. O TC considerou irregular a transferência de dinheiro para uma OSCIP que administra serviços de saúde na cidade. Segundo o TC Pavinato terá que devolver R$ 19 milhões aos cofres públicos.

Ele deve recorrer da decisão.

Outros dois nomes muito citados nos últimos dias para compor o primeiro escalão de Belinati é o dos ex-vereadores Fábio Testa (iria para a Secretaria de Meio Ambiente) e José Roque, ainda a ser escalado.

 

O apocalipse foi adiado: Déficit para de 2017 é de 141 milhões, diz equipe de transição

Durante a campanha eleitoral e logo depois da eleição, o grupo vencedor da eleição de Londrina alardeava que a cidade estava um caos e que havia um rombo superior a R$ 300 milhões. Nada tão assustador, considerando que o valor não chegava a 20% do orçamento da prefeitura. Mas a infomação foi martelada cotidianamente como se as trombetas do apocalipse estivessem prontas para serem tocadas.

Bom, parece que os números desmentiram os números. Hoje a equipe de transição do prefeito Marcelo Belinati anunciou que o déficit previsto para o ano que vem é de R$ 141 milhões. Menos de 8% do orçamento municipal.

Com alguns ajustes e a expectativa de melhora na economia brasileira, as orações podem ser direcionadas a problemas mais graves.

O apocalipse foi adiado.

Ufa.

Veja abaixo o texto produzido pela assessoria do prefeito: (mais…)

Política carcomida: Na Londrina de Belinati, vereador perde eleição mas não perde a boquinha

Pelo jeito, na política do prefeito Marcelo Belinati, do discurso à prática, tem uma eleição no meio. Hoje a equipe de transição confirmou que Belinati, usando a velha e carcomida política de tresontonte, acomodou mais um vereador que perdeu a última eleição.

Agora o beneficiário da rebolada política é Gustavo Richa (PSDB), primo do governador Beto Richa. Ele será o coordenador do Procon.

Belinati já tinha acomodado em cargos os vereadores Jamil Janene (PP) e Tio Douglas (PTB) que perderam a eleição.