Emerson Petriv recebeu do próprio veneno: mandato cassado por 14 votos a 5

Há alguns anos o SBT tinha um slogan que dizia: “Quem procura, acha aqui”.

O ex-vereador Emerson Petriv, de Londrina, tanto procurou que encontrou.

Hoje, durante uma sessão especial na Câmara que durou mais de 9 horas, o mandato dele foi cassado por 14 votos a 5. Ele é acusado de quebrar o decoro parlamentar. Além de perder o mandato, ele ficará inelegível por 8 anos.

Galeria com pouco público. Foto Assessoria da Câmara

Emerson Petriv começou sua andança política pelas mãos do ex-prefeito Antonio Belinati. Foi seu assessor de gabinete, quando este esteve na Assembleia Legislativa do Paraná. Também esteve na Codel, quando Belinati foi prefeito. Há alguns anos, foi alçado a assessor especial da presidência da Sercomtel, no governo do Barbosa Neto. (mais…)

, , , , , , , ,

LEC vence o Juventude, se afasta do rebaixamento e volta a sonhar com o acesso

E o Londrina Esporte Clube aprontou mais uma. Venceu ontem o Juventude, em Caxias do Sul, por 2 x 0, com gols de Germano e Safirinha.

O campo estava encharcado, dificultando muito a troca de passes e jogadas um pouco mais elaboradas. Houve um excesso brutal de chutões para todo lado. O goleiro Cesar, herói da final da Primeira Liga, foi pouco exigido.

Com o resultado o Tubarão subiu um pouco na tabela. Está com 40 pontos em 9º lugar, distante do grupo que se classifica para a primeira divisão. Para subir, o Londrina tem que ganhar praticamente todos os jogos que ainda restam e torcer para tropeços dos seus adversários que também querem subir. O Ceará, por exemplo, que está em 4º, soma 48 pontos.

Por outro lado, distanciou-se da zona de rebaixamento. Abriu 8 pontos de vantagem sobre o Figueirense,  primeiro da área da degola.

O próximo adversário do Londrina é o Figueirense, na terça-feira, no Estádio do Café, em Londrina.

 

 

, , , , , ,

UEL, Governo e Sociedade: momento para reflexão e crescimento

por Valter Orsi

Tenho visto, nos últimos meses, um embate sem tréguas entre professores e administradores da Universidade Estadual de Londrina e o governo do Paraná por vários motivos diferentes. A queda de braço parece não ter fim. De greves justas a greves políticas, que complicaram o calendário escolar de milhares de alunos, trazendo prejuízos para os estudantes que estavam se formando, para os que estavam no meio do curso ou ainda os que iam ingressar na Universidade.

Percebe-se que o bom senso, de ambas as partes, muitas vezes é colocado de lado. (mais…)

, , , , , , , , ,

CMTU, Cohab e ainda a Sercomtel, alvos do Ministério Público

O blog vinha alertando desde o início do ano que a telefônica Sercomtel e a Cohab de Londrina tinha em seus tem em seus conselhos pessoas que não se enquadram na Lei das Estatais. E não poucas.

Aliás, o blog questionou várias vezes a indicação do ex-presidente da Sercomtel – que pediu demissão ontem – por não se enquadrar na lei. Enfim.

Agora leio na Folha de Londrina, matéria do Guilherme Marconi, que a promotora de Patrimônio Públio, Sandra Koch está dando prazo de 30 dias para que os membros de diretoria e conselho da Cohab e Sercomtel apresentem a documentação necessária que comprove se podem ou não ocupar as funções. (mais…)

, , , , , , , ,

Presidente da Sercomtel pede demissão

O empresário Luiz Carlos Adati não é mais presidente da telefônica Sercomtel. Neste exato momento ele está comunicando a decisão ao Conselho de Administração da empresa.

Há alguns dias o prefeito Marcelo Belinati vinha consultando o mercado atrás de um novo nome para substituir Adati.

O novo presidente deverá ter a missão de cortar o que puder e talvez até fechar as portas.

 

, , , , ,

Vem briga por aí: Juiz manda universidades publicar salários no Meta 4

E a queda de braço entre as universidades estaduais do Paraná e o governo do Estado está longe de ter fim. Agora o juiz substituto da 3ª Vara da Fazenda Pública, Jailton Juan Carlos Tontini, concedeu liminar em que determina que universidades estaduais forneçam, no prazo de 15 dias, dados das folhas de pagamento das instituições para que sejam inseridos no sistema de gestão de pessoal do Governo do Estado (RH-Paraná – Meta4). (mais…)

, , , , , ,

LEC, campeão da Primeira Liga, com todos os méritos

Já dizia o filósofo que a bola é redonda, são 11 cada lado, fora isso, no futebol, é tudo uma incógnita, tudo pode acontecer.

A vitória do Londrina ontem no Estádio do Café, vencendo o Atlético Mineiro nos pênaltis e conquistando a taça da segunda edição da Primeira Liga, comprovou esta máxima.

Vestindo a camisa do Galo, jogadores que já atuaram pela Seleção Brasileira, como Robinho, Elias, Fred, Fábio Santos, além do excelente goleiro Victor, não conseguiram superar a vontade de vencer e a garra do Londrina. (mais…)

, , , , , , , , , , , ,

Senado aprova cláusulas de barreira para 2018

O Senado aprovou na noite de terça-feira uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que institui a chamada cláusula de barreira para a eleição de 2018 e proíbe a realização de coligações partidárias em eleições para deputados e vereadores a partir de 2020.

As medidas, que dificultam a sobrevivência de partidos pequenos, já haviam sido aprovadas na Câmara dos Deputados em setembro. (mais…)

Governo intervém no Instituto de Previdência dos Correios

Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil

A Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) decretou hoje intervenção no Instituto de Seguridade Social dos Correios e Telégrafos (Postalis), “por descumprimento de normas relacionadas à contabilização de reservas técnicas e aplicação de recursos”. A decisão foi publicada no Diário Oficial de hoje e tem prazo de 180 dias. Foi nomeado como interventor do fundo de pensão dos funcionários dos Correios Walter de Carvalho Parente, que já fez o mesmo trabalho no fundo de pensão Serpros.

A direção do Postalis é indicada pela diretoria dos Correios. Historicamente, tanto o comando da estatal quanto o do seu fundo de pensão são indicações políticas.

Entre as consequências da intervenção estão:

  • Afastamento de todos os funcionários que ocupam cargos estatutários, como membros da diretoria executiva, do conselho deliberativo e do conselho fiscal;
  • Indisponibilidade dos bens dos atuais ocupantes de cargos estatutários e daqueles que ocuparam esses postos nos últimos 12 meses;
  • Criação de uma comissão de inquérito para investigar eventuais irregularidades e produzir um relatório, que será submetido à diretoria colegiada da Previc. O prazo para que isso seja feito é de 120 dias, prorrogáveis.

Serão afastados o presidente em exercício, Christian Perillier Schneider, e o diretor de benefícios em exercício, Luiz Alberto Menezes Barreto. Segundo o Postalis, serão afastados ainda os integrantes titulares e suplentes do Conselho Deliberativo: Sergio Maurício Bleasby Rodrigues, Miguel Martinho dos Santos Junior (presidente), Máximo Joaquim Calvo Villar Junhior, Areovaldo Alves de Figueiredo, Vinicius Moreno, Hudson Alves da Silva e Angela Rosa da Silva. E também do Conselho Fiscal: Angelo Saraiva Donga (presidente), Juliano Armstrong Arnosti e Cicero Ricardo de Santa Rosa. (Veja ainda)

(mais…)

, , ,

STF decide se libera candidatura avulsa para as eleições de 2018

E aí, tá a fim de ser candidato nas eleições de 2018 e não quer se filiar a algum partido? Pois bem, seus problemas podem estar com os dias contados. Amanhã o Supremo Tribunal Federal vai julgar a possibilidade de liberar as candidaturas avulsas, aquelas sem filiação partidária. (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , ,

Estudo mostra que menos de 30% dos partidos renovam suas lideranças

Do Transparência Partidária

Estudo encomendado pelo Movimento Transparência Partidária apresenta panorama sobre a oxigenação de agremiações partidárias brasileiras  

O conceito de democracia não é unanimidade entre os Cientistas Políticos, mas é consensual que para o aprofundamento desse sistema haja alternância de poder. Com o objetivo de entender a média de renovação nas cúpulas dos partidos políticos brasileiros, o Movimento Transparência Partidária anuncia a publicação do estudo Oxigenação dos Partidos Políticos: Executivas e Diretórios Nacionais.

A pesquisa analisou a composição das Executivas Nacionais e dos Diretórios Nacionais de todos os partidos políticos brasileiros já registrados, em um período de dez anos (2007-2017). Entre os achados identificados pelo movimento está a baixíssima rotatividade entre lideranças da Executiva, cuja média é de 24%. (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Veja a carta de Palocci ao PT. Ele confirma e acrescenta tudo

Veja, na integra, a carta de Antonio Palocci ao PT

, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Delator diz que houve direcionamento em licitação do transporte em Maringá

Foto: Lauro Barbosa

do Fernando Tupan

O advogado Sacha Reck disse à Justiça, por meio de delação premiada, que houve direcionamento no edital da licitação do transporte coletivo de Maringá, no norte do Paraná, em 2010. Ele trabalhava para a Logitrans, empresa contratada por prefeituras para estudos de logística e mobilidade urbana, e foi preso em junho de 2016 na Operação Riquixá, sob suspeitas de fraudes em processos públicos. As informações são do G1 Maringá.

(mais…)

Quem gostou da liberação da cervejota nos estádios levanta a mão

Quem vai tomar cerveja nos estádios? Richa sanciona volta da cervejota. foto; Jaelson Lucas / ANPr

Na presença de deputados e outras autoridades – uns com cara de quem gosta mesmo é de uisque 18 anos e nada menos – o governador Beto Richa sancionou hoje a lei que regulamenta a venda de cerveja e chope nos estádios durante jogos de futebol.

O projeto de lei, aprovado em 29 de agosto pela Assembleia Legislativa, foi proposto pelos deputados estaduais Luiz Cláudio Romanelli, Alexandre Curi, Stephanes Junior, Ademir Bier, Pedro Lupion, Márcio Pauliki, Tiago Amaral, Fernando Scanavaca, Márcio Nunes, Nelson Justus e Anibelli Neto, que também assinam a sanção. (mais…)

, , , , , , , , ,

Tribunal suspende licitação do lixo em Curitiba

do Tribunal de Contas

Por meio de liminares concedidas por dois conselheiros – Artagão de Mattos Leão e Fernando Guimarães – o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) determinou a suspensão imediata da concorrência pública n° 4/2017 da Prefeitura Municipal de Curitiba, que visa à contratação de empresa para a prestação dos serviços de coleta e transporte de resíduos e limpeza. A sessão de abertura das propostas seria realizada nesta terça-feira (26/9). (mais…)