O Brasil não é para amadores: Shopping entre Sorocaba e Votorantin – metade fechado, metade aberto

do G1

Um shopping localizado entre os municípios de Sorocaba e Votorantim, no interior de SP, passa por uma situação inusitada em relação à quarentena. A partir desta segunda-feira (22) as lojas que estão no território de Sorocaba não podem mais abrir as portas. Já as que estão na área de Votorantim continuam funcionando normalmente.

(mais…)

Movimentos sociais doam 44 toneladas de alimento para famílias da periferia

O grupo formado por famílias integrantes do movimento Periferia Viva – integrado pelo Movimento dos Trabalhadores por Direitos, MST, Levante, Rede de Médicas e Médicos Populares; Movimento dos Artistas de Rua de Londrina e Projeto UEL em Redes – fez uma baita doação neste sábado para 11 comunidades de Londrina.

Através da campanha Periferia Viva, foram doadas 44 toneladas de alimentos, 3 mil kits distribuídos para famílias carentes dos bairros da periferia. (mais…)

Polícia faz operação contra grupos extremistas no Distrito Federal

do G1A apoiadora do presidente Jair Bolsonaro Sara Giromini defende o armamento da população e já publicou nas redes sociais fotos com revólveres — Foto: Reprodução/Twitter

A Polícia Civil do Distrito Federal deflagrou, na manhã deste domingo (21), uma operação contra três grupos de extremistas que apoiam o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Os integrantes do grupo são investigados por milícia privada, ameaças e porte de armas.

(mais…)

Pesquisa EPICOVID19-BR é realizada em Londrina

do N.Com

O Estudo de Prevalência da Infecção por Covid-19 no Brasil (EPICOVID19-BR), coordenado pela Universidade Federal de Pelotas (Ufpel) e financiado pelo Ministério da Saúde, junto ao IBOPE Inteligência, realizam entre os dias 21 e 23 deste mês, visitas residenciais nas quais serão feitas entrevistas e testagens rápidas do novo coronavírus. (mais…)

Pressão para todo lado. Weintraub cai

Abraham Weintraub não é mais ministro da Educação.

O anuncio foi feito pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Weintraub, circense e campeão em arrumar problemas para o governo, até que durou bastante. Porém, nas últimas semanas houve muita pressão não só do Congresso mas também do Supremo Tribunal Federal.

Em uma das reuniões ministeriais, o então ministro da Educação disse que os ministros do STF deveriam ser presos: “(“…botava esses vagabundos todos na cadeia. Começando no STF”).

 

Assessora de Flávio Bolsonaro também é alvo da Operação

Além de Queiroz, preso, e da mulher dele Márcia – com mandado de prisão e considerada foragia -, a operação da Polícia Civil e do Ministério Público que o assessor de Flávio Bolsonaro também teve como alvo uma atual assessora dele. Trata-se de Alessandra Esteves Marins, que exerce um cargo de confiança no gabinete do parlamentar, com salário de R$ 8.996,28. Alessandra é lotada no escritório de apoio do senador que fica no bairro da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

A assessora já trabalhou com Flávio na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e está entre os investigados pela suspeita de “rachadinha” – o desvio dinheiro dos salários dos funcionários públicos.

(mais…)

Onde está o Queiroz? Neste momento, na cadeia

do G1

Fabrício Queiroz, ex-assessor e ex-motorista do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), foi preso em Atibaia, interior de São Paulo, na manhã desta quinta-feira (18).

O mandado foi expedido pela Justiça do Rio de Janeiro, num desdobramento da investigação que apura esquema de “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). No esquema, segundo a investigação, funcionários de Flávio, então deputado estadual, devolviam parte do salário, e o dinheiro era lavado por meio de uma loja de chocolate e investimento em imóveis. (mais…)

Manifestação em frente a prefeitura de Londrina

Ontem à tarde, o Comitê Unificado – composto por representantes de várias entidades – organizou um ato de cobrança na prefeitura de Londrina.

No dia 10 o grupo apresentou uma lista de questionamentos ao prefeito Marcelo Belinati sobre as ações de combate ao coronavirus na cidade (veja aqui)

O prefeito, que adora falar em lives pela internet, ainda não respondeu aos questionamentos.

 

Pandemia em Londrina: “Acabou o amor, vai ser na dor”, diz o prefeito Marcelo Belinati

O prefeito de Londrina Marcelo Belinati está anunciando neste momento medidas duras contra quem estiver desrespeitando as regras de combate ao coronavirus.

Empresas, lojas, bares, etc que desrespeitarem terão o estabelecimento lacrado e o alvará de funcionamento suspenso. Além de multas que podem chegar a 120 mil reais. (mais…)

Governador do DF fecha vias da Esplanada dos Ministérios

esplanada dos ministérios brasilia
Marcelo Casal/Agência Brasil

Espaço de muitas confusões nas últimas semanas, o governador do Distrito Federal (GDF), Ibaneis Rocha, decidiu fechar hoje e amanhã (17) a Esplanada dos Ministérios, principal avenida da capital e sede dos prédios administrativos do Executivo, Legislativo e Judiciários federais.

Ibaneis também levou em consideração as ameaças do grupo 300 do Brasil ao bispo dom Marcony Vinícius Ferreira. O sacerdote pertence à Cúria Metropolitana, localizada na Catedral Nossa Senhora Aparecida, na Esplanada. (mais…)

Pesquisa mostra empobrecimento da população de Londrina

reprodução Facebook

Agência UEL/Reinaldo C. Zanardi

Projeto de pesquisa da UEL comparou crescimento da população com a procura por programas sociais de 2010 a 2019

A comparação do crescimento populacional da última década (2010 – 2019) com o número de famílias de baixa renda inscritas no CadÚnico, do governo federal, aponta para um empobrecimento da população de Londrina no período. Podem se inscrever no CadÚnico famílias com renda de ½ salário mínimo por membro, até um total de três salários mínimos.

Enquanto a população cresceu 16,20% (de 485.822 habitantes, em 2010, para 569.733, em 2019, segundo projeções do IBGE), os inscritos no CadÚnico cresceram 65, 08% (de 31.182 famílias inscritas em 2010 para 52.055 em 2019). Como cada família, ainda de acordo com o IBGE, tem em média 3,3 membros, em 2019 eram 171.781 pessoas inscritas no CadÚnico, aproximadamente 30% da população londrinense.

(mais…)