A corrupção chega ao âmago do governo. Veja o debate e compartilhe

Se você ainda não viu o debate de ontem à noite. Veja agora.

Bolsonaro x Ricardo Barros. As denúncias de corrupção chegam ao âmago do governo. O que fará Bolsonaro que se elegeu dizendo que no governo dele não teria corrupção?

Participam do debate os jornalistas Fábio Silveira, Raquel Rodrigues e Cláudio Osti, e o convidado professor e cientista político Elve Cenci.

Miranda diz que recebeu oferta de propina para não atrapalhar negociação da vacina Covaxin

foto Paulo Valadares/Agencia Camara

do Congresso em Foco

O deputado Luis Miranda (DEM-DF) contou que foi procurado por um conhecido lobista de Brasília para ajudar nas negociações para a compra da vacina indiana Covaxin. O lobista em questão é Silvio Assis, conhecido da Polícia Federal por envolvimento em esquemas de corrupção. Assis é tido como homem de confiança do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR). Em duas reuniões com o lobista – em uma das quais Barros estava presente -, houve oferta de propina para que o deputado não criasse problemas para a compra do imunizante, revela reportagem da revista digital Crusoé. (mais…)

Paraná chega a 30.338 mortes pelo Coronavirus

Mais 4.967 casos e 58 mortes pela Covid-19 foram registrados no Paraná, segundo o boletim divulgado nesta terça-feira (29) pela Secretaria de Estado da Saúde.

Os números são referentes aos meses ou semanas anteriores e não representam a notificação das últimas 24 horas. Os dados acumulados do monitoramento da doença mostram que o Estado soma 1.272.289 casos e 30.338 óbitos.

Senadores apresentam notícia-crime contra Bolsonaro no Supremo pelo crime de prevaricação

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – Três senadores, incluindo o vice-presidente da CPI da Covid, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), ingressaram na tarde desta segunda-feira (28) com uma notícia-crime no STF (Supremo Tribunal Federal) contra o presidente Jair Bolsonaro pelo crime de prevaricação. (mais…)

Senador apresenta requerimento para convocar Ricardo Barros à CPI

Bolsonaro e Ricardo Barros- foto Alan Santos PR

Informa o site O Antagonista que o  senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) apresentou há pouco um requerimento de convocação do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), à CPI da Covid. (mais…)

A bomba chamada Ricardo Barros no colo do presidente

E este blogueiro decidiu ontem ficar umas horas fora do ar, mas as notícias atropelam sem dó.

O depoimento do deputado federal Luiz Miranda, do DEM do Distrito Federal, à CPI da Pandemia, deixou governistas com a sensação de que está cada vez mais difícil manter o barco navegando.

Miranda disse com todas as letras que é Ricardo Barros, o deputado de Maringá, que foi citado por Bolsonaro ao ser alertado sobre possíveis irregularidades na negociação para a compra da vacina Covaxin, da China.

Lembrando que Barros é o líder de Bolsonaro na Câmara Federal.

Na CPI, ao ser questionado pela senadora Simine Tebet, Miranda disse:

“Eu sei o que vai acontecer comigo. A senhora [Simone Tebet] também sabe que é o Ricardo Barros que o presidente falou”, afirmou Luis Miranda.

Simone Tebet insistiu: “O senhor confirma?”

“Foi o Ricardo Barros que o presidente falou. Foi o Ricardo Barros”, repetiu Miranda.

Paulo Guedes: reforma vai tributar rendimentos de capital e dividendos

Paulo Guedes entrega projeto de Reforma ao presidente da Câmara Arthur Lira – foto Paulo Valadares

Da Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse hoje (25), em Brasília,  que a reforma tributária planejada pelo governo vai tributar os rendimentos de capital e dividendos para reduzir os impostos que incidem sobre os assalariados. 

Durante audiência na Comissão Temporária da Covid-19 do Senado, ele afirmou que o atual sistema tributário é “perverso” e foi construído buscando caminhos “mais fáceis”, em vez de mais justos para a arrecadação. (mais…)

Hoje tem barulho na CPI. Serão ouvidos o deputado e o irmão que denunciaram irregularidades na negociação da Covaxin

do MSN

A CPI da Pandemia ouve nesta sexta-feira, 25, a partir das 14h, os depoimentos do servidor do Ministério da Saúde e ex-chefe de Importação do Departamento de Logística da Saúde Luis Ricardo Fernandes Miranda e de seu irmão, o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF). Ambos denunciaram possíveis irregularidades na compra pelo governo federal da vacina indiana contra a Covid-19, Covaxin. (mais…)

É a banana comendo o macaco. Governo quer investigar o denunciante antes da denúncia

, , , , , , , , ,

Investigado pela PF, ministros do Meio Ambiente Ricardo Salles pede exoneração

do

do UOL

Alvo de investigações, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, pediu hoje demissão do governo de Jair Bolsonaro (sem partido). A jornalistas, Salles diz que deixa o cargo da “forma mais serena possível”. O pedido de exoneração foi publicado no DOU (Diário Oficial da União). Joaquim Álvaro Pereira Leite, que era da Secretaria da Amazônia e Serviços Ambientais, assume a pasta. (mais…)

Deputado Luiz Miranda diz que entregou denuncia sobre Covaxin direto a Bolsonaro

de O Antagonista
Escute a entrevista exclusiva na qual o deputado federal confirma que alertou o presidente de indícios de corrupção no contrato com a vacina indiana
Como noticiamos, em entrevista exclusiva a O Antagonista, o deputado federal Luis Miranda, do DEM do Distrito Federal, confirmou que alertou Jair Bolsonaro das possíveis irregularidades envolvendo o contrato do Ministério da Saúde para a aquisição da vacina Covaxin.

Ouça a entrevista:

(mais…)