Ex-prefeito de Londrina, Nedson Micheleti é alvo de ação criminal

Claudia Lima/CBN Londrina

O promotor de defesa do patrimônio público, Ricardo Benvenho entrou com uma ação criminal contra nove pessoas, entre elas Jack Dias, então secretário municipal de gestão pública e o ex-prefeito Nedson Micheleti. Ele explica que empresas, que faziam parte de um cartel que já atuava em São Paulo cooptaram os gestores públicos para facilitar a assinatura de contratos de fornecimento de merenda escolar na rede municipal de Londrina. (mais…)

, , , ,

Pensa num jogo cheio de emoção. Foi assim a classificação do Tubarão para a final da Primeira Liga

, , , ,

Delator diz que encontrou-se com Richa para discutir Caixa 2

Richa e Traiano – Bons Companheios
foto Carta Capital

Do blog do Fernando Tupan

O dono da Construtora Valor, Eduardo Lopes de Souza, afirmou aos procuradores do Ministério Público Federal (MPF) que o então diretor da Secretaria de Educação (Seed) Maurício Fanini participou de uma reunião na casa do governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), 45 dias antes da eleição de 2014, para discutir caixa dois. O G1 e a RPC Curitiba tiveram acesso à delação premiada firmada pelo empresário com o Ministério Público Federal (MPF), que ainda precisa ser homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O atual presidente da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), Ademar Traiano (PSDB), também participou do encontro, afirma o empresário. Eduardo Souza é investigado por fraudes em licitações na construção de escolas do estado. Ele é investigado por fraudes em licitações na construção de escolas do Paraná que chegam a R$ 20 milhões. As informações são do G1. Paraná

(mais…)

, , , , ,

Barros teria negociado mesada para venda de cargo, diz delator

Da Folha de São Paulo

Um delator ligado a desvios de verba pública no Paraná afirma que negociou com o ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), a compra de um cargo no governo do Estado pelo valor de R$ 15 mil mensais.

Os pagamentos foram feitos, segundo ele, ao cunhado de Barros, Juliano Borguetti, irmão de Cida Borghetti (PP), mulher do ministro e vice-governadora da gestão de Beto Richa (PSDB).

O delator é Eduardo Lopes de Souza, dono da construtora Valor, apontada como responsável por desvios de cerca de R$ 20 milhões da Secretaria da Educação do Paraná. Ele foi um dos alvos da operação Quadro Negro, que investiga o esquema. (mais…)

Como está a Sercomtel? Uma análise para ser mastigada no fim de semana

Pelo jeito vai bem.
Sai de um lucro anunciado pelo ex-gestor Christian Schneider (hoje na equipe do ministro de Comunicações Gilberto Kassab – PSD – no Postalis) para um prejuízo anunciado com pompa e circunstância pelo prefeito Marcelo Belinati e o novo presidente da empresa Luiz Adati de 800 milhões de reais.
Daí aquele processo que estava administrado na ANATEL ao lado da mega OI é colocado em pauta e todo mundo vê a crise de frente: desde 1998 quando o condenado ex-prefeito Antonio Belinati (tio do atual alcaide) requereu um empréstimo de R$ 100 milhões de reais da então rica empresa em 1998 (um ano após o fim do monopólio das telecomunicações). No balanço da empresa há uma dívida de R$ 24 milhões de reais apontado como sendo da Prefeitura e sócia da empresa – mas ninguém cobra(http://bit.ly/2emDZJc).

(mais…)

, , , , , , ,

Prefeitura de Rolândia quer reduzir número de servidores

do Jornal de Rolândia
A Prefeitura de Rolândia enviou para a Câmara Municipal um projeto de lei para instituir o Programa de Demissão Voluntária (PDV). A leitura do projeto foi realizada na sessão do dia 14 de agosto e seguiu para a análise das comissões do Legislativo. Fábio Aparecido Teixeira Pinto, secretário de Administração, esclareceu que a medida tem como objetivo diminuir os gastos públicos. “Com a crise de hoje no Brasil, a diminuição dos recursos afetou os moradores, que não têm dinheiro para pagar o IPTU, os encargos da Prefeitura. Isso diminui a receita, mas a folha de pagamento não diminui”, justificou. 

(mais…)

Gleisi depõe e diz que é perseguida

do G1

Gleisi – Revista Época

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) prestou depoimento nesta segunda-feira (28) ao Supremo Tribunal Federal (STF) e negou as acusações contra ela na Operação Lava Jato, afirmando que não há provas. Gleisi também se disse “vítima de perseguição política”.

O depoimento da senadora durou pouco mais de uma hora e foi prestado na ação penal no STF na qual Gleisi é ré pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A petista falou a um juiz auxiliar do ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo.

(mais…)

, , ,

Sercomtel está em busca de um milagre

Sercomtel – foto google

Como era de se esperar a Copel não aceitou aportar R$ 120 milhões – mais do que os R$ 100 mi, que se comentava anteriormente – na telefônica Sercomtel.

Ontem ocorreu uma reunião da diretoria da empresa de energia. Conforme apurou a equipe de jornalismo da CBN Londrina, a Copel se propôs a ajudar na contratação de uma consultoria para tentar dar um direcionamento para a empresa, mas não desembolsar a pacoteira que a Sercomtel queria.

Segundo o deputado Tiago Amaral, em entrevista à jornalista Raquel Rodrigues, o fato de a Copel topar, mesmo que apenas ajudar com uma consultoria, pode ser uma luz a ser apresentada na reunião de hoje à tarde na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em Brasília.

A Anatel sinaliza que pode dar mais um tempinho para a Sercomtel encontrar uma saída. Mas não muito tempo.

A telefônica está em situação muito complicada. Só de ações trabalhistas são mais de 200. Dezenas delas, inclusive, de funcionários que continuam trabalhando na empresa.

 

Tempos de Cigarro Sem Filtro: A Ditadura Militar sob a ótica de pessoas comuns, das periferias das cidades

Tempos de Cigarro Sem Filtro, primeiro romance do jornalista José Maschio, retrata o Brasil da década de 1970. O período sombrio da ditadura militar aparece através dos olhos de pessoas humildes, cidadãos simples levando suas vidas simples na periferia das cidades.

Em Tempos de Cigarro Sem Filtro, José Maschio, com sua longa experiência como repórter, narra a história de Jaso e Maria, um casal unidos pela miséria. Vivem na periferia de uma típica cidade brasileira dividida por desigualdades sociais e econômicas. Jaso é um peão para qualquer trabalho braçal, Maria uma lavadeira de roupas.

Veja e compartilhe a entrevista exclusiva do autor ao blog:

O lançamento do livro acontee hoje às 19h30 no Sesc Cadeião, em Londrina.

O preço do livro é bem camarada: R$ 30,00

, , , , , ,

Prefeitura dá sua versão sobre a falta de transparência sobre o IPTU

Sobre os posts em que questiona a postura da Prefeitura de Londrina na forma como está realizando para que os munícipes obtenham as informações do IPTU/2018, a Procuradoria-Geral do Município (PGM) esclarece que a medida se baseia no sigilo fiscal.
Para não haver dúvidas, esclarece ainda que sobre o sigilo fiscal, o artigo 198 do Código Tributário Nacional (CTN) dispõe:
Art. 198. Sem prejuízo do disposto na legislação criminal, é vedada a divulgação, por parte da Fazenda Pública ou de seus servidores, de informação obtida em razão do ofício sobre a situação econômica ou financeira do sujeito passivo ou de terceiros e sobre a natureza e o estado de seus negócios ou atividades. […] (mais…)

PF prende ex-deputado Vaccarezza. R$ 122 mil foram encontrados na casa dele

O Globo

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta sexta-feira, a 43ª e a 44ª fases da Lava-Jato no Rio de Janeiro e em São Paulo. O ex-deputado federal Cândido Vaccarezza, ex-PT, é um dos alvos de prisão temporária. É a primeira vez que a PF realiza duas fases da operação ao mesmo tempo. As operações foram batizadas de Sem Fronteiras (no Rio) e Abate (em São Paulo), respectivamente. Vaccarezza é investigado por receber boa parte dos US$ 500 mil oriundos em propina do esquema, segundo o Ministério Público Federal, “agindo em nome do Partido dos Trabalhadores”. (mais…)

Comove o esforço do prefeito Marcelo Belinati em dificultar o acesso à informação sobre o aumento do IPTU

Belinati – foto Baixo Clero

É comovente o esforço do prefeito de Londrina, Marcelo Belinati e de sua equipe em dificultar o acesso a informação sobre quanto você e eu vamos pagar de IPTU no ano que vem.

Na campanha ele falava em desburocratização, informatização, transparência,

etc.

O que mudou? (mais…)

, , ,

Justiça Eleitoral envia denúncia contra Padovani ao STF

Padovani e seu cabelo Acaju – Foto:]fpagropecuaria.org.br

Da coluna Expresso, na revista Época no blog do Zé Beto

A Justiça Eleitoral no Paraná enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) inquérito para apurar crime eleitoral atribuído ao deputado Nelson Padovani (PSDB-PR). A investigação é baseada em denúncia anônima segundo a qual uma pessoa afirma constar na relação dos doadores de campanha do parlamentar nas eleições de 2010 sem que tenha feito o repasse. A acusação é de agora porque o denunciante diz ter visto seu nome no site da Justiça Eleitoral como um dos financiadores de Padovani. Ele afirma ter trabalhado na campanha do parlamentar, mas nega a doação. Diz ainda que outras pessoas cujos nomes aparecem na prestação de contas do deputado estão na mesma situação. (mais…)

Rebelo sai do PCdoB e pode ir para o PSB. Mas seria legal ele conhecer os “socialistas” do Paraná

A esquerda do Brasil amanhece estarrecida. Aldo Rebelo, ex-presidente da Câmara e ex-ministro da Defesa, Ciência e Tecnologia e Esportes, anunciou sua desfiliação do PCdoB, partido no qual militava há 39 anos. Entre os argumentos da saída Rebelo, que foi cogitado para ser candidato à presidência pelo partido em 2018, mas tirou o dele da reta, está a discordância com a agenda atual do Partido Comunista do Brasil. (mais…)