Nem Messi, nem Cebolina. Gabriel de Jesus e Daniel Alves mandaram no jogo

Por Cláudio Osti, no VEC

Claro que foi um grande jogo. Não estou falando aqui de grande qualidade técnica, mas de um jogo com emoção como há muito não se via nestas plagas. Bolas na trave, jogadas mais pegadas, nervosismo à flor da pele, dribles desconcertantes, canetas. Catimba. Tudo o que se espera quando duas seleções rivais, e bota rivalidade nisso, se encontram em uma semifinal de uma competição importante. (leia mais)

Everton Cebolinha x Messi. Brasil x Argentina

do VEC

E amanhã tem Brasil x Argentina, pela semifinal da Copa América 2019. A tradição mostra que um jogo desse não tem essa conversa de favorito, afinal, quando duas seleções tem tamanho peso de camisa, são 11 contra 11, a bola é redonda e o jogo só termina quando acaba. Fora isso, é tudo uma incógnita.

E quem será decisivo amanhã? Everton Cebolinha ou Messi? (leia mais)

Brasil, sem qualquer magia, passa pelo Paraguai, nos pênaltis

do VEC

Enquanto jogo decisivo de uma competição internacional, sejamos sinceros, Brasil e Paraguai fizeram um jogo bem mais ou menos ontem na Copa América. 0 x 0 é um resultado broxante, daqueles que o torcedor, se estiver no estádio, olha para o ingresso e se pergunta o que eu estou fazendo aqui. (leia mais)

Falange Azul, a maior torcida organizada do Londrina está mudando

O time do Você Espore Clube conversou com o presidente da Falange Azul, Marcelo Benini, torcida organizada do Londrina Esporte Clube.

Ele fala um pouco da história da torcida, das tretas, e da nova filosofia para atrair os torcedores comuns para a Falange.

, , , , ,

LEC perde a invencibilidade no Café, mas continua no G4

Foto: Gustavo Oliveira/Londrina

do VEC

Foi o melhor público do ano no Estádio do Café, mas nem de longe foi o melhor resultado em campo para o dono da casa. O Londrina Esporte Clube perdeu por 3 a 1 para a Ponte Preta. Não foi Zebra. Foi um jogo em que os dois times tiveram a possibilidade real de vencer o jogo. A Ponte Preta, um dos melhores times da Série B, aproveitou melhor as oportunidades. (Leia mais)

Dani Alves próximo de ser o quarto a mais vestir a amarelinha

imagem instagram

do VEC

Ao entrar em campo contra o poderoso Catar, na noite de quarta-feira, o jogador Daniel Alves tornou-se o quinto jogador que mais vestiu a camisa da Seleção Brasileira, 109 partidas. Ele passou o goleiro Taffarel, com 108 jogos mas, aos 36 anos, dificilmente chegará ao recordista Cafu, que envergou a amarelinha em 149 oportunidades. (leia mais)

Unifacisa conquista Liga Ouro e está no NBB. Londrina espera convite

do VEC

Algoz do Londrina Basketball na fase semifinal da Liga Ouro, a Unifacisa comprovou que realmente era o melhor time da competição. Na sexta-feira a equipe de Campina Grande venceu o São Paulo, no Ginásio Morumbi, e conquistou a Liga Ouro. Com o resultado, vai disputar a próxima edição do Novo Basquete Brasil (NBB). (leia mais)

LEC prepara desmonte antes da parada da Copa América

Felipe Vieira – foto Gustavo Oliveira-LEC

do VEC

Clube negocia as vendas do lateral esquerdo Felipe Vieira e do Meia Luquinha. Anderson Oliveira, Anderson Leite e Rômulo também interessam o mercado europeu

Por: Junior Azevedo

Após ser derrotado em Recife e ter perdido a invencibilidade, o torcedor do Londrina recebeu outra “bomba” poucos dias depois. A diretoria do Londrina confirmou que negocia a venda de duas revelações das categorias de base que vinha se destacando no elenco profissional: Felipe Vieira e Luquinha. Ambos foram vendidos para o Portimonense, de Portugal, por R$ 1 milhão por 50% do passe de cada atleta, ou seja, o Londrina desembolsou R$ 2 milhões com as vendas. O investimento total dos portugueses é de 450 mil euros. (leia mais)

Quase. Quase o Athletico cala mais de 40 mil no Maracanã

do VEC

Na cabeça de muita gente iria ser quase um passeio.

O Flamengo, usando força total, contra o Athletico Paranaense, com um time reserva – para preservar os titulares para a final da Recopa SulAmericana.

Mais ainda, o jogo no Maracanã com um público de mais de 40 mil torcedores.

Pois é. Quase deu ruim para o rubro-negro carioca. (leia mais)

Um Azul diferente no ar

Cabeçada certeira, Arthur Caculé dá a vitória ao Tubarão e corre pro abraço (Gustavo Oliveira/ Londrina EC)

Por Muriloviski Zambeta/do VEC

A vitória sobre o Bragantino, o temido Red Bull team, o milionário da série B, o time a ser batido, já é coisa do passado. Porém, o que aconteceu neste jogo (de nível de série A para o Sportv) pode determinar o futuro do time na competição. (leia mais)

Paranaense Emanuel será o novo Secretário Nacional de Esportes

do Diário do Poder

Ex-jogador de vôlei de praia e campeão olímpico nos jogos de Atena (2004), o paranaense Emanuel Fernando Scheffer Rego será o novo secretário Nacional de Esporte. A revelção foi feita pelo ex-nadador e deputado federal Luiz Lima (PSL-RJ) em sua conta no Twitter. (mais…)

Londrina Basketball perde a primeira da semifinal e preocupa técnico Bruno Lopes

 

Crédito de foto: Robson Vilela

E o Londrina Basketball não foi bem na primeira partida da melhor de cinco pelas semifinais da Liga Ouro. O jogo, contra a Unifacisa, no Moringão, terminou em 71 a 60 deixando muito irritado o técnico Bruno Lopes. (VEJA AQUI NO VEC)

, , , ,

Divisão de acesso define classificados no Paraná

Por Junior Azevedo/VEC

Terminou neste domingo (05), a primeira fase da Divisão de Acesso 2019. Antes de falar dos confrontos da fase final, é importante lembrar da perda de pontos do PSTC, Paranavaí e Iraty na penúltima rodada. Logo na sequência, a diretoria dos clubes prometeram recursos no TJD-PR, que paralisaria a competição. (leia mais)

Ranger Londrinista, um personagem que conquistou a fama

do VEC

Ele já havia aparecido algumas vezes no Estádio do Café provocando a curiosidade dos torcedores do Londrina Esporte Clube.

Com vocês o Ranger Londrinista, quase um popstar:

(LEIA MAIS)

, , , ,

Londrina vence o “freguês” CRB, de virada, no Estádio Rei Pelé

do VEC

Assessoria LEC

O Londrina começou bem a Série B do Brasileirão. Venceu hoje o CRB, no estádio Rei Pelé, em Maceió, por 2 a 1. E o CRB mostrou, mais uma vez, que está entrando no rol dos fregueses do Tubarão. Em 11 jogos entre as equipes, o Londrina venceu seis, o CRB ganhou 2 e houve três empates. (leia Mais)