Richa corta tudo que tem direito e distribui “maldades”

De acordo com o líder do PMDB na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), Nereu Moura, o governador reeleito, Beto Richa (PSDB) está distribuindo um verdadeiro “pacotes de maldades”. Moura disse isso após saber que o governo estadual pretende parcelar o depósito do terço de férias de 25 mil servidores. E disse mais, que  os funcionários estão contando com este ‘dinheirinho’ para a ceia de natal, pagar as contas e visitar os parentes.

Preço de combustível é investigado em Londrina

A Promotoria de Defesa do Consumidor investiga denúncias de abuso na alta dos combustíveis que aparece três vezes maior que o valor passado pelo comércio varejista. O reajuste anunciado  é de 3% para a gasolina e 5% para o óleo diesel nas distribuidoras. Mas motoristas já detectaram alta no álcool etanol nas bombas. O Ministério Público pode encaminhar  a denúncia ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A Câmara Municipal, o senador da República e a coisa pública

CAM01766[1]

Do blog Baixo Clero/Fabio Silveira

Wilson de Matos Silva (PSDB) é suplente do senador Álvaro Dias (PSDB) e reitor da Unicesumar, universidade com sede em Maringá . Ele está no exercício do mandato até o começo de dezembro. Matos está na sessão da Câmara de Londrina em duas condições. No começo da sessão teve um tempo de fala para prestar contas da sua passagem de quatro meses na Casa mais alta do parlamento brasileiro. Depois ele participou de uma cerimônia de entrega do selo “Arma não é brinquedo”. Foram dois momentos em que ele participou da Mesa da Câmara na condição de senador da República.

Nesse momento Matos voltou à Mesa da Câmara, dessa vez como reitor da Unicesumar. Aliás, é como reitor da universidade privada de Maringá que pretende se instalar em Londrina que Matos veio ao Legislativo. Ele veio à Câmara defender mais um daqueles projetos de lei fazendo mudanças pontuais no zoneamento e que são tão comuns em Londrina, enquanto a lei de Uso e Ocupação do Solo não é aprovada pelo Legislativo londrinense.

Questionado se a sua presença, no exercício do mandato de senador, numa Câmara Municipal, não poderia ser entendida como uma forma de influenciar a votação, Matos afirmou que é professor há 42 anos, reitor da Unicesumar há 25 anos e esteve senador em dois períodos de quatro meses cada, graças a licenças tiradas pelo titular da cadeira, Álvaro Dias.

O autor do projeto de lei fazendo a mudança pontual do zoneamento do terreno comprado pela Unicesumar em 9 de setembro do ano passado, próxima à Vila Santa Terezinha é o vereador Rony Alves (PTB), que como presidente da Câmara abriu os microfones a Matos nas duas condições: como senador da República e como empresário da educação.

Nesse episódio sobra a dúvida sobre o motivo da visita de Matos a Londrina: veio o senador prestar contas na segunda maior cidade do Estado ou o empresário interessado em investir na segunda maior cidade do Estado?

Pode rolar uma confusão das grandes em Cianorte por causa da Frente de Trabalho

E por falar em confusão, pode acontecer uma das boas em Cianorte.

O vereador Natal Reis (PPS) encaminhou um requerimento ao prefeito da cidade, Claudemir Bongiorno (PMDB) para que ele informe quais são as pessoas beneficiadas pelo programa Frente de Trabalho, uma espécie de bolsa família local criado para atender pessoas desempregadas, sem qualquer renda, ou incapacitadas para o trabalho.

Segundo o vereador, o programa estaria beneficiando 600 pessoas, como cada uma delas recebendo R$ 600,00 por mês.

A prefeitura está reticente em responder o requerimento, afirmando que isso exporia as pessoas beneficiadas.

Ocorre que, conforme o vereador, há denúncias de que muita gente estaria recebendo sem  se enquadrar nos requisitos do programa. “Eu não recebi a lista ainda, mas há informações de que estão no programa professor de artes marciais, professor de educação física, alguns funcionários da prefeitura, etc.  A prefeitura tem até o final do mês pra apresentar a lista. Se as irregularidades forem comprovadas irei ao Ministério Público denunciar”, afirmou Reis.

 

Black Friday ou Primeiro de Abril?

Muitas empresas brasileiras ainda tentam dar um tombo no consumidor no Black Friday.

Grandes e pequenas empresas ainda não entenderam o princípio desta data que é dar descontos “reais” aos consumidores.

Só que os consumidores têm percebido que estas empresas maquiam preços na tentativa de parecer aos desavisados que estão praticando grandes descontos quando na realidade estão mantendo os mesmos preços ou até superiores do que vinham praticando.

Os Procons de todo país estão recebendo um volume considerável de reclamações.

Sites de grandes empresas amanheceram bloqueados devido a grande procura dos consumidores que começaram ainda de madrugada a buscar oportunidades. Procon diz que empresas não se prepararam para a grande procura.

O VEC termina, mas as amizades continuam, e as risadas também

Foto da capa

Pessoal, hoje gravamos o último programa Você Esporte Clube, da MultiTVCidades.

Ele será descontinuado, desprosseguido…
Durante dois anos e meio, eu e o Rogério Fischer, parceiro das antigas, nos divertimos muito apresentando o programa, fizemos dezenas de entrevistas com personalidades do esporte, arrumamos novos amigos, reencontramos outros tantos.
Quero agradecer a jornalista Nalu Lorençon que nos convidou para o projeto, aos diretores da MultiTV, em especial a Maria Eugenia e o Fernando Kireeff; e um mais especial ainda aos repórteres cinematográficos Wilson Schmidt e Marcos Assi, aos produtores Eduardo Beluco e Guilherme Vanzela, que foram os responsáveis pelo sucesso do programa.
E, óbvio, ao Rogério Fischer que aguentou as brincadeiras e foi um parceiraço na apresentação do VEC.
Valeu galera.

LEC faz mutirão pra dar uma garibada no estádio VGD

do Portal ODiario

A diretoria do Londrina Esporte Clube (LEC) promove neste sábado (29), a partir das 9h30, um mutirão para reformar o Estádio Vitorino Gonçalves Dias (VGD), no Centro de Londrina. Estão sendo convocados para este trabalho conselheiros do clube, membros da Torcida Falange Azul (TFA) e qualquer torcedor que deseja contribuir com a recuperação de mais este palco esportivo da cidade.

De acordo com o diretor de Marketing do clube, Mário Henrique Cardoso, o objetivo é recrutar o máximo de volunários possível para este trabalho. “Toda nação alviceleste está convidada, independente de onde mora, o que faz, se é homem ou mulher, até porque o desejo de todos é revitalizar o VGD. A ideia do mutirão, além de economizar, também visa ganhar tempo e unir ainda mais os torcedores, que terão a oportunidade de conhecer outros apaixonados pelo Tubarão”, afirmou. (leia mais)

Plantão para recadastramento imobiliário

Este final de semana, a Secretaria da Fazenda realiza um plantão de recadastramento imobiliário voluntário. A força-tarefa vai até o domingo e trará anistia aos que atualizarem as informações. A praça de atendimento vai funcionar no sábado e domingo na prefeitura, para aqueles que ampliaram os imóveis ou fizeram alguma alteração no imóvel.  O recadastramento é gratuito, basta ir até a prefeitura com RG e CPF, e dizer o que foi feito no imóvel com metragem atualizada. A atualização também pode ser pela internet: www.londrina.pr.gov.br.

Auditores Fiscais de todo país fazem passeata em Curitiba e pedem a cabeça de Neivo Beraldim

Do blog do Zé Beto-  Do jeito que veio:

Auditores que participam de  32º Encontro Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho (Enafit) realizado de 23 a 28 de novembro em Curitiba, realizam na manhã desta quinta-feira, às 11h30, uma passeata em protesto às interferências políticas do Superintendente do Ministério do Trabalho e Emprego, Neivo Beraldin, na fiscalização, além de perseguição a servidores na Superintendência.

O problema acontece há cerca de três anos e vêm se agravando. O superintendente está impedindo Auditores-Fiscais do Trabalho de realizar embargos de obras e interdições de máquinas e equipamentos, colocando em risco a vida dos trabalhadores.

Os Auditores-Fiscais contam que o terror está instalado na Superintendência. Servidores estão sendo afastados de suas funções, transferidos e perseguidos. Na área da Auditoria-Fiscal do Trabalho todo o apoio técnico tem sido retirado, dificultando o trabalho de fiscalização do cumprimento da legislação trabalhista. Leia mais

Ministério Público desmonta “esquema” que funcionava no atletismo de Londrina

Fazia alguns anos que este tema corria nos bastidores do esporte de Londrina mas ninguém colocava o dedão na ferida.

Bom, agora o Ministério Público abraçou a causa.

Veja a matéria no Jornal de Londrina, do repórter Fábio Calsavara:

O Ministério Público em Londrina protocolou uma ação por improbidade administrativa contra pessoas ligadas ao atletismo na cidade. A Promotoria de Defesa do Patrimônio Público acusou o servidor da Fundação de Esportes de Londrina e ex-presidente do Instituto de Esporte e Cultura de Londrina (IECL) José Eugênio Zanineli, o treinador Gilberto Miranda – que comanda a equipe de atletismo da cidade – e outros três por desvios de verbas públicas ocorridas entre 2005 e 2011. O montante corrigido ultrapassa os R$ 883 mil.

De acordo com a ação, assinada pelos promotores Renato de Lima Castro e Leila Schimiti, o instituto em questão era legalmente uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip). Esse fato deveria ser um impeditivo para que o dirigente da organização, Zanineli, também ocupasse um cargo público na FEL, órgão que fazia repasses financeiros diretos à Oscip. Não foi o que aconteceu, de acordo com a ação. (leia mais)

Boa notícia: Bolsas Estágios na UEL

Cerca de 290 vagas de estágios, para começar já no início de 2015. Estas vagas são bolsas de estágios curricular não obrigatória, da Universidade Estadual de Londrina (UEL). A seleção será através de entrevistas e provas. Para se inscrever acesse : www.centraldeestagio.pr.gov.br  ou pelo e-mail Central de Estágios e Intercâmbios ([email protected]).

Pesquisa mostra que está ruim, mas está bom

Se  cerca de 77% dos ouvidos pelo Forum Desenvolve afirmam que Londrina é uma boa cidade para se viver e 54,7%  concordam que a qualidade de vida é boa (46,2%) ou ótima (8,5%);  mais da metade ( 57,5%) diz que a cidade não avançou ou piorou neste quesito – 25,5% afirmam que piorou. A  sensação porém é positiva; o londrinense aponta nos demais índices que acredita que a situação tende a melhorar.

Menos corrupta mas com muito a ser feito

A preocupação com a corrupção caiu para a quinta colocação no hanking de “descontentamento” –  o que é um ótimo sintoma já que já esteve entre os três primeiras. No entanto a  (falta) saúde e a segurança continuam no pódio disputando com os buracos de ruas a irritação do londrinense. E se a preocupação com a educação está em sexto lugar, o sinal está vermelho para o sistema municipal de ensino. O ensino superior mereceu elogios, mas a  falta de vagas nas creches e primário foi considerado precário.