Sem grana, trabalhadores protestam em Londrina

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil e no Mobiliário de Londrina e Região – Sintracom – Londrina recebeu através do setor jurídico reclamações de trabalhadores alegando falta do pagamento de salários por parte de empreiteiros que estão com empreita para a empresa Casa Alta Construções Ltda, de Curitiba.

No momento, em Londrina os trabalhadores estão na obra da creche dos bairros Panissa/Maracanã, mas trabalhadores de outras cidades também reclamam da falta de pagamento, no caso em Apucarana, Alvorada do Sul, Santa Mariana, Cambará e Jacarezinho e são obras públicas do Estado do Paraná.

Em relato na sede do Sintracom empreiteiros (tercerizados) alegaram que o atraso nos salários dos trabalhadores, tem como causa principal a falta de repasse de dinheiro por parte da empresa Casa Alta a ganhadora da licitação das obras.

Devido ao atraso e a dificuldade que os próprios terceirizados têm em regularizar a situação, o Sindicato junto com os trabalhadores organizaram para essa terça feira, às 14 horas, um protesto na obra da creche do Jardim Maracanã em Londrina, que fica na Rua Adelina Piquet Barrios.

 

As marcas de Londrina

E a revista Amanhã na edição de novembro divulga a pesquisa sobre ‘Marcas Paranaenses’ e no quesito Atleta empataram em primeiro lugar: Fernandinho (pela sua atuação na Seleção e no Manchester City) e Alex, que se aposenta neste ano no Coritiba.

Entre os tantos ítens pesquisados destaca-se como construtora  a A. Yoshii, empresa de ônibus e transporte de cargas a Viação Garcia, como hotel dos paranaenses o Bourbon e marca de macarrão ainda é Galo (mesmo indo para Rolândia).

Ratinho rebelde

richa_ratinho

Do sempre bem informado Cícero Cattani

Não é que o Ratinho Jr. se encheu de coragem, estufou o peito e disse um sonoro não a Beto Richa, que lhe propôs continuar com a secretaria do Desenvolvimento Urbano e desistisse de concorrer à presidência da Assembléia. Ratinho Jr, que lidera uma bancada de doze eleitos em outubro, garantiu a Beto que vai bater chapa com Ademar Traiano, com a certeza de vitória. A conferir.

 

Foi nesse clima de frustração que o governador retomou, nesta segunda,  as negociações para montagem do secretariado. É também de se esperar  que o campeão de votos para a Assembleia leve sua trupe, em caso de derrota,  para compor um bancada independente, não de oposição, que seria avançar demais. Por ora.

Em campanha, Marcelo Belinati buscar ser oposição a Kireeff

E o deputado federal eleito Marcelo Belinati (PP) está em campanha para prefeito de Londrina. Ao ser questionado ele diz que não é o momento para isso, que está pensando na Câmara Federal, etc.

Mas não é bem assim. Sempre que tem oportunidade de estar na mídia, faz críticas às vezes veladas, às vezes diretas sobre a atual administração de Alexandre Kireeff.

E usa até a estratégia do tio, Antonio Belinati. Domingo, durante o programa Jogo do Poder, na CNT, ele usou a tradicional expressão do tiozão: “Não sou eu que estou dizendo….”, e dá-lhe porrada.

Reforma administrativa em Londrina, mais uma coisa que fica para o ano que vem

O prefeito Alexandre Kireeff (PSD) anunciou que iria compactar algumas secretarias, a ideia surgiu através do programa ‘Londrina pra frente’. Elas seriam divididas em dois temas: direitos humanos e desenvolvimento econômico. A única secretaria com garantia de estabilidade seria a secretaria do Meio Ambiente – mais por causa da gritaria dos ambientalistas – que mesmo assim, poderia se tornar uma Secretaria de Desenvolvimento Sustentável. Com a reforma administrativa o prefeito pretende diminuir de 30 para 20 as secretarias. Ele vai encaminhar o projeto de lei ainda este ano, mas  a discussão fica só para o ano que vem.

Como ficaria a divisão

Sec. Desenvolvimento Econômico Sec. Direitos Humanos
– Secretaria do Emprego e de Agricultura

– Instituto de Desenvolvimento Econômico de Londrina (Codel)

– Políticas voltadas à mulher, igualdade Racial, pessoas com deficiência, criança e adolescente  e grupo LBGT (Lésbicas,Gays, Bissexuais,Travestis, Transexuais e Transgêneros)

 

PT, o duro caminho entre a ficção e a realidade

No Brasil, período de eleição parece sessão de cinema,com raras exceções é pura ficção.

Por exemplo: a galera do PT falou o diabo da Marina Silva que tinha como uma das financiadoras de sua campanha a diretora de um grande banco.

Dilma não só também recebeu dinheiro dos bancos como também estava convidando banqueiros da iniciativa privada para assumir o comando do Banco Central.

A maioria dos partidários do PT sempre demonizou o agronegócio. E a Dilma convida quem para o ministério da Agricultura? Logo a principal representante das grandes empresas do agronegócio no País, Kátia Abreu.

E o óbvio pelo óbvio: O MST está invadindo propriedades rurais em protesto contra a indicação feita por Dilma.

Governador pode mexer no secretariado para fazer Belinatti deputado estadual

O governador Beto Richa (PSDB) e seus principais assessores estão quebrando a cabeça para resolver um impasse na Assembleia Legislativa. O tucano quer trazer novamente para a Assembleia o deputado Antônio Carlos Salles Belinati (PP) — que é filho do ex-prefeito de Londrina e ex-deputado estadual assumir uma secretaria de Estado. O PP, na última eleição, se coligou com o minúsculo PMN. Desta chapa foi reeleito Dr. Batista (PMN), e dois novatos foram eleitos – ambos do PP: José Carlos Schiavinatto, ex-prefeito de Toledo, e Maria Victória, filha da vice-governadora eleita Cida Borghetti e do ex-secretário de Indústria e Comércio Ricardo Barros. Um destes três pode assumir um cargo no Poder Executivo para abrir a vaga para Belinati. Segundo um dos assessores de Beto Richa, o que tem mais chance de virar secretário é Schiavinatto, porém, deve ser uma pasta de menor importância na administração.

http://www.bemparana.com.br/karlos/

Questão de Fases

 “A gestão é feita de fases. Ou tu fazes ou não fazes”.

Recomendação compilada por Armando Burd, na sua coluna no O Sul, dada por um candidato a secretário de Ivo Sartori, eleito pelo PMDB gaúcho.

Vacinação acaba esta semana

Nesta semana acaba a vacinação de poliomielite e sarampo.  A vacinação começou no último dia 8 de novembro. Até agora 6,4 milhões de crianças foram medicadas. O objetivo é imunizar 2,7 milhões de crianças contra a pólio e 10,6 milhões contra  o sarampo.

Saul Elkind vai receber pavimentação

Uma licitação foi aberta para contratação de uma empresa para pavimentação da Av. Saul Elkind. Além disso na avenida acontecerá a troca das calçadas por paver, instalação do piso tátil, rampas de acessibilidade, sistemas de drenagem, sinalização, plantio de árvores e colocação de lixeiras.

A revitalização vai sair em torno de R$ 4 milhões de recursos municipais, estaduais e federais. Porém,  a Prefeitura pretende utilizar apenas R$ 1.874.789 que é o contrato de pavimentação, do trecho de 2,5 quilômetros – entre a Rodovia Carlos  João Strass  e a Rua Angelina Ricci Vezozzo. O restante deste valor que serão liberados pelo Paraná Cidade ficará a disposição para o município para outra obra de pavimentação na cidade de Londrina. Quase R$ 700 mil também foram reservados para a construção da ciclovia.

Tá boa a briga pela presidência da Câmara de Londrina

No dia 18 de dezembro, os vereadores de Londrina escolhem o novo presidente da Câmara. Os possíveis candidatos seriam Péricles Deliberador, Wilson Bittencourt, Mário Takahashi, Elza Correia, Gustavo Richa e Jamil Janene. No entanto, a escolha de acordo com os vereadores, vai depender da posição do prefeito Alexandre Kireeff. O que se esperava é que o prefeito pudesse apoiar algum candidato. Porém ele já manifestou dizendo que irá acompanhar a escolha de “fora”. E que só entra neste jogo, caso haja algum pedido para equilibrar possíveis conflitos.