Preso pela PF diz que viu mensagens hackeadas no celular de um amigo

do G1

Um dos presos pela Operação Spoofing da Polícia Federal (PF), Gustavo Henrique Elias Santos, disse que viu mensagens interceptadas do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, no celular de Walter Delgatti Neto, também preso na operação.

(mais…)

TCGL tenta barrar novamente a licitação do transporte coletivo

E vai informar a RPCTV, daqui a pouco, que mais uma vez a empresa de Transporte Coletivo Grande Londrina – aquela que dizia que não ia participar da licitação do transporte na cidade – está ingressando na justiça para… tcham tcham tcham tchammmmm… barrar a nova versão da licitação. Diz no documento que encontrou 18 inconformidades.

Para quem não queria nem participar da licitação, impressiona como se apega ao processo.

PF prende 4 acusados de invadir celular do ministro Moro

do G1

A Polícia Federal cumpriu nesta terça-feira (23) quatro mandados de prisão temporária e sete de busca e apreensão cujos alvos são suspeitos de envolvimento na invasão de celulares do ministro Sergio Moro (Justiça). As prisões e buscas são de supostos hackers ou de pessoas que teriam atuado em conjunto com eles.

(mais…)

Agora vai: PTC, Patriotas e PRTB unidos em Londrina

do blog do Tupan

As executivas do PTC, Patriotas e PRTB estão conversando para lançarem um candidato a prefeito, em Londrina, a segunda maior cidade do Paraná em importância política e econômica.

O grupo vai ter foco na Câmara Municipal de Londrina e cada partido vai disputar separadamente, com o final das coligações na proporcional, e buscam um nome de consenso na majoritária.

Ogier Buchi continua na luta companheiro

Informa o jornalista Fernando Tupan que o também jornalista e ex-candidato a governador cassado pelo PSL do Paraná na eleição do ano passado, Ogier Buchi, ainda não pendurou a chuteira da política e pode voltar para a muvuca das eleições, em 2020. (mais…)

Furtos de equipamentos prejudicam atendimento da Sercomtel

NOTA À IMPRENSA

A Sercomtel informa que durante a madrugada desta terça-feira (23) foram furtados dois equipamentos controlam o tráfego de internet Gpon (de alta velocidade) da Sercomtel nas estações de linhas remotas Guanabara e Petrópolis. O furto afetou o fornecimento do serviço de internet para 1922 clientes da região da Gleba Palhano e 261 clientes do Jardim Petrópolis, incluindo a Prefeitura Municipal de Londrina. Durante a ação a criminosa, foram cortados ainda vários metros de fibra óptica.

Técnicos da Sercomtel trabalham, desde o início da manhã, na normalização dos serviços. A previsão é de que até o final do dia de hoje, os serviços comecem a ser restabelecidos.

Morre a Professora Celiana, candidata a vice-prefeita em Londrina

A professora Celiana, que candidata a vice-prefeita de Londrina na chapa do PT, morreu hoje de infarto. O velório está acontecendo na IGREJA BATISTA DA GLÓRIA, localizada na Rua Serra da Tabatinga, 205, no Jardim Bandeirantes em Londrina. O sepultamento será no Cemitério Parque das Alamandas amanhã às 9 hs.

4 em cada 10 brasileiros não sabe o que Bolsonaro fez nos primeiros seis meses

O Globo

Uma pesquisa Datafolha apontou que quatro em cada dez brasileiros não consegue citar uma medida do governo de Jair Bolsonaro nos primeiros seis meses de gestão. Questionados sobre o que de melhor havia feito o presidente no período, 39% dos entrevistados responderam “nada”. Outros 19% não souberam responder à pergunta. (mais…)

Aliás…

Aliás, alguns parlamentares do Paraná, entre eles Sérgio Souza – um dos citados na Carne Fraca – quiseram emplacar um nome no comando do Ministério da Agricultura do Paraná. A ministra Tereza Cristina não aceitou a indicação. Foram reclamar com Bolsonaro. Ele disse que quem manda no MAPA é a ministra, sem o aval dela , nada de nomeação.

Magoaram.

Também os da Carne Fraca

do Leandro Mazzini

Entre os demitidos, estão dois servidores envolvidos nas investigações da Operação Carne Fraca, deflagrada pela PF em 2017: Daniel Gonçalves Filho, ex-superintendente federal de Agricultura do Paraná e Maria do Rocio Nascimento, ex-chefe do Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal.

Propina

As investigações revelaram diversos recebimentos de vantagens indevidas provenientes de frigoríficos sujeitos à fiscalização pelo Ministério da Agricultura no Paraná. Os servidores demitidos estão proibidos de voltar a exercer qualquer cargo público federal.

Expulsos do serviço público

Do Leandro Mazzini

Cento e dezenove servidores foram expulsos do funcionalismo público nos últimos sete meses pela prática de atos relacionados à corrupção. Além desses, de acordo com a Controladoria-Geral da União, outros 111 agentes públicos foram punidos por abandono, negligência, inassiduidade, acumulação de cargos e participação em gerência ou administração de sociedade privada. As sanções incluem cassações de aposentadorias e destituições de ocupantes de cargos em comissão. Desde 2003, mais de sete mil pessoas foram expulsas do serviço público.

Coincidências da vida?

da Revista Crusoé

Três semanas antes de Dias Tóffoli travar as investigações contra o filho de Bolsonaro, denunciados pelos dados do COAF e da Receita Federal, o Fisco começou a pedir explicações dos contratos feitos pelo escritório da mulher do Ministro do Supremo.

Empresa de telemarketing na mira do Sinttel

Trabalhadores da empresa Vickstar, de telemarketing, reclamam que a empresa anda atrasando o depósito do fundo de garantia e, quando há demissões, nem todos os direitos trabalhistas estão sendo pagos.

O diretor do Sindicato dos Trabalhadores em empresas de Telefonia – Sinttel, João Henrique Schmidt, disse a blog que vem acompanhando as reclamações e que já agendou uma reunião para o final de julho para tentar resolver o problema.

Tá desconfortável? Pede o boné, uai!

do Fernando Tupan

No dia 17 de julho, o deputado estadual Requião Filho cravou no Twitter “muita gente me pergunta pq o @requiaopmdb e eu permanecemos no MDB… Começo a me fazer a mesma pergunta. Pq?”

A crise de identidade pode ser provocada pela falta de cargos públicos para o pai, Roberto Requião, que no ano passado foi defenestrado da política.