Mais um apegado à falácias

do G1

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, inflou o número de vacinados no Brasil em um encontro com empresários na manhã desta segunda-feira (3), na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), no Centro da capital paulista.

(mais…)

Nas mãos de grupos da direita, Roberto Jefferson, quase um santo

A política brasileira precisa mesmo ser estudada a fundo.

o Ex-deputado Roberto Jefferson, preso e condenado por corrupção – foi um dos mais ferrenhos apoiadores da esquerda quando esta estava no poder e foi um dos maiores beneficiários do Mensalão do PT – e que dias atrás viu a filha dele, a ex-deputada Cristiane Brasil, também presa por corrupção, no fim de semana estava na manifestação pró Bolsonaro falando contra a corrupção.

Daqui a pouco a direita vai querer canonizá-lo.

 

Bolsonaristas no Podemos

Alvaro Dias (Foto: Marcelo Camargo/Folhapress)

do Antagonista

O Senador Alvaro Dias encontrou-se com seu colega de partido, Eduardo Girão, e disse:

“Você precisa tirar esse carimbo de governista que lhe deram”.

Girão não é o único membro da tropa de choque bolsonarista aninhado no Podemos, um partido supostamente oposicionista.

Alvaro Dias, em entrevista para o Estadão, citou também José Medeiros:

“Não fazemos parte da bancada governista. O Medeiros tem uma posição bolsonarista incompatível com o que prega o

Há muito mais parlamentares como eles. Izalci Lucas, do PSDB, e Marcos Rogério, do DEM, por exemplo, são igualmente governistas, e fazem questão de ostentar seus carimbos no Congresso Nacional.

Bancada feminina não tem direito a indicar membros para a CPI, mas vai participar

As integrantes da bancada feminina do Senado Federal vão trabalhar em esquema de rodízio para acompanhar presencialmente as reuniões da CPI da Pandemia. De acordo com a líder da bancada, senadora Simone Tebet (MDB-MS), a participação das mulheres pode ser decisiva para o bom andamento dos trabalhos do colegiado.

 

Fonte: Agência Senado

Belinati não tem previsão de quando as aulas retornarão

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, disse ontem em sua live semanal que por enquanto não há previsão de volta às aulas na rede municipal.

Segundo ele é importante vacinar primeiro os professores.

Boca Aberta Junior investigado por “rachadinha” e desvios de kits esportivos

foto Arquivo Assembleia

Parece mesmo interminável as confusões que envolvem o nome de guerra Boca Aberta. Agora é o deputado Boca Aberta Júnior (PROS) que está sendo denunciado por “rachadinha” e desvio de materiais esportivos destinados a escolas públicas. O caso está sendo ingestigado pelo Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa – Gepatria, do Ministério Público.

Boca Aberta Jr nega as acusações

Veja a matéria do jornalista Guilherme Marconi, da Folha de Londrina:

O Gepatria (Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa), órgão do MP (Ministério Público), investiga suposto esquema de “rachadinha” organizado pelo deputado estadual Matheus Viniccius Petriv, o Boca Aberta Junior (Pros). No mesmo inquérito estão sendo apuradas as informações em relação a eventual desvio dos kits esportivos retirados da Paraná Esporte em setembro de 2020 em nome do deputado para destinação, por indicação parlamentar, para cinco colégios estaduais de Londrina. Os kits somam R$ 370 mil de itens comprados com recursos públicos.

A investigação apura a denúncia de que o deputado exigia de servidores ocupantes de cargos em comissão, indicados por ele, parte significativa dos seus vencimentos mensais como condição para que se mantivessem nos cargos. Mas o esquema não envolveria repassar os proventos públicos ao parlamentar. Ao menos dois ex-comissionados afirmaram ao MP que eram orientados a pagar contas pessoais do deputado, entre elas o IPTU da família com os vencimentos próprios. Além de testemunho, documentos que comprovariam as transações foram entregues ao Gepatria.  (leia mais)

Alunos nas salas de aula

Informa o deputado estadual Tiago Amaral que o governo deve anunciar nas próximas horas que as escolas estaduais não precisarão respeitar o limite de 30% de alunos nas salas de aula. Segundo ele cada escola poderá fazer uma avaliação e decidir quantos alunos poderá atender presencialmente.

 

Agora reforma é histórica

foto Viviane Honorato

E o leitor atento do blog e observador mais atento ainda das redes sociais manda essa. “Esse secretário do Belinati, o Marcelo Canhada, agora se superou, e olha que tem feito coisas que é difícil de superar. Ele usou a palavra “histórico” para referir-se a entrega da reforma do terminal do Termina de Busão do Conjunto Milton Gavetti. Como assim histórico? O terminal existe há mais de 30 anos. Vergonha alheia”. (mais…)

Novo decreto autoriza abertura do comércio aos domingos

Ratinho Jr. Foto Rodrigo Felix Leal

A partir deste final de semana, bares, restaurantes, shopping centers e comércio em geral poderão voltar a abrir aos domingos. (mais…)

Tribunal Especial Misto cassa o mandato do governador do Rio de Janeiro

Wilson Witzel

do MSN/Cássio Bruno

O Tribunal Especial Misto (TEM) decidiu nesta sexta-feira, 30, pelo impeachment do governador afastado do Rio de JaneiroWilson Witzel (PSC), por corrupção. Até o momento, o placar está 7 a 0, número necessário para a destituição definitiva de Witzel do cargo. No total, cinco desembargadores e cinco deputados estaduais, que compõem o órgão, fazem parte da votação. Agora, o governador em exercício Cláudio Castro (PSC) assume o comando do Palácio Guanabara oficialmente. Castro deverá ser empossado nesta sábado, 1º. A acusação afirmou, entre outras coisas, que havia uma caixinha da propina paga por Organizações Sociais (OSs), na área da Saúde, que tinha o ex-juiz federal como um dos principais beneficiários. Segundo as investigações, o valor total arrecadado de forma irregular pelo grupo teria sido de R$ 55 milhões. Witzel sempre negou o caso. (mais…)

CPI terá três reuniões semanais

A CPI da Pandemia fará reuniões às terças, quartas e quintas, conforme disse o relator, senador Renan Calheiros (MDB-AL), ao apresentar seu plano de trabalho. Segundo Renan, não será necessária a aprovação do plano pela comissão, pois o documento apenas sistematiza o roteiro dos trabalhos, com referência às fases de investigação.

— É evidente que esse plano de trabalho não vai limitar a investigação. A investigação é que vai indicar os limites. À medida que caminhamos, teremos as bases da investigação — declarou Renan Calheiros.

Fonte: Agência Senado