Caged mostra que há evolução no número de empregos em Londrina

NCOM

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados ontem pela Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia, apresentaram novamente um saldo positivo na cidade. Durante o mês de outubro, foram admitidos 6.177 trabalhadores enquanto houveram 6.069 desligamentos. O saldo do mês resultou em 108 vagas de emprego criadas em Londrina. Essa alta foi puxada principalmente pelo setor do comércio, que empregou 147 pessoas no mês passado. Este foi o terceiro mês seguido em que os números são positivos. No acumulado do ano, são 1.760 novos postos de trabalho em Londrina. (mais…)

Enfim saiu a resposta da Sercomtel

Depois de uma longa e incompreensível demora, a  Sercomtel divulgou o resultado do recurso administrativo interposto por duas agências de publicidade que discordaram da pontuação dadas a elas.

Com o resultado a Trade Marketing passa a ser a com melhor pontuação na licitação para comandar a publicidade da Sercomtel. Agora falta a definição da melhor proposta de preço.

O GAECO quer saber

Quem foi o deputado e assessora que foram a Assembléia logo após a prisão dos ex-dirigentes do Detran e sairam com um monte de papeis, e com seus carros velozes quase quebram o chassis na lombada em frente da Assembléia Legislativa?

Justiça bloqueia bens de ex- deputado

do Bem Parana

A 1ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba determinou o bloqueio de bens do ex-deputado estadual Basílio Zanusso, acusado pelo Ministério Público estadual de contratar funcionários “fantasmas” durante o período em que cumpriu mandato na Assembleia Legislativa, entre 1998 e 2002. Segundo a denúncia do MP, Zanusso teria nomeado oito funcionários que nunca trabalharan na Assembleia, causando um prejuízo de R$ 4,9 milhões aos cofres públicos. (mais…)

Hospital d Zona Oeste, sai ou não sai?

Pensa num troço encalacrado.

É o que se pode dizer da construção do Hospital da Zona Oeste de Londrina.  A área já está definida. Será num espaço ao lado da Pontifícia Universidade Católica de Londrina.

A história é longa. Mas, resumidamente é o seguinte. A PUC ganhou uma área que havia sido desapropriada pelo governo Nedson Micheletti para a construção da Faculdade.

Com a decisão de instalar o Hospital da Zona Oeste, parte da área foi cedida pela PUC para a prefeitura.

Até há pouco tempo nenhum tijolo havia sido assentado porque a burocracia da prefeitura ainda não finalizara o recebimento da área. (mais…)

STJ absolve dois ex-secretários de Barbosa Neto

Os ex-secretários do governo Homero Barbosa Neto, Marco Cito e Benjamin Zanlorenci foram absolvidos no Superior Tribunal de Justiça da acusação de favorecimento à empresa Iprocade contratada para dar treinamento à Guarda Municipal.

O STJ considerou que não houve dolo e que o treinamento foi realizado.

A informação é do advogado de defesa, Gabriel Antunes da Silva. Segundo ele, apesar do recurso do Ministério Público do Paraná, o STJ manteve o entendimento do Tribunal de Justiça, absolvendo ambos os ex-secretários.

 

Alteração de data da Marcha do Orgulho Crespo

A atividade da Mostra Afro Brasileira Palmares Londrina que consta na “Agenda Cultural Semanal de 21/11 a 27/11” , a “3ª Marcha do Orgulho Crespo e apresentações artísticas” marcada para dia 23/11 às 8h30, que seria na Concha Acústica teve o local alterado, e se realizará no Calçadão de Londrina, em frente ao Banco do Brasil nos mesmos dia e horário.

Gugu Liberato em estado grave

Este blog não e dado a notícias sobre celebridades fora da área política. Porém, aqui vai.

O apresentador Gugu Liberato sofreu um acidente doméstico, teria caído no banheiro de sua casa em Orlando, Estados Unidos, e está internado em estado muito grave.

 

Bares próximos às escolas

A Associação de Bares e Restaurantes do Paraná, ABRABAR, entregou à Prefeitura de Londrina e a Câmara de Vereadores, um ofício em que sugere mudanças na lei de concessão de alvarás.

Um dos alvos é a restrição para que se abra bares num raio de 300 metros de escolas.

A ABRABAR diz que fere a Lei de Liberdade Econômica.

Tribunal de Contas orienta Londrina para retirar exigências indevidas de licitações

 Determinação e recomendação foram emitidas no julgamento de representações relativas a certames do município para compra de medicamentos e fornecimento de merenda escolar

Do TC

Ao julgar duas Representações da Lei nº 8.666/1993 (Lei Geral de Licitações e Contratos), o Pleno do Tribunal de Contas do Paraná expediu orientações ao Município de Londrina. Nesses processos, o TCE-PR comprovou a ocorrência de exigências irregulares nas licitações, que objetivaram a compra de medicamentos e a contratação de empresa para a prestação de serviços de fornecimento de merenda escolar à rede municipal de ensino. (mais…)

E nasce o Instituto Água e Terra. Com muito mais cargos para distribuir

Mais uma reforma administrativa desse nosso Paraná chegou à Assembleia Legislativa.

O PL 840/2019 junta o Instituto de Terras, Cartografia e Geologia (ITCG), o Instituto das Águas do Paraná (AguasParaná) e o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), e cria o Instituto Água e Terra, que passará a acumular as funções dos três órgãos ambientais.

O projeto faz parte da segunda fase da reforma promovida pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, que trata da administração indireta. É nessa fase que foi elaborado o projeto que funde entidades, como o nosso Iapar, e cria o Instituto de Desenvolvimento Rural.

O PL extingue 16 cargos, transfere outros tantos para o Instituto Água e Terra, e no Art. 12 (dá uma olhada lá) cria 42 cargos.

Quem fez a conta chegou ao número de R$ 2 milhões a mais ao ano.

CCJ da Câmara aprova PEC que autoriza prisão em segunda instância

Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal aprovam a Proposta de Emenda Constitucional que autoriza a prisão em segunda instância.

O texto foi aprovado por 50 votos a 12 e segue agora para uma comissão especial. Depois, ainda terá de ser discutido no plenário da Casa.

STF julga o caso dos dados do COAF

Dias Toffoli, presidente do STF, vota em julgamento sobre dados do Coaf. Foto: Nelson Jr./SCO/STF

do Estadão

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, comunicou os colegas que concluirá nesta quarta-feira, 20, a leitura do voto no julgamento sobre a necessidade de autorização judicial prévia para o compartilhamento de informações sigilosas por órgãos de fiscalização e controle, como a Receita e o antigo Coaf (rebatizado de Unidade de Inteligência Financeira). Depois, “se houver tempo”, se posicionará o ministro Alexandre de Moraes e a sessão deverá ser encerrada por hoje. (leia mais)