Paraná Clube e a pequenez de uma criança birrenta

O zagueiro Silvio, do Londrina: foto Globoesporte

O que uma derrota não faz com um time que achava que era grande. O Paraná Clube, depois de uma fase de ouro, quando ganhou vários títulos seguidos no Estado, virou um time pequeno. Caiu para a Série B do Brasileiro há anos e nunca mais conseguiu sair. Sofre para ficar na B do Brasileirão.

Ontem o estádio VGD, onde ocorreu a partida entre o Londrina e o Paraná,vencida pelo Tubarão por 1 a 0, vinha de uma reforma e sim, apresentou alguns problemas. Alguns dos holofotes apagaram durante a partida. A iluminação não era a melhor do mundo, é verdade. Mas quem decide se há condições de jogo é o árbitro. E ele mandou o jogo seguir. Ficou um pouco escuro, mas para os dois times.

O chororô mostra a pequenez do Paraná Clube, que precisa arrumar desculpas por ter perdido. Reclamou da altura do gramado – que é novo; reclamou do tamanho do vestiário, reclamou da chegada ao estádio. Enfim, o Parana só quer jogar em estádios da Copa do Mundo.

O fato é que o Paraná é um time comum até para o campeonato Paranaense, que não prima pela qualidade técnica. No primeiro jogo contra um time competitivo, que é o Londrina, ficou pelo caminho. E ainda vai enfrentar na próxima rodada o Coritiba e o Atlético Paranaense.

O Paraná Clube, com sua imensa torcida de quase meia dúzia, deveria ter um pouco mais respeito com os demais times.

Mas, como uma criança birrenta, a culpa pela derrota é sempre dos outros, do ambiente, do gramado, do chokomilk que não estava na temperatura ideal…

, , ,

Grupo Gerdau é o novo alvo da Operação Zelotes

O grupo Gerdau é o principal alvo da Operação Zelotes nesta ensolarada manhã de quinta-feira – pelo menos em Londrina.

Estão sendo cumpridos 22 mandados de condução coercitiva  – aquela quando japonês da PF avisa que ou você vai ou você vai. Os mandados estão sendo cumpridos no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo, Distrito Federal e Pernambuco.

Um dos que serão levados à PF é o presidente da Gerdau, André Gerdau. A Operação Zelotes investiga um esquemaço de sonegação fiscal a partir do Carf – Conselho Administrativo de Recursos Fiscais. A suspeita é de que uma quadrilha atuava no Carf, que é um órgão ligado ao Ministério da Fazenda, anulando ou revertendo multas milionárias.

Prefeitura de Londrina fechou as contas de 2015 no Azul

A Prefeitura de Londrina encerrou a execução orçamentária do ano de 2015 com saldo positivo em caixa. Foi registrado um superávit de R$ 80.894.711,63, provenientes de todas as fontes de recursos do Município. As receitas líquidas somaram R$ 1.442.584.630,55, contra R$ 1.361.689.918,92 de despesas.

Londrina dá um “tapão” no Paraná e vence a partida na volta ao VGD

Baita resultado para o Londrina hoje no estádio Vitorino Gonçalves Dias, o VGD, contra o Paraná Clube, pelo Campeonato Paranaense de Futebol.

O Tubarão venceu com um gol de Wellinson, aos 47 minutos do primeiro tempo. Foi um com jogo, pegado, como esperavam os quase quatro mil torcedores que foram ao estádio que há anos estava fechado para jogos oficiais.

Com o resultado o LEC sobe para a 5* colocação, com 7 pontos – sempre lembrando que o Tubarão perdeu seis pontos por ter escalado o jogador Germano, irregularmente, na primeira rodada.

O Paraná, mesmo perdendo a invencibilidade, continua liderando o Paranaense com 15 pontos.

Delator da Publicano vai depor no início de março

O auditor fiscal Luiz Antonio de Souza e a irmã dele, Rosângela, terão que depor à Justiça de Londrina a partir do dia 2 de março. Depois as audiências deverão ser retomadas em abril. O tempo será necessario para que os advogados de defesa dos réus da Operação Publicano, que desbaratou uma quadrilha que agia na Receita Estadual do Paraná, possam preparar seus argumentos.

Luiz Antônio de Souza deverá repetir o que já disse à promotoria, inclusive que havia uma determinação para arrecadar grana para a campanha de Beto Richa. Uma das “doadoras” é uma empresa de Arapongas, tudo muito bem documentado.

Expo 2016 quer arrecadar R$ 500 mi

Dos dias 7 a 17 de abril acontece no Parque de Exposição Ney Braga, a 56ª Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina. Para este ano, a Sociedade Rural do Paraná (SRP) tem a expectativa de movimentar R$ 500 mi. Cerca de 90% dos espaços já estão reservados e a previsão é de que haja 9 mil empregos diretos e indiretos. Este ano a exposição contará com a Expo Food Truck, com participação de 10 a 15 empresas do ramo gastronômico (food trucks).

Sem salário, jogadores do Coritiba se recusam a ir para a concentração

Do UOL/Esporte

Por causa da falta de salário, os jogadores do Coritiba já decidiram: não se apresentarão para concentrar nesta quarta-feira (24), véspera de jogo contra o Rio Branco, pela 6ª rodada do Campeonato Paranaense.
O jogo está marcado para 19h30 desta quinta (25), no Couto Pereira, e a concentração começaria às 18h desta quarta. O UOL Esporte conversou com pessoas do clube, empresários de jogadores e membros do Bom Senso FC que confirmaram a decisão.

Para dar ainda mais peso à greve, os atletas ameaçam nem entrar em campo. Durante toda a tarde, comissão técnica e diretoria se reúnem com os jogadores para tentarem entrar em um acordo e, ao menos, fazer o time disputar a partida.
O Coritiba deve 13º, pagamento de férias e outros vencimentos que variam de jogador para jogador. Cada um tem um tipo de problema.
A assessoria do clube foi procurada, confirmou os atrasos de salário, mas não se manifestou sobre a greve. “O Coritiba reconhece os atrasos, mas ressalta que já existia há algum tempo – e ainda existe – um planejamento do departamento financeiro para a regularização parcial ou total destas pendências para o início de março”.

Receita e Fazenda aumentam prazo para micros seguir regras do ICMS

O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) e a Receita Federal aumentaram um prazo até 20 de abril para que às micro e pequenas empresas do comércio virtual enviem declarações com as novas regras de recolhimento de ICMS. Desde o início deste ano, as empresas que vendem  para os consumidores finais de outros estados são responsáveis por calcular o imposto devido ao Estado em que ela está e qual a parcela cabida ao Estado de destino do produto. No último dia 17, o Supremo Tribunal Federal concedeu liminar que livra as micro  e pequenas empresas das mudanças nas regras de cobrança de ICMS no comércio eletrônico.

Auditores fiscais malandrinhos tinham até “agenda fiscal”

Ontem, no sétimo dia de audiência da primeira fase da Operação Publicano, a agenda fiscal foi o principal assunto discutido. A agenda seria uma programação de fiscalização de empresas que provavelmente sonegavam tributos estaduais, principalmente ICMS. A acusação do Ministério Público (MP) é de que a organização criminosa exigia propina dos empresários para facilitar a sonegação tributária. O MP afirma que a agenda viria diretamente da Inspetoria Geral de Fiscalização, onde a Delegacia de Londrina podia fazer alterações e incluir empresas, assim escolhendo os alvos dos achaques. O auditor Luiz Antonio de Souza, delator do esquema, disse que até 2013 a escolha das empresas a serem fiscalizadas era livre, a delegacia  de Londrina fazia a sua própria agenda fiscal.

E o IML de Londrina continua no passo de uma tartaruga lerda

Informa a assessoria do deputado estadual Tercílio Turini que a construção da nova sede do Instituto Médico Legal (IML) de Londrina, na Via Expressa ao lado do 4º Distrito Policial, vai completar um ano de atraso no início de abril e não há prazo definido para conclusão. Segundo a Secretaria de Segurança, a obra foi iniciada em 7 de abril de 2014 e deveria terminar em 2 de abril de 2015, ao valor contratual de R$ 4.530.399,59. (mais…)