Aciolli continua como deputado estadual

O deputado estadual Roberto Aciolli (PV) vai continuar exercendo o cargo, após decisão do ministro Luiz Fux, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que reverteu a cassação da candidatura à reeleição, do último dia 20 de agosto.  O político era acusado de ter doado recursos demais da própria empresa para a campanha de 2010.

“Desconto é igual para todos”, diz secretário da Fazenda

O secretário da Fazenda, Paulo Bento esteve ontem na Câmara dos Vereadores, junto com equipe técnica, para oferecer mais informações sobre a correção da Planta de Valores, do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Durante o encontro o secretário contrariou as críticas dos presentes e disse que a redução do imposto é igual para todos. Ainda nesta reunião a secretaria encaminhou à Comissão de Finanças – informações sobre a possível redução do IPTU, em 2015, que seria de 40%, para 10% dos imóveis da cidade – terrenos sem edificação e imóveis mais novos. A expectativa é que até o início da semana, o secretário encaminhe emenda ou um substitutivo a Planta de Valores, para que o desconto passe a ser de 50% e a população possa parcelar o imposto.

Adoção de animais no Moringão

Neste próximo sábado, às 10h, será realizada uma feira de adoção de animais no Ginásio de Esportes Moringão. Serão mais de 100 animais entre gatos e cachorros, filhotes e adultos. A feira é uma parceria entre a Associação Defensora dos Animais e a Prefeitura de Londrina. Para adotar é necessário ter mais de 18 anos, portar RG e comprovante de residência. Os animais receberão um microchip com a identificação de seu dono. No local estará presente um médico veterinário da Saúde Ambiental de Zoonoses. Os animais para doação estarão vacinados, desverminados e acima de cinco meses, castrados.

Museu Histórico vai coletar sangue

Quem quiser doar sangue é só dar uma passadinha no Museu Histórico de Londrina. A equipe do Hemocentro estará disponível a partir de hoje, todas as manhãs nos dias 27 de novembro, 4, 11 e 18 de dezembro.

Endereço: Rua Benjamin Constant, 900 – Centro. Telefones:3323-0082 – 3324-4641.

Caiado x Chanceler

Clima ferveu ontem na Comissão de Relações Exteriores da Câmara, durante audiência com o chanceler Luiz Alberto Figueiredo. O deputado Ronaldo Caiado (futuro senador de Goiás) deixou vermelho o chefe do Itamaraty, que desconversou após uma direta
Segue
Perguntou Caiado: “Por que o Brasil tolera a ditadura de Venezuela e no caso do Paraguai não reconheceu o sucessor legal de [Fernando] Lugo? Será porque ele tolerava a remessa de dinheiro para o caixa dois de Itaipu como na Petrobras?”

http://colunaesplanada.blogosfera.uol.com.br

Caapsml vai fechar ano no vermelho

Com o prejuízo contábil de R$ 30 milhões, a Caixa de Assistência, Aposentadoria e Pensões dos Servidores da Prefeitura de Londrina (Caapsml), vai fechar 2014 no vermelho. Em 2016, terá que aportar recursos para que aposentados e pensionistas continuem a receber os benefícios. São vinculados a Caapsml  4.021 servidores ativos e 3.029 aposentados e pensionistas. Para evitar o aporte, uma comissão de sete servidores indicaram medidas para  uma maior eficiência administrativa na gestão de  recursos, maior controle de gastos e implementação de novas receitas. As novas receitas poderiam vir de um aporte por parte do município – doação de terrenos , concessão de serviços  convertidas em ganho para o órgão. A Caapsml pretende abrir mão da taxa de administração do fundo financeiro a partir de 2015 – economia de R$ 2 milhões por ano.

Recadastramento

Há uma proposta de diminuir de cinco para três anos o prazo para recadastrar beneficiários. Neste último recadastramento que a Caapsml descobriu uma fraude de R$ 700 mil, a filha de uma antiga pensionista (morta em 2008) recebia o benefício mensal de R$ 8 mil até este ano. O caso está na Procuradoria – Geral, no Ministério Público e na Polícia Civil.

Cassação vai ser votada só em dezembro. Será?

Pode ser que na primeira semana de dezembro, aconteça a votação no Plenário do pedido de cassação do mandato de deputado André Vargas (sem partido – PR). Vargas se submeteu a uma cirurgia na terça-feira e por isso a votação foi transferida. Vargas é investigado por quebra de decoro parlamentar, junto ao Ministério da Saúde, devido a negócios do doleiro Alberto Yousseff, pela Polícia Federal.

Mas é só talvez. Por enquanto a defesa do deputado, inteligentemente, diga-se, tem usado de todas os artifícios para empurrar até o final desta legislatura a sessão de cassação.

Se conseguir isso, e está conseguindo, Vargas deixa a Câmara com seus direitos políticos intactos podendo concorrer, por exemplo, à prefeitura de Londrina em 2016.

Sindicato dos Jornalista do Norte do Paraná repudia atitude do presidente da CMTU

Nota Oficial

O Sindicato dos Jornalistas do Norte do Paraná vem a público dizer que repudia a postura do presidente da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), José Carlos Bruno de Oliveira, com relação à reportagem “CTR: vala de lixo está à beira do esgotamento”, publicada como manchete da edição do JL de quarta-feira, dia 19 de novembro. No final da tarde da quarta-feira, ele convocou uma entrevista coletiva com o objetivo de desqualificar a autora da reportagem, a jornalista Erika Pelegrino. Em momento algum Oliveira questionou o ponto central da reportagem, que é o de que a vala do Centro de Tratamento de Resíduos (CTR) usada atualmente para receber o lixo domiciliar tem capacidade para mais 100 dias de vida útil e a nova vala entrará em operação em 130 dias.
Oliveira garante que a licitação aberta para contratar a empresa que vai fazer a nova vala não terá problemas e que tudo será feito dentro do prazo. Mas o seu posicionamento, como mostra a reportagem, é visto com desconfiança dentro da própria gestão da qual ele faz parte. O presidente da CMTU usou a entrevista coletiva apenas para defender a tese de que o risco apontado na reportagem não existiria, embora em momento algum tenha negado um único dado citado no texto. Na verdade, o que deixou Oliveira irritado foi a submissão do “discurso perfeito” do mundo oficial ao escrutínio que o jornalismo deve fazer.
O ataque do presidente da CMTU à repórter não ofende apenas Erika Pelegrino como pessoa e jornalista. Ofende a liberdade dos profissionais de imprensa de fazerem o seu trabalho com independência, que é um dos pilares das democracias modernas. O que legitima o direito dos jornalistas de buscarem informações para submeter o discurso governamental ao contraditório é o direito do cidadão de saber o que fazem os governos e os governantes. Não cabe no século XXI o discurso de Luís XIV, o “Rei Sol”, de que o Estado era ele. A verdade não é o presidente da CMTU e seus arroubos autoritários. Ela precisa ser buscada incansavelmente por meio do jornalismo. É isso o que a sociedade espera dos jornalistas. E é a liberdade de atuação profissional, com responsabilidade e ética, que o Sindicato dos Jornalistas vem a público defender.

Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Norte do Paraná
Londrina, 20 de novembro de 2014.

Adolescente brasileiro é sequestrado por milícia paraguaia

Você sabia que no Paraguai, um grupo guerrilheiro que se inspira nas Farc, e aterroriza algumas regiões do país vizinho, mantém sequestrado o filho de um casal de brasileiros há sete meses?

É o drama vivido pela família Fick . No último dia 2 de abril, por volta das 7 da noite, Arlan Fick, de 16 anos, foi sequestrado pelo grupo que se autodenomina Exército do Povo Paraguaio (EPP). ( Leia mais aqui)

UEL cancela Feriado da Consciência Negra e grupo protesta

Um grupo de estudantes da Universidade Estadual de Londrina realizou hoje uma passeata pelo campus em direção ao gabinete do reitoria para protestar contra o cancelamento do feriado da Consciência Negra na UEL.

A universidade havia previsto no calendário acadêmico e administrativo um recesso nesta data em observância ao feriado municipal da Consciência Negra. Porém, com o suspensão do feriado municipal pelo Tribunal de Justiça do Paraná, a UEL cancelou este feriado, através do Ato Executivo 133/2014.

Como a UEL possui autonomia didática e administrativa para estipular recessos, a medida não foi bem aceita por parte da comunidade universitária, que agora protesta contra a reitora. Também pesa no protesto que o calendário é estipulado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, através da Resolução CEPE 73/2013. Destaque-se ainda que o cancelamento do feriado foi feito através de Ato Executivo, que é tipo de norma subalterna hierarquicamente à Resolução.

Tribunal de Contas libera licitação da publicidade da Sercomtel

E o Tribunal de Contas do Paraná liberou a telefônica Sercomtel para dar continuidade ao processo de licitação da conta publicitária da empresa.

A medida cautelar, que havia sido conseguida pela empresa Trade Marketing – segunda colocada na licitação -, foi revogada ontem.

Segundo presidente da Sercomtel, Christian Schneider, “a lisura do processo e dos procedimentos conforme o Poder Judiciário já tinha se manifestado foi confirmada pelo TCE-PR conforme as nossas expectativas”.

A vencedora da concorrência foi a empresa Engenho Propaganda.

PSOL de Londrina muda de comando

Atenção, atenção militantes e simpatizantes do PSOL. Neste sábado será realizada a convenção do partido em Londrina para a escolha dos dirigentes que irão comandar o partido nos próximos dois anos. Será às 14 horas na Rua Piaui, 106, sala 3.

O partido quer estruturar a militância para tentar conquistar uma vaga na Câmara de Londrina em 2016.

Empreiteiras do Lava Jato doaram dinheiro para Requião, Gleisi e Marcelo Belinati

Aí o cara abre o Jornal de Londrina de hoje e lê que tem uma galera enorme que recebeu um quais-quais das empreiteiras enroladas na Operação Lava a Jato. Ao todo, 15 deputados estaduais e federais do Paraná, receberam R$ 3,8 milhões. As doações estão nas contas dos candidatos apresentadas ao TRE.

É sempre bom ressaltar que a lei brasileira permite que as empresas e pessoas físicas façam doação para campanhas eleitorais.

Entre os que receberam uma boa contribuição: Roberto Requião (PMDB) com R$ 500 mil e Gleisi Hoffmann (PT) com R$ 1,84 milhão. O deputado federal Marcelo Belinati (PP), recebeu R$ 25.600 da Galvão Engenharia S/A , mas disse que o dinheiro veio do diretório nacional e espera que os culpados sejam punidos.

Governo do Paraná não libera verba e UEL está no sufoco

O Conselho de Administração da Universidade Estadual de Londrina fez uma alerta meio que apavorante para os fornecedores.

“O orçamento aprovado em lei orçamentária (autorização para uso de recursos) para a manutenção da Universidade Estadual de Londrina para o ano de 2014 é de R$ 26.634.791,00. Porém, até a presente data, o Governo do Estado aprovou somente R$ 16.339.716,00.

Quanto à liberação de recursos financeiros, para efetivar os pagamentos das despesas empenhadas a partir da liberação orçamentária já realizada, tivemos até o momento o repasse financeiro de R$ 11.870.116, 50 de um total de R$ 26.634.791,00.

Dada a persistência dessas restrições orçamentárias e limites no repasse de recursos financeiros por parte do Governo do Estado, que impõem à UEL atrasos de pagamentos e prejuízo nas atividades acadêmicas e operacionais rotineiras da Instituição, a Reitoria e o Conselho de Administração, reunido nesta quarta-feira (19/11), decidem compartilhar com a Comunidade Universitária esta situação, e se comprometem a informar sobre qualquer alteração deste cenário.”