Multidão protesta contra o aumento do IPTU em Londrina

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Resumo das propostas da reunião de ontem sobre o IPTU

1- Todos os contribuintes ingressarem com reclamação contra lançamento, na forma do art. 293 do CTM. àqueles que puderem, é possível o depósito do montante integral do débito, a fim de evitar as penalidades (juros, multa e correção monetária) caso ocorra a improcedência. O depósito poderá ser realizado na via administrativa, na forma do art. 53 do CTM. (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Centenas participam da reunião para discutir ações contra o aumento abusivo do IPTU

Centenas de pessoas reuniram-se ontem à noite no Hotel Cristal, de Londrina, para discutir medidas contra o aumento abusivo do IPTU. O auditório hotel ficou completamente lotado.

A gritaria foi geral. Foram apresentados casos de aumento de mais de 400%.

O movimento prevê, além de participar e fomentar o protesto amanhã no Calçadão de Londrina, outras manifestações nos próximos dias. Inclusive uma em frente à prefeitura.

Vários advogados presentes apontaram falhas na lei que podem gerar ações contra a prefeitura.

 

Belinati diz aos vereadores que pode até rever o IPTU dos próximos anos, mas…

E a reunião de ontem entre os vereadores e o prefeito Marcelo Belinati mostrou bem como está a moral deles nas ruas de Londrina.

Vereadores reclamaram que não estão nem podendo sair de casa; que a gritaria contra eles e o prefeito atingiu níveis assustadores. A angústia de quem fez bobagem e não sabe como sair do problema criado por eles próprios é evidente. (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Belinati e vereadores se reúnem para discutir o que fazer com a Jaca do IPTU

E ontem vereadores de Londrina reuniram-se com o prefeito Marcelo Belinati. Estão apavorados com a repercussão negativa do extorsivo reajuste do IPTU que eles aprovaram sem pensar nas consequências que isso acarretaria.

A maioria anda sumida, pois não consegue ir pra rua sem que alguém os cobre acintosamente. (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Controlador Geral da Câmara de Londrina, a nova polêmica

Os funcionários da Câmara de Londrina estão descontentes com a contratação considerada irregular do atual Controlador Geral, Helcio dos Santos, que não é servidor efetivo do Poder Legislativo, e sim cedido pelo Executivo, o que gera conflito de interesses, uma vez que já ocupou a mesma posição comissionada na Prefeitura. (mais…)

, , , , , , , , , ,

A CMTU não teria interesse em reduzir a tarifa do Busão?

 O advogado Eduardo Lebbos Tozzini, de Londrina tem uma teoria sobre o porque a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanismo não reduz a tarifa do transporte coletivo mesmo tendo economizado consideravelmente com a redução ou cancelamento de benefícios – redução Passe Livre, cortaram a Tarifa Verde que dava 10% de desconto, acabaram com a linha Centro Livre.

(mais…)

, , , ,

MP quer a devolução de R$ 3,4 milhões “desaparecidos” no governo de Antonio Belinati

do blog Bicho Pau/Lino Ramos

A Promotoria de Defesa do Patrimônio Público vai tentar reaver R$ 3,4 milhões desviados da Prefeitura de Londrina, por meio de licitações fraudulentas fabricadas na antiga Comurb, atual CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização). O Tribunal de Justiça publicou o acórdão da decisão da 4ª Câmara Cível do TJ, proferida em 14 fevereiro de 2017, condenando o ex-prefeito Antônio Belinati e outros réus por fraudes em licitações. (mais…)

, , , , , , ,

Entrevista exclusiva: Hélio Beltrão diz que é possível o Estado Mínimo e a Carga Tributária quase Zero

, , , , , , , , , ,

Pra quem gosta de falar de rock

, , , , , , , , , ,

Diz o Sindicato dos Médicos: “há desrespeito aos médicos e aos pacientes”

Segundo o presidente do Sindmed, Alberto Toshio Oba, os médicos estão sobrecarregados. Profissionais que se aposentam, pedem exoneração ou  cumprem licenças  não são substituídos. Muitas vezes, mesmo com horas extras, as escalas não são inteiramente cobertas. (mais…)

, , , ,

Dr Marcelo Belinati, o prefeito, recebe a jaca: Saúde de Londrina apavora até médicos

Durante a campanha eleitoral, o então candidato a prefeito Marcelo Belinati, médico por profissão, dizia todo santo dia e todo dia santo que sobrava dinheiro na saúde, que faltava na verdade era gestão, gerenciamento.

Agora está provando do próprio remédio. Por mais que tentou, não conseguiu emplacar um médico de renome na Secretaria da Saúde. Foi para o Plano B, nomeou quem aceitou.

Passados 11 meses e 8 dias – para não dizer um ano de governo senão os áulicos vão dizer que o blog pega no pé – os problemas na Saúde se agravaram consideravelmente. E a denúncia não veio da oposição.

O Sindicato dos Médicos, junto com vereadores, promotores e outras autoridades, vistoriou várias unidades de saúde, conversou com médicos, enfermeiros e pacientes. E puderam conferir in loco as péssimas condições de trabalho dos profissionais e de estrutura do serviço municipal de saúde em Londrina.  Esta foi a terceira rodada de visitas, que já aconteceram recentemente nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do Jardim Sabará, Jardim Leonor e Jardim do Sol. (mais…)

, , , , , ,

Prefeito Belinati quer dar prêmio para quem pagar IPTU em dia, pra ver se dói menos

Os carnês do IPTU 2018 de Londrina ainda não foram entregues. Quando chegarem a população vai perceber o tamanho da esfolada. Não será pequena.

Em anos de crise como estes últimos, aumentar absurdamente os impostos, como fez o governo Richa no Paraná, e como está fazendo o governo Marcelo Belinati, em Londrina, é de uma falta de sensibilidade pouco vistas.

Agora, no caso de Londrina, a prefeitura quer dar um “bonus” para quem pagar o salgado IPTU em dia – o que não será exatamente uma tarefa fácil.  (mais…)

, , ,

JBS pagava propina mensal para ex-superintendente do Ministério da Agricultura no Paraná

do MaringáPost

Em depoimento à Justiça Federal na sexta-feira passada, o ex-executivo da JBS e veterinário, Flávio Cassou, preso em março na Operação Carne Fraca, contou que pagava há quatro anos uma mesada de 20.000 reais para o ex-superintendente do Ministério da Agricultura no Paraná, Daniel Gonçalves Filho, que trabalhou em Maringá e fechou delação premiada. A informação é de Ullisses Campbell, no site da revista Veja.

O mensalinho, segundo Cassou disse ao juiz Marcos Josegrei, da 14ª Vara Federal, servia para que ele escolhesse pessoalmente quais fiscais do governo atuariam dentro das unidades da JBS no Paraná, fazendo vista grossa na vigilância sanitária e agilizando licenças (leia mais)

, , , , , ,