Reunião na Sercomtel, decisão: jogar a criança no colo do governador

Pois muito bem. Acabou agora há pouco a reunião entre o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, o presidente da Sercomtel Hans Muller, presidentes e diretores de entidade, populares, vereadores, etc, etc.

Convocada pelo prefeito, até que houve boa resposta no quesito presença. Houve discursos sobre a importância da Sercomtel para a cidade e para a região; sobre como é bom (?) ter uma empresa telefônica própria e coisa e tal. Quase nada se falou sobre as bobagens feitas no comando da empresa em todos estes anos, bobagens políticas, bobagens administrativas, bobagens corporativas. (mais…)

, , , , , ,

Abacaxi nas mãos do novo presidente da Sercomtel

Em 6 de outubro o ex presidente da Sercomtel, o agrônomo Luiz Carlos Adati que saiu 3 dias depois, por recomendação do Ministério Público Estadual por desacordo com a lei federal 13.303 de 2016, assinou a resolução 119/2017 e publicada no jornal oficial de Londrina, no dia 11, que determinava sanções a  contrato da empresa – “1. Determinar que seja realizada uma auditoria interna em relação à execução do contrato de recargas virtuais, firmado com a empresa Tendência Informações e Sistemas Ltda., com fundamento na Cláusula Décima Segunda do respectivo contrato; 2. Determinar, também, que os trabalhos da auditoria sejam extensivos à execução dos demais contratos firmados pela empresa, para vendas através de recargas virtuais, com a finalidade de certificar que não estão ocorrendo situações similares ao fato ocorrido com a empresa Tendência Informações e Sistemas Ltda., conforme apontamentos realizados no relatório da Comissão de Sindicância”.

(mais…)

, , , , ,

Site elege Hauly o melhor deputado do Brasil. Maringaense é considerado o pior do Paraná

Do Maringá Post

O Paraná tem o melhor deputado federal do Brasil e Maringá o pior do Paraná. É isso que mostra o ranking de 2017 do site polítcos.org.br, que propõe uma série de critérios para justificar pontuações positivas e negativas de todos os deputados federais no Brasil.

Em primeiro lugar – tanto no Paraná, quanto no Brasil – o londrinense Luiz Carlos Hauly (PSDB) foi o deputado federal que adquiriu a melhor pontuação. Ele alcançou 219 pontos, em uma média que é feita entre os seis critérios, como “Qualidade Legislativa” e “Processos Judiciais”. (mais…)

, , , , , , , ,

Vereador que votou pelo aumento do IPTU vai pro Conselho de Ética

Reunidos ontem à noite a diretoria do PODE – que muitos insistem em colocar a letra H depois do P – decidiu encaminhar ao Conselho de Ética do partido a abertura de Processo disciplinar contra o vereador Estevão da Zona Sul.

O vereador insurgiu-se contra a decisão tomada pelo partido e votou pelo aumento do IPTU. Dependendo da decisão, o vereador poderá safar-se com uma reprimenda ou até ser expulso do partido.

“Não queremos ter representante só para ter. Ele tem que estar afinado com a linha do Partido. Queremos a refundação do Estado Brasileiro com uma ampla Reforma da Máquina Publica acabando com qualquer aumento de Imposto. Diminuição do Estado inclusive com os políticos dando o exemplo e cortando na própria carne”, disse o presidente Márcio Stamm.

 

, , ,

Promotoria diz que houve nepotismo na Prefeitura de Londrina

Lá nos idos de fevereiro deste ano, comecinho da administração do prefeito Marcelo Belinati, este blog pentelho alertava que o Secretário da Fazenda, Edson Souza, havia promovido a sobrinha, servidora do município, a um cargo novo, com uma significativa melhora salarial. (Veja aqui)
Aí os parças do prefeito encheram o saco dizendo que o blog perseguia o prefeito, etc.
Pura bobagem.
Agora veio a bronca confirmada e consolidada.
Pois bem, hoje a Folha de Londrina, matéria da jornalista Loriane Comeli, traz a informação de que a Promotora de Defesa do Patrimônio Público, Sandra Koch, confirma que sim, foi nepotismo.
Veja a matéria completa abaixo:

(mais…)

, , , , , ,

Sociedade: Toma que a responsabilidade é tua, conclama Belinati!

*(Funcionário aposentado da Sercomtel)

Qualquer prefeito democraticamente eleito tem legitimidade para decidir sobre os assuntos da municipalidade. No jargão do preto véio: “quem quer Poder, tem que Decidir.”
A discussão em torno da Sercomtel parte de uma questão racional, e não emocional como quer o Marcelo Belinati.

O Município de Londrina continuará a intervir na ordem econômica das telecomunicações? 
Prefeitos não são deuses, são políticos, com pensamento na popularidade e nas urnas. 
Marcelo Belinati e os demais que quiseram salvar a Sercomtel cometeram um erro estratégico. A solução não sairá da Sercomtel. O problema não é da Sercomtel. É do proprietário da empresa. A solução sai da Rua Duque de Caxias para a Rua João Cândido, e não ao contrário. (mais…)

Que dó. Leilão de imóveis de Yousseff pela metade do preço

Do G1

O leilão dos mais de 80 imóveis que pertenciam ao doleiro Alberto Youssef, que começou em setembro e encerrou nesta segunda-feira (16), terminou com um lance vendido. Os bens, avaliados em mais de R$ 8 milhões, serão leiloados novamente com lances iniciais pela metade do preço, a partir desta segunda até o dia 30 de outubro.

(mais…)

Belinati busca apoio para a pá de cal?

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati e o presidente da telefônica Sercomtel, Hans Muller convocam a sociedade, empresas etc para discutir o que fazer com a empresa.

É mais um jogo político do que realmente busca de solução. Ele não quer ficar com a jaca sozinho. E antes que os comissionados do prefeito encham o saco, digo já, não, não é culpa deste Belinati atual a situação que a Sercomtel se encontra – que também andou fazendo umas trapalhadas escalando para comandar a empresa um grupo de pessoas que não se enquadra na Lei das Estatais.  Mas a fila de culpados é gigante e pode incluir aí de má gestão, mercado competitivo, uso político da empresa, etc, etc. (mais…)

, , , , ,

Justiça determina bloqueio de bens de dois deputados do Paraná

E o Ministério Público do Paraná informa que a 2ª Vara da Fazenda Pública de Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, determinou, em caráter liminar, a indisponibilidade de bens de dois deputados estaduais em exercício na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep): Elio Rush e Alexandre Guimarães que teriam utilizado sua verba de ressarcimento para custear alimentação de familiares e visitantes, e do parlamentar que preside a Comissão de Tomadas de Contas da Casa de Leis, responsável por analisar e aprovar as contas das verbas de ressarcimento de todos os deputados. A decisão atende pedido do Ministério Público do Paraná em ação civil pública ajuizada pela 1ª Promotoria de Justiça de Campo Largo.  (mais…)

, , , , ,

Ministério Público Federal pede o afastamento do ministro Ricardo Barros

do UOL

O MPF (Ministério Público Federal) em Pernambuco informou nesta segunda-feira (16) que solicitou o afastamento cautelar do ministro da Saúde, Ricardo Barros, por suposta influência política para transferir produção de derivados de sangue para o Paraná, seu Estado de origem. O pedido consta em ação civil pública contra a União que pede a manutenção do contrato firmado do governo com a empresa pública Hemobras (Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia).  (mais…)

, , , , , , , ,

Um Ratinho com os pés frios

Tem prefeito no Paraná que anda querendo distância do abraço do deputado Ratinho Júnior. Nada contra o cara que é candidato ao governo do Estado. Apenas prevenção e preservação do cargo.

Na foto abaixo, Ratinho Jr abraça três prefeitos que tiveram seus mandatos cassados – Reni Pereira (Foz do Iguaçu), Antonio Belinati e Barbosa Neto, ambos de Londrina.

Pelo sim, pelo não, vai que né!

arquivo google
, , , , , ,