Em primeiro turno, Câmara aprova adiamento da eleição

Perpétua Almeida (C): é preciso evitar que as eleições virem espaço de contaminação Fonte: Agência Câmara de Notícias

A Câmara dos Deputados acaba de aprovar, em primeiro turno, por 402 votos a 90, o texto-base da PEC do adiamento das eleições. Quatro deputados se abstiveram.

A proposta estabelece que as eleições municipais deste ano serão adiadas para 15 de novembro (primeiro turno) e 29 de novembro (segundo turno), em razão da pandemia da Covid-19.

Os deputados analisam agora os destaques que podem alterar o texto.

O relator da proposta, deputado Jhonatan de Jesus (Republicanos-RR), ressaltou que a mudança é necessária no atual contexto de emergência. “Os novos prazos são adequados porque mantêm as eleições sem alterar o mandato.”

Ele afirmou que o texto incentiva atividades eleitorais sem contato interpessoal, autorizando eventos remotos como convenções e reuniões para escolha de candidatos.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Deixe uma resposta