Justiça anula operação da PF contra Ciro Gomes
Ciro Gomes

Justiça anula operação da PF contra Ciro – O Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5) acatou um habeas corpus impetrado pela defesa do pré-candidato à presidência Ciro Gomes (PDT) que pedia a anulação da busca e apreensão feita contra ele e sua família em dezembro do ano passado (relembre o caso).

A decisão foi publicada hoje.

O pedetista foi alvo da “Operação Colosseum”, comandada pela Polícia Federal (PF), que investigou supostas fraudes na reforma da Arena Castelão, entre 2010 e 2013.

Na época, juristas criticaram o estranho fato de uma busca e apreensão ser realizada mais de 10 anos depois do suposto fato criminoso ter ocorrido.

Ciro classificou a ação como fruto de uma perseguição política.

Na operação, os irmãos do presidenciável, o senador Cid Gomes (PDT) e Lúcio Gomes também foram alvos.

À época, o ex-ministro atribuiu a ação a uma suposta perseguição política.

“Não tenho dúvida de que esta ação tão tardia e despropositada tem o objetivo claro de tentar criar danos à minha pré-candidatura à presidência da república. Da mesma forma tentaram 15 dias antes do primeiro turno da eleição de 2018”, declarou Ciro redes sociais, logo após a operação.

Leia Também

Cigarros eletrônicos podem ser proibidos

Proposta discutida na Assembleia Legislativa do Paraná quer proibir no Estado o uso, a comercialização,...

Amor e Poesias

O professor e economista Aparecido Guergolette lançou, dias atrás durante um evento no Sesc de...

Pesquisa IRG mostra Ratinho com possibilidade de fechar no primeiro turno

Via Fernando Tupan O governador Carlos Massa Ratinho Júnior (PSD) esta na frente da pesquisa...

Comente!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments