A bomba chamada Ricardo Barros no colo do presidente

E este blogueiro decidiu ontem ficar umas horas fora do ar, mas as notícias atropelam sem dó.

O depoimento do deputado federal Luiz Miranda, do DEM do Distrito Federal, à CPI da Pandemia, deixou governistas com a sensação de que está cada vez mais difícil manter o barco navegando.

Miranda disse com todas as letras que é Ricardo Barros, o deputado de Maringá, que foi citado por Bolsonaro ao ser alertado sobre possíveis irregularidades na negociação para a compra da vacina Covaxin, da China.

Lembrando que Barros é o líder de Bolsonaro na Câmara Federal.

Na CPI, ao ser questionado pela senadora Simine Tebet, Miranda disse:

“Eu sei o que vai acontecer comigo. A senhora [Simone Tebet] também sabe que é o Ricardo Barros que o presidente falou”, afirmou Luis Miranda.

Simone Tebet insistiu: “O senhor confirma?”

“Foi o Ricardo Barros que o presidente falou. Foi o Ricardo Barros”, repetiu Miranda.

2 thoughts on “A bomba chamada Ricardo Barros no colo do presidente

  • 26/06/2021, 10:06 em 10:06
    Permalink

    Dê bagrinhos a peixe grande, essa CPI acertou na rede como um raio devastador. O líder ganancioso e aloprado foi queimado e fuzilado pelo próprio BOLSOLOCO. É só questão de tempo pro neguinho passar uma temporada vendo sol nascer quadrado. Será que poderá escolher entre Maringá, Curitiba ou Brasília? E o pior, achava que estava em cima da carne seca, mas não contava com a astúcia do Chapolin do Planalto KKKK

    Resposta
  • 26/06/2021, 14:36 em 14:36
    Permalink

    Casinha caiu. VAI VIRAR PIVÔ SA CPI. Era o que esses senadores queriam. Um peixe maior.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: