A Guerra da Ignorância

por F.B Libertas

Estamos em guerra sim…

Num conflito cruel, desumano e passional. E ele é alimentado pelo ódio, pela ignorância, pela intolerância e pelo pior que o ser humano manifesta sua irracionalidade.

Desde a campanha presidencial de 2014, culminando com seu ápice na utilização nefasta da bipolarização de conceitos que a maioria nem conhece. Desde de primeiro de janeiro de 2019, temos visto uma demonstração da incoerência de discurso a atos. Uma total incapacidade de gestão pública, de diálogo, de bom senso e diplomacia. Infelizmente essa é a verdade que jamais foi escondida.

Todos conheciam esses defeitos, aqueles que optaram por eles e ainda os defendem ao acirrar o movimento de ódio e intolerância, ir contra a ciência, os servidores públicos, a educação pública e saúde pública tem responsabilidade em cada morte na pandemia.

Copos de água ou feijões ungidos não curam nada, enriquecem e pagam os falsos pastores comprados para manter vivo o ódio, a intolerância e a ignorância.

A AMAN infelizmente formou um tenente condenado que planejou explodir quartéis na década de 80 e depois virou político, formou um general especialista em logística que não consegue organizar suprimentos e sua distribuição ou os milhares de oficiais que hoje estão distribuídos em cargos de primeiro a terceiro escalão em troca de aumento de salário e aposentadoria.

Esses que apoiaram o tenente esqueceram de manifestar contra a corrupção mesmo com todas as evidências. Aliás, vivem das falsas notícias e mentiras das redes sociais. Aquele que se cala diante do crime também é criminoso. Estamos perdendo a guerra da morte porque muitos não optaram pela vida, negaram a ciência e defendem a falsa ideia de que direitos individuais estão a frente da vida de todos.

A guerra é contra a ignorância que virou uma pandemia. Já vimos na história recente esse mesmo movimento de pseudo “homens de bem” e “defensores da família”, eles escreveram na história capítulos do Facismo, do Nazismo, do Franquismo, do Salarismo, das ditaduras militares da América Latina e todas as outras ditaduras não importa a ideologia.

Aliás, todas elas são herdeiras das guerras santas e cruzadas, ignorantes usadas por bufões e religiosos fundamentalistas, “fé cega faca amolada”, toda forma de extremismos leva a um só caminho, a guerra.

One thought on “A Guerra da Ignorância

  • 25/01/2021, 08:19 em 08:19
    Permalink

    Sugiro a leitura do texto escrito pelo Mourão publicado no Estadão. Brilhante.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: