“Acabou a corrupção”. Algo a falar sobre isso? “Nádegas a declarar”

É bom saber, como já disse o presidente Bolsonaro, e repetem seus fiéis seguidores, que acabou a corrupção no Brasil.

Ufa! Do descobrimento desta terra, em 1500, pra cá é a primeira vez que se tem notícia de que a corrupção acabou e portanto a Lava Jato é desnecessária.

Talvez seja por esta certeza, de que acabou a corrupção no Brasil, que ontem muita gente estranhou a operação da Polícia Federal que, a cumprir um mandado de busca e apreensão na casa do senador Chico Rodrigues (foto), vice-líder do governo de Jair Bolsonaro no Senado, foram encontradas cédulas de dinheiro escondidas entre as nádegas do político.

O instante da apreensão foi registrado em imagens pelos policiais, segundo uma fonte com acesso ao caso. Para se ter uma ideia do absurdo da situação, algumas notas recuperadas estavam sujas de fezes, informa o site Brasília Capital (veja aqui).

Aliás, recentemente, a Policia Federal também visitou imóveis do deputado federal Ricardo Barros, em Maringá. O deputado, que é líder de Bolsonaro na Câmara Federal, é investigado em uma operação que apura os crimes de lavagem de dinheiro e corrupção para facilitar negócios no ramo de energia eólica.

One thought on ““Acabou a corrupção”. Algo a falar sobre isso? “Nádegas a declarar”

  • 15/10/2020, 11:52 em 11:52
    Permalink

    Realmente o Brasil mudou muito no governo Bolsonaro. Por exemplo, esse episódio já foi esclarecido na própria notícia. O site, que nem cita o partido do suspeito de corrupção, gasta metade do espaço para dar a notícia e a outra metade para dar a versão do político. Como era diferente nos tempos do Moro quando os suspeitos viravam automaticamente condenados em última instância… principalmente os petistas!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: