Ano de eleição sem aumento do busão – até rimou

Nada como ano em que há eleição. Políticos ficam tão bonzinhos.

Hoje o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati anunciou que a tarifa do transporte coletivo não sofrerá reajuste em 2020 e será mantida em R$ 4,25. 

“De 1 de janeiro a 31 dezembro de 2020, a tarifa vai vigorar em R$ 4,25. Este valor significa que não terá aumento do transporte coletivo durante o ano na cidade”, declarou o prefeito. “É uma das mais baratas do Brasil”, disse Belinati.

Recentemente foi fechado o novo contrato com as duas empresas que já operavam o Transporte Coletivo na cidade. Apesar de o prefeito alardear várias vezes que estava quebrando o monopólio do transporte coletivo, não ocorreu já que desde a década de 1960 são as mesmas empresas que detém o serviço.

 

3 comentários em “Ano de eleição sem aumento do busão – até rimou

  • 03/01/2020, 08:21 em 08:21
    Permalink

    Em véspera de eleição também, lá pratraismente, o vagal do Lerner baixou o Pedágio no Paraná em 50%, alguem se lembra? Em troca os contratos foram modificados e as comcessinarias deixaram de executar inúmeras obras para recuperar o prejuízo causado por este irresponsável ex-governador de araque, veihaco, ordinário, restolho da velha política Paranaense, isto para nao dizer que esse cara é um tremendo FDP.

    Resposta
  • 03/01/2020, 15:07 em 15:07
    Permalink

    Não confundir FDP com Filho Da Política, ķkkkkkķkkkkkkk

    Resposta
  • 07/01/2020, 17:46 em 17:46
    Permalink

    Pergunta para o secretário de gestão, Cavazotti, se ele sabe qual linha passa na região dele. Essa é clássica dia tempos de repórter bocudo.

    E os técnicos da CMTU que montam as tabelas de horários. Outros que nem sabe onde passa o circular e monta o itinerário.

    E como dizem os americanos “não existe almoço grátis”: menos carros em importantes horários nas linhas.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: