Até quando Juscelino Filho ficará no governo? Ministro usa avião da FAB, recebe diárias, e participa de leilão de cavalos

da Isto É

O ministro das Comunicações, Juscelino Filho, utilizou avião da Força Aérea Brasileira (FAB) e recebeu diárias para participar de leilões de cavalos de raça que chegam a valer mais de R$ 1 milhão. No fim de tarde de uma quinta-feira, 26 de janeiro, Juscelino saiu de Brasília com destino a São Paulo para uma viagem que justificou como “urgente”. Seus compromissos oficiais somaram duas horas e meia. Da tarde de sexta até o retorno na segunda-feira, dia 30, o ministro – que é apaixonado por cavalos – se dedicou a agenda inteiramente privada: assessorou compradores de animais, promoveu um dos seus, recebeu o “Oscar” dos criadores e inaugurou praça em homenagem a um cavalo de seu sócio.

Logo após desembarcar na capital paulista, Juscelino foi à sede da operadora Claro para uma “visita institucional”, onde permaneceu por uma hora. No dia seguinte, esteve por 30 minutos no escritório da Telebrás e encerrou os encontros oficiais após uma visita de uma hora à representação da Anatel, cuja sede fica em Brasília.

A partir daí, o ministro ficou livre para dedicar seu tempo aos eventos com cavalos no roteiro custeado com verba pública. A justificativa do deslocamento foi feita num sistema interno da pasta: “viagem urgente”.

Decreto presidencial prevê que as aeronaves da FAB devem ser solicitadas obedecendo a uma ordem de prioridade. Primeiro, em casos de emergências médicas. Segundo, quando há razões de segurança. Depois, viagens a serviço. As diárias são pagas quando há necessidade de cobertura de despesas extraordinárias com o trabalho. A agenda do ministro não informa sua presença em nenhum dos eventos envolvendo animais.

 

Compartilhe
Leia Também
Comente

7 Comments

  1. Tá louco?

    Até a.posse do André Vargas como assessor da Diretoria Geral de Itaipu ao lado do parceiro Enio Verri, ex.chefe de gabinete do Deputado e ex marido de Gleisi Hoffmann, Paulo Bernardo durante o ministério de Lula?

  2. Genildo

    Vai ficar no governo do PT e nem adianta espernear. O PT precisa dos votos do UB, isso é governo de esquerda e quem elegeu sabe bem como a esquerda funciona e que se exploda, a conta quem paga é o contribuinte. Esse sempre foi o preço da esquerda e não adianta reclamar.
    Só para lembrar: esse mesmo ministro é aquele que quando estando deputado usou verbas do relator para asfaltar as estradas que que levavam a fazenda da família, é o mesmo ministro que tentou se promover juntamente com o presidente dos correios e doaram chip telefônicos para serem usados no meio da selva amazônica, em uma reserva índia e sem torres de comunicação, ou seja, não entende de nada de sua área e agora usa aviões da FAB, recebe dinheiro de diárias para ir a evento de caráter pessoal comprar cavalos de milhões de reais que não são declarados a justiça eleitoral e nem ao fisco.
    Vai lá picanheiros………..me lascando mas dando risada pra caramba vendo esse governo fracassado sangrar.

    1. Décio Paulino

      Verdade, que se explodam as contas públicas. Não adianta reclamar. Bolsonaro continua curtindo os Estados Unidos com salários e diárias pagas pelo governo de assessores escolhidos a dedo por ele. A conta? Quinhentos mil reais por mês! Aliás, despesas pagas em dólares.

      1. Genildo

        Dilma abriu mão dos direitos e privilégios previstos em lei para ex-presidentes? NÃO!
        Lula abriu mão dos direitos e privilégios previstos em lei para ex-presidentes? NÃO!
        Temer abriu mão dos direitos e privilégios previstos em lei para ex-presidentes? NÃO!
        Sarney abriu mão dos direitos e privilégios previstos em lei para ex-presidentes? NÃO!
        Bozo tem que abrir mão desses mesmos direitos por que o Décio quer!
        Patético……..

  3. Campos

    Esse ministro está na cota do União Brasil. A viabilização de um governo democrático em substituição a um governo neofascista e corrupto traz esse tipo de problema. Ainda que Lula pretenda afastar esse ministro, o presidente tem que negociar com o União Brasil. Resta saber qual a posição do partido aliado. Presidencialismo de coalizão é isso aí. Pelo menos o país vive sob um regime democrático, longe de agressões à imprensa e sem perseguição a delegados federais que não protegem filhos corruptos de presidente.

  4. Genildo

    Atenção, atenção!
    Formação de quadrilha com indivíduos incompetentes e acobertamento de atos ilegais agora chama-se “governo de coalizão”, pelo menos é o que os canhotos dizem.

    1. Satanás

      Acobertamento de atos ilegais? O véinho das fake news se esqueceu de que o Bolsonaro já foi defenestrado do governo há dois meses. Quá! Quá! Quá!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios