Bebianno coloca Bolsonaro e filhos na alça de mira: “Só contei 3% do que sei”

Da Época

O ex-ministro e braço direito de Jair Bolsonaro durante a eleição Gustavo Bebianno não gostou de ver um dos filhos do capitão, Eduardo Bolsonaro , chamá-lo de desleal.

Disse Bebianno :

“Só contei 3% do que eu sei. Meu objetivo não é destruir o governo, mas sim proteger o Brasil e sua democracia.  Estou de olho o tempo todo no governo e na família Bolsonaro. Quero que o presidente pare de gerar crises, administre o país da melhor forma possível e conclua o seu mandato. É hora de os ânimos arrefecerem, em benefício do povo brasileiro. Não obstante, percebendo a existência de algo capaz de comprometer a nossa democracia, agirei”.

Um comentário em “Bebianno coloca Bolsonaro e filhos na alça de mira: “Só contei 3% do que sei”

  • 17/11/2019, 17:12 em 17:12
    Permalink

    Bebianno pode revelar os 97% e nada vai mudar no país. O ex-ministro general Alberto dos Santos Cruz pode denunciar os casos mais escabrosos do governo Bolsonaro na CPMI das Fake News e nada vai mudar. O mesmo vai acontecer se a deputada Joice Hasselmann contar tudo o que sabe da campanha e do governo Bolsonaro na mesma CPMI. O deputado Alexandre Frota deu até os nomes dos empresários que financiaram a divulgação massiva de falsas notícias nas redes sociais e nada aconteceu. Nada aconteceu porque o governo Bolsonaro é resultado de um golpe político e midiático que levou Lula à prisão e o candidato do PT Fernando Haddad à derrota. Vamos ver até onde vai o limite do brasileiro para aceitar passivamente o golpe que levou Temer e Bolsonaro à presidência do país. No momento, muitos infelizmente estão pensando: “Foda-se a democracia e viva Bolsonaro com milícia e tudo”.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: