Belinati e a falta de liderança do próprio rebanho

Quem conversa com alguma frequência com os secretários municipais de Londrina que têm alguma pretensão de suceder o atual prefeito Marcelo Belinati percebe uma clara insatisfação com o comandante.

Desde que começou na política Belinati, da mesma forma que o Tio Bila famoso – três vezes prefeito -, nunca foi de cultivar grupos políticos. Na vitória ou na derrota sempre mantiveram a postura solitária.

O modo de agir é conhecido. Mas há quem sempre nutra a esperança de que receberá apoio dele para este ou aquele movimento político.

Um amigo da família Belinati, de longa data, diz que “Os Belinatis não vão ao teatro porque não aceitam aplaudir ninguém”, diz ele de forma jocosa.

Nas redes sociais, os mais atentos percebem uma certa movimentação de alguns secretários interessados em suceder Belinati: Felipe Machado (Secretário de Saúde), Marcelo Cortez (CMTU), Bruno Ubiratan (COHAB) e até o Procurador João Esteves.

Nenhum, no entanto, recebeu sinal verde concreto de Belinati.

Para piorar, Belinati tem demonstrado irritação em entrevistas e até falta de tesão para encerrar bem este segundo mandato.

E isso causa uma insatisfação admitida nos bastidores.

Compartilhe
Leia Também
Comente

Um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios