Cida/Barros e a hora do teste de fidelidade

A farra protagonizada pela governadora Cida Barros e pelo maridão o deputado Ricardo Barros, para tentar bombar a candidatura dela, teoricamente, mas só teoricamente, foi reduzida a partir do fim de semana.

Acontece que a legislação eleitoral impõe restrições a partir de agora para os que desejam concorrer a eleição. Usar a estrutura do governo, paga com o suado dinheiro do contribuinte, para percorrer todo o Paraná assinando autorizações e mais autorizações – poucas com alguma efetividade – para o show pirotécnico para assanhar as lombrigas do eleitor está proibida.

Também estão proibidas as liberações voluntárias de recursos para os municípios. Isso significa que agora os 399 prefeitos do Estado, sem a necessidade intrínseca de beijar a mão para receber recursos, tomarão a decisão de quem pretendem apoiar sem esta pressão que muito bem faz o deputado Ricardo Barros.

É a hora do teste de fidelidade.

Um comentário em “Cida/Barros e a hora do teste de fidelidade

  • 09/07/2018, 17:45 em 17:45
    Permalink

    agora vão roubar o que Beto deixou se deixou e fazer acordo para acomodar a familia, esta gente nunca prestou

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: