E no quase-Reino da Assembleia Legislativa do PR Ademar Traiano é reeleito para a presidência

Nossa, que novidade. O deputado Ademar Traiano é reeleito para o quarto mandato de presidente da Assembleia Legislativa do Paraná.

Com 48 votos favoráveis e seis abstenções, foi eleita a chapa Parlamento Forte, única inscrita, comandada pelo deputado Ademar Traiano (PSDB) que em fevereiro de 2021 assumirá seu quarto mandato como presidente do Poder Legislativo.

Perfil

Ademar Traiano (presidente) – Advogado e empresário, iniciou na vida pública como vereador em Santo Antônio do Sudoeste, em 1982. Presidente da Assembleia Legislativa por três mandatos, foi governador interino em três oportunidades. Atualmente cumpre o oitavo mandato como deputado estadual.

Tercilio Turini (1° vice-presidente) – Médico e professor universitário, Tercilio Turini exerce o terceiro mandato de deputado estadual. Ocupa atualmente o posto de segundo vice-presidente da Assembleia. Representa as regiões Norte, Norte Pioneiro, Vale do Ivaí e algumas áreas do Centro e Noroeste do Paraná.

Do Carmo (2° vice-presidente) – Paulo Rogério do Carmo tem 40 anos e é natural de Maringá, onde exerceu o cargo de vereador. Advogado, possui pós-graduação em Direito Aplicado e Direito e Processo Penal. Iniciou carreira na Polícia Militar do Paraná em 1997, sendo posteriormente aprovado no concurso de Cabo da Polícia Militar em 2005 e no concurso de Sargento em 2007. Cumpre seu primeiro mandato como deputado estadual.

Requião Filho (3° vice-presidente) – Advogado formado pela CEUB e Especialista em Políticas Públicas, Maurício Thadeu de Mello e Silva é curitibano e exerce seu segundo mandato como deputado estadual. É filho do ex-Senador e ex-Governador do Paraná Roberto Requião. É o atual 3º vice-presidente da Mesa Diretora da Assembleia.

Luiz Claudio Romanelli (1° secretário) – Luiz Claudio Romanelli é advogado e especialista em gestão urbana. Atual 1° secretário da Assembleia, cumpre seu quinto mandato. Antes disso, foi vereador em Curitiba. Também exerceu os cargos de secretário estadual de Habitação, presidente da Cohapar e secretário estadual do Trabalho, Emprego e Economia Solidária. Também atuou na iniciativa privada nas áreas de obras e importação.

Gilson de Souza (2° secretário) – Gilson de Souza cumpre seu terceiro mandato na Assembleia. Atualmente ocupa a 2° Secretaria da Cassa. É formado em Teologia e Gestão Pública, além de ser pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular (IEQ) e membro do Conselho Estadual da IEQ. No Partido Social Cristão (PSC), o deputado Gilson é o vice-presidente do diretório estadual.

Alexandre Amaro (3° secretário) – Alexandre Amaro é natural de Santo André (SP) e vive no Paraná desde 2010. Exerce seu primeiro mandato como deputado estadual, ocupando atualmente o cargo de 5° secretário da Casa. Atua como radialista e apresentador e já trabalhou como gerente em instituição financeira. É graduado em Teologia pela FATERJ.

Nelson Luersen (4° secretário) – Nelson Luersen é catarinense e ocupa seu quarto mandato como deputado, sendo um deles como suplente. Foi três vezes prefeito de Planalto. Atualmente ocupa o cargo de 4° secretário da Assembleia.

Gilberto Ribeiro (5° secretário) – Catarinense de Lages, o deputado estadual José Gilberto do Carmo Alves Ribeiro exerce seu terceiro mandato. É radialista, jornalista e apresentador de televisão. Foi eleito em 2010 pela primeira vez. Atualmente ocupa o cargo de 3° secretário da Assembleia.

3 thoughts on “E no quase-Reino da Assembleia Legislativa do PR Ademar Traiano é reeleito para a presidência

  • 10/08/2020, 19:39 em 19:39
    Permalink

    Embora pareça sim um reino ou algo que caiba na alcunha de monarquia, nunca tinha imaginado o Tercilio ou Requião Filho na mesma barca que certos políticos. Vivendo e aprendendo.

    Resposta
  • 10/08/2020, 21:09 em 21:09
    Permalink

    Turini apoiar isso é absurdo. Oportunista sempre.

    Resposta
    • 11/08/2020, 17:18 em 17:18
      Permalink

      Também fiquei surpresa com essa chapa. Turini e Requião Filho junto com Ademar Traiano. Contudo, talvez seja uma estratégia política. Trabalhar junto com um opositor político do tipo do Traiano, de repente, seja salutar. Melhor perto do que longe. Capiche.

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: