Exclusivo: haverá lockdown em Londrina?

Em entrevista exclusiva ao Lugar da Fala, canal de debates que este blogueiro, juntamente com os jornalistas Raquel Rodrigues, Carla Sehn e Fábio Silveira criamos, o prefeito Marcelo Belinati fala sobre lockdown, combate ao coronavirus; diz que o governo Bolsonaro fez e faz lambança na “questão” da saúde; e comenta que não há entendimento entre os prefeitos da região sobre o que fazer.

4 thoughts on “Exclusivo: haverá lockdown em Londrina?

  • 26/03/2021, 19:06 em 19:06
    Permalink

    E secretário de prefeito com assessoria tomando cerveja em plena pandemia. Marcelo Belinati favor.tomar.providencias.

    Resposta
  • 26/03/2021, 20:23 em 20:23
    Permalink

    Meu deus! Se eu não estivesse vendo a cara do Belinati e não reconhecesse sua voz, juro que eu ia achar que estava ouvindo o prefeito de Arapongas, aquele que no início da pandemia usava a máscara para limpar os óculos. Com os mesmos argumentos, ambos anunciam que não vão decretar lockdown, que cada morador que se vire e o prefeito de Arapongas vai um pouco mais longe: que cada faça seu decreto na pandemia. O problema para os brasileiros é que os dirigentes do país, na sua maioria, são inaptos para enfrentar uma situação tão grave. Agora anunciam que a única solução é a vacina. Uma obviedade, ou ainda melhor, uma bobagem e uma grave barbeiragem administrativa. Sorte tiverem os cidadãos de outros países que, enquanto não vinha a vacina, tomaram medidas corretas e efetivas no enfrentamento da pandemia. Cito a Austrália, a Nova Zelândia e a China Comunista. Nesses países, os dirigentes tomaram decisões inteligentes, seus povos foram convencidos a acatar as decisões governamentais, encomendaram vacinas quando não passavam de projetos, souberam reduzir os prejuízos econômicos e retomar a economia. Espera aí! Não poderia acontecer isso num país governado por um genocida além de uma multidão de cabeças de bagre em governos estaduais e municipais.

    Resposta
  • 27/03/2021, 13:30 em 13:30
    Permalink

    A opinião do prefeito londrinense sobre lockdown é música para a Acil, a Sincoval e outras entidades patronais além da turma do Bolsonaro na cidade. E para o novo coronavírus também.

    Resposta
  • 28/03/2021, 13:21 em 13:21
    Permalink

    Depois dessa entrevista, me parece que o prefeito deveria ser tratado profissionalmente só como advogado e não mais como médico. Sim, um verdadeiro médico não nunca vai desistir de derrotar um vírus que adoece e mata pessoas. O prefeito descarta a decretação de lockdown só na sua cidade. Não acompanha o prefeito de Araraquara que não vacilou no momento de usar esse recurso para reduzir a contaminação de moradores de sua cidade pelo vírus. O prefeito Belinati segue outros prefeitos, geralmente bolsonaristas, que nem querem ouvir em lockdown, preferem ver ônibus lotados com trabalhadores indo ao trabalho ou consumidores indo fazer compras. Pra mim, quem fala que lockdown não produz efeitos positivos no combate ao coronavírus, fala por ignorância ou má-fé. Quando nem havia vacina, governantes conseguiram controlar a expansão da doença com controle rigoroso da movimentação das pessoas nas cidades. Com 15 mortes diárias em Londrina, é triste ver um discurso tão pusilânime saindo da boca de seu prefeito.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: