Extra!!! Ação popular quer barrar licitação para novos radares em Londrina

E a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização de Londrina, que amanhã vai licitar a contratação de empresa para instalação de 43 novos radares na cidade – a um custo inicial de R$ 733 mil/mês cada -, vai ter mais um enrosco judicial para resolver.

O advogado Fábio Theophilo ingressou na justiça com uma ação popular pedindo a suspensão da licitação. Entre os argumentos diz que o prazo de 21 dias para que empresas tomassem conhecimento da licitação é exiguo. Também alega que a possível prorrogação do contrato, como está previsto na licitação, é ilegal, entre outras coisas.

“Essa rapidez do procedimento licitatório viola o princípio de competitividade do certame e inviabiliza a competição de outros eventuais participantes interessados limitando a concorrência, podendo-se levantar inslusive suspeitas de direcionamento do mesmo em benefício de determinada empresa”, disse na ação Fábio Theóphilo.

O juiz Emil Thomas Gonçalves negou o pedido de liminar.

Theóphilo disse que vai recorrer em todas as instâncias.

Veja a íntegra da ação:

One thought on “Extra!!! Ação popular quer barrar licitação para novos radares em Londrina

  • 12/03/2020, 18:20 em 18:20
    Permalink

    Doutor Fabio, cuidado vc ira matar os M do Belionati do coração, estavam esperando por esta fz tempo….pode bater que acha o fio da meada.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: