Juizas pedem apoio a Ratinho Jr para vaga no Tribunal de Justiça

do blog Politicamente

Com o governador Ratinho Junior na Bolsa de Valores de São Paulo, coube ao chefe de gabinete, o Darlan Scalco, receber ontem (14) três juízas que fazem parte do Grupo Antígona, composto por 201 magistradas ativas e inativas de Tribunais de Justiça de todo o país.

Scalco recebeu uma carta em que pede ao governador Ratinho Junior que escolha uma das duas mulheres advogadas que estão disputando a vaga de desembargadora do Tribunal de Justiça do Paraná. A vaga foi aberta com a aposentadoria da desembargadora Regina Afonso Portes.

Este aliás é um dos argumentos do Grupo Antígona, que reivindica que uma mulher ocupe a vaga deixada por outra mulher. Na carta, o grupo de magistradas cita a questão da disparidade de gênero e a necessidade de equidade. Para se ter uma ideia, dos 130 desembargadores do TJ paranaense, apenas 20 são ocupados por mulheres. Ou seja, cerca de 15%.

O Grupo Antígona reivindica justamente esta equidade. Neste caso, dos três advogados que disputam a vaga, duas são mulheres, a Luciana Carneiro de Lara e Helena de Toledo Coelho. O único homem é o advogado Alexandre Correa Nasser de Melo — que conta com o apoio da cúpula do Tribunal de Justiça e também de alguns deputados estaduais.

Tanto a carta do grupo de magistradas, assim como a lista tríplice com o nome dos três postulantes ao cargo estão na mesa de Ratinho Junior. O governador não tem data para escolher o próximo (a) desembargador (a) e não precisa seguir nenhum critério — é uma livre escolha do chefe do Poder Executivo do Paraná.

 

Compartilhe
Leia Também
Comente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios