Mortes cometidas por PMs em serviço aumentam 34% em 2023, 1º ano de Tarcísio à frente do governo de São Paulo

do G1

O primeiro ano de Tarcísio de Freitas (Republicanos) à frente do governo de São Paulo foi marcado pelo aumento das mortes cometidas por policiais militares no estado.

Depois de um ano com o menor número de mortes praticadas por PMs em serviço da história, após a implementação das câmeras nos uniformes, o estado registrou aumento de 34% no número de pessoas mortas em 2023, de acordo com levantamento do g1 feito com base nos números do Grupo de Atuação Especial da Segurança Pública e Controle Externo da Atividade Policial, do Ministério Público.

Em 2022, 248 pessoas foram mortas por policiais militares em serviço, contra 333 em 2023 (até 20 de dezembro de ambos os anos).

O aumento coincide com o congelamento de investimento no programa “Olho Vivo”, ou como disseram especialistas ouvidas pelo g1: com a “desidratação” do programa das câmeras. A gestão Tarcísio de Freitas confirmou que não adquiriu novas câmeras em 2023 mesmo com orçamento disponível e o número de equipamentos se manteve em 10.125 em todo o estado.

Mortes cometidas por PMs em serviço aumentam 34% em 2023

MDIP2022*2023*
em serviço248333
total = serviço + folga375434
* até 20 de dezembro* até 20 de dezembro

“A gente não descontinuou nenhum contrato. Os contratos permanecem. Mas qual a efetividade das câmeras corporais na segurança do cidadão? Nenhuma”, afirmou Tarcísio.

Já em nota, a Secretaria da Segurança Pública afirmou ao g1 que “investe permanentemente no treinamento das forças de segurança e em políticas públicas para reduzir as mortes em confronto, com o aprimoramento nos cursos e aquisição de equipamentos de menor potencial ofensivo” (leia nota completa abaixo).

Além de não adquirirem novas câmeras, há relatos de mau uso do equipamento ou mesmo da obstrução do equipamento, como em mortes ocorridas durante a Operação Escudo, na Baixada Santista.

“O programa olho vivo não acabou formalmente, mas foi sendo minado por dentro, vide as denúncias de policiais que não utilizavam câmera ou que comprometeram a gravação deliberadamente colocando algo em frente da bodycam”, diz Samira Bueno, diretora-executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Leia Mais

Compartilhe
Leia Também
Comente

4 Comments

  1. Genildo

    Que horror gente, que horror!
    Alguém por favor avisa esse tal Fórum Brasileiro de Segurança Pública que só entre Julho e Setembro de 2023, ocorreram 195 obitos em intervenção policial no estado governado pelo petista Jeronimo Rodrigues.
    Esse numero representa um aumento de 80% referente ao mesmo período do ano anterior.
    https://apublica.org/2023/10/bahia-mortes-por-intervencao-policial-aumentam-quase-80-no-terceiro-trimestre/#:~:text=Entre%20julho%20do%20ano%20passado,aconteceram%20em%20ações%20da%20polícia.
    Parece que o problema não é bem a policia, tenho a impressão é que a bandidagem tem se sentido mais e mais apoiada, mais, digamos assim , tentada a tentar a sorte.

  2. Campos

    Mas o governador Tarcísio não se importa que haja mais mortes desde que seja mantido o apoio eleitoral de policiais militares de SP e dos neofascistas. Por isso é contra as câmeras nos uniformes dos policiais militares para garantir a liberdade total desses policiais, isto é, a “licença para matar”. Como diz o parceiro de milicianos que passou pelo Planalto: a morte de inocentes é apenas um efeito colateral. Uma parte do Brasil, formada por gente criminosa, civil ou fardada, não vê limites éticos e civilizados para tentar manter o país na barbárie.

  3. Genildo

    Repararam que a extrema esquerda capitaneada pelo PT protege a bandidagem desse país?
    Certeza que é pra retribuir a quase totalidade dos votos ganhos nos presídios.
    Pra bandido uma tornozeleira eletronica que não impede na continuidade crescente de crimes.
    Para policiais câmeras.
    Para cidadão honesto cumpridor das exigências do estado a dificuldade de adquirir e possuir uma arma de fogo para a defesa de sua propriedade e da familia.
    Nenhuma ação concreta na apreensão de armas de traficantes.
    Para as vítimas de roubo de celulares um programa que inutiliza de vez o uso do celular roubado, contra o ladrão que comete o roubo nenhuma ação repreensiva, pelo contrário, o pai Lulo passa a mão na cabeça e ainda justifica que é só pra tomar uma cervejinha.

    1. Moriarty

      Só idiotice e mentiras. Vá estudar as leis. Preso com condenação criminal transitada em julgado, além de não poder votar, também não pode ser votado. Outra informaçãozinha que as véinhas do zap não passam para os patriotários: os cinco presídios federais de segurança máxima foram construídos pelo governo Lula. O seu ladrão de joias não ergueu uma única cela para prender bandidos. Perdeu, manezão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios