Pego na Operação Lava Jato, Wesley Batista, da JBS, foi liberado na Operação Publicano

Para registrar aqui no blog, e esse blog tem bons e fiéis colaboradores, que Weslei Mendonça Batista um dos donos da JBS e enrolado até o cocuruto nas denúncias da Lava Jato, também esteve nas paradas de sucesso da Operação Publicano.

Segundo a denúncia, Wesley Batista, então presidente nacional da empresa JBS, teria agido em unidade de desígnios com o empresário Evaldo Ulinski, na época proprietário da empresa BIG Frango, para efetuar a promessa de pagamento de vantagem pecuniária estimada em R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais) a fiscais da Receita Estadual do Paraná.

Confome decisão do juiz de Londrina Juliano Nanuncio, que absolveu Batista, não ficou comprovada a efetiva participação do empresário da JBS no esquema de corrupção no Paraná.

Veja abaixo a decisão:

Deixe uma resposta