Prefeito de Londrina decreta fechamento do comércio por 15 dias

do N.Com

Foram anunciadas nesta quinta-feira medidas mais drásticas contra o coronavírus, entre elas o fechamento de praticamente todo comércio da cidade por um período inicial de 15 dias. Leia na íntegra o decreto publicado no Jornal Oficial do município. Estão mantidos serviços essenciais como: farmácias, supermercados, quitandas, padarias, delivery de refeições, postos de combustíveis e gás, lojas de suprimentos para animais (restritas à venda de alimentos ou medicamentos veterinários). De acordo com o prefeito Marcelo Belinati, agora é a melhor hora para tentar barrar a evolução do número de infectados – até a data de hoje há apenas o registro de um caso confirmado. O isolamento social, de acordo com especialistas de epidemiologia do mundo todo, é a melhor forma de proteção e pode evitar uma propagação rápida.

Foto: Emerson Dias

O decreto entrará em vigor totalmente em 48 horas, a partir da publicação feita esta noite, podendo ser prorrogado por mais dias. O documento segue orientações do COESP (Comitê de Operações Emergenciais  da Saúde Pública), do qual fazem parte especialistas em epidemiologia e diretores de hospitais e pronto-atendimentos públicos e privados. As medidas foram analisadas previamente pela ACIL (Associação Comercial e Industrial de Londrina), sindicatos e vereadores.

“Vamos superar este momento tão difícil para os londrinenses, mas para isso precisamos seguir o que já deu certo em outros países e evitar tudo aquilo que deu errado. Sou médico e garanto que nossa prioridade será salvar vidas.  Haverá prejuízos financeiros para todos, mas eles serão compensados por cada vida salva”, afirmou o prefeito, durante a coletiva para a imprensa.

Marcelo Belinati também foi veemente ao pedir que os londrinenses fiquem dentro de casa. “Não é para passear, para visitar outras pessoas, para ficar circulando nas ruas. As medidas somente darão certo se forem seguidas à risca por todos. Quem precisar ir ao mercado, por exemplo, vá sozinho.  Este é o momento de cada cuidar de si e do seu familiar, principalmente das pessoas mais idosas”, lembrou o prefeito, que já havia suspendido as aulas da rede municipal.

4 thoughts on “Prefeito de Londrina decreta fechamento do comércio por 15 dias

  • 19/03/2020, 21:47 em 21:47
    Permalink

    Depois que o comércio foi vítima da epidemia “pibinho”, agora vem pandemia do novo coronavírus. E o pior é que 15 dias não serão suficientes. Poucos vão sobreviver incólumes depois que arrefecer aquilo que Bolsonaro chamou de “fantasia”…

    Resposta
  • 20/03/2020, 11:40 em 11:40
    Permalink

    Vão usar esta pandemia para desculpar o que está por vir. Cuidado operadores.

    Resposta
  • 20/03/2020, 11:45 em 11:45
    Permalink

    Hoje pela manhã, graças ao bom senso de quem precisa trabalhar de verdade (e não essa raça politíca e apaniguados) o comércio funciona bem, obrigado. Vai trabalhar Belinati e para com essa conversa de pandemia. Só no trânsito morre mais gente do que dengue, h1n1 e o coroa vírus….

    Resposta
  • 20/03/2020, 12:39 em 12:39
    Permalink

    Enquanto isso, prefeito e alguns secretários querem que os servidores continuem trabalhando presencialmente mesmo nas atividades em que o trabalho remoto é possível. Sem oferecer distância, sem afastar grupos de risco, sem nem fornecer máscara ou álcool. Por mesquinharia. Os servidores não esquecerão disso! Cadê o Sindiserv?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: