Qual a posição política do senador Flávio Arns?

Há políticos que passam a vida defendendo um partido ou uma ideologia. E há outros que parecem biruta de aeroporto, mudam o tempo todo de acordo com a direção do vento.

No primeiro grupo podemos citar Fernando Henrique Cardoso, fundador do PSDB e até hoje um líder no partido.

No segundo grupo um dos exemplos é o senador Flávio Arns. Ele ingressou na política através do PSDB, em 1988. Em 2001 mudou para o PT. Em 2009 voltou ao PSDB, em 2018 ingressou no REDE, em 2020 assinou a ficha de filiação ao PODEMOS e agora migrou para o PSB.

Foi de centro-esquerda para a esquerda; fez o caminho inverso; depois foi para o centro-direita e agora, novamente vai para a esquerda.

Afinal, qual a posição política deste tão volúvel político?

Compartilhe
Leia Também
Comente

6 Comments

  1. Ivan Luiz Pauli

    Creio que se a farra dos fundos partidários e eleitoral não existissem, certamente teríamos menos volubilidade dentre os políticos, o “passe” está cada vez mais valioso, à custa do cidadão trabalhador e pagador de impostos que é, dia após dia, extorquido por uma carga de tributos e taxas cada vez maior, exigida para sustentar os privilégios da casta estatal.

  2. Walace

    Falta uma bússola de bom senso.

  3. Genildo

    No intimo sempre foi de esquerda, petista não militante e com pouco espaço dentro do partido, tanto que sempre votou a pauta do PT, mas nunca teve o espaço que achava que deveria ter, semelhante ao caso recente de Requião. Confesso que esperava uma atuação mais contundente como Senador mas tenho a impressão que ele esta lá mesmo é pelo status e pelo salário. Irrelevante para o Paraná e para a politica. Não fará falta……..

  4. Campos

    Só falta o senador Arns votar no bolsonarista Rogério Marinho. Aí vai mergulhar de vez no golpismo neofascista.

    1. Genildo

      Fica tranquilo….. ele é fazão de ladrão.

  5. Glaucia

    Inexiste posição política em políticos volúveis. Muda de partido como muda de roupa. Assim é o Centrão, volúvel, fisiológico, patrimonialista, coronelista, clientelista e chantagista. Resultado, a maioria, portanto.
    Flavio Arns é o nosso picolé de chuchu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios