Reis do Crime livres leves e soltos

de O Sul

A operação Rei do Crime, deflagrada pela PF em setembro de 2020, foi totalmente anulada. Prendeu os cabeças da lavagem de dinheiro do PCC em postos de gasolina e distribuidoras de combustível. Mas foi anulada por motivo curioso: o delator morreu no decorrer das investigações. Porém, mesmo depois de vastas provas contra os integrantes da suposta quadrilha, eles seguem soltos crescendo suas operações no mercado. Uma pequena amostra do poderio desse bando: mais de 20 laranjas do setor de combustíveis bancados pela facção foram descobertos, e até um dos condenados pelo assalto ao BC em Fortaleza em 2005 era alvo. A Justiça bloqueou R$ 730 milhões em bens, entre os quais dois helicópteros, um iate e dezenas de guinchos. Agora, estão impunes e livres para operar – e pobre do cidadão que não sabe que financia o PCC. O bando agora vende naftas importadas misturadas com gasolina para postos no Estado de São Paulo.

Compartilhe
Leia Também
Comente

7 Comments

  1. Anubian

    Condizente, temos um rei do crime na presidência, haha.

    Inclusive descondenaram ele e as empresas envolvidas no esquema dele (muitas até trocaram de nome).

  2. Campos

    Não sou jurista. Não posso afirmar se a decisão do juiz Diego Paes Moreira tem amparo na lei ou se pode ser questionada em instância superior. De qualquer forma, depois dessa notícia, é bom o coronel Cid, se quiser continuar bem vivinho da silva e garantir que sua delação chegue a bom termo, tomar cuidados muito especiais. Quem garante que não existe algum CAC babando sangue e ódio contra o coronel delator disposto a tentar melar a delação do ex-ajudante de ordens do Bolsonaro? Ou estou delirando?

    1. Genildo

      Se não é jurista nem opina, só vai falar merda e se for pra fazer isso vá a alguma convençao de algum partido de esquerda e fique a vontade.

      1. Campos

        Patriotário, já vi que o senhor nem sabe os significados da palavra “comentário”. Um deles é: conjunto de observações sobre um determinado assunto, fato ou acontecimento. Também não sabe o significado de “observação”? Vá pesquisar antes de escrever mais merda. Ou melhor, vá aprender a ler pra sair dessa condição de analfabeto funcional.

  3. Genildo

    Tem uma coisas cabulosas que só acontecem em determinados períodos da história né.
    Traficantes endinheirados sendo postos em liberdade pelo óbito do delator apesar da extinção de punibilidade ocorrer quando existe o óbito do acusado.
    Imagens de crimes sendo apagadas sem que o futuro ministro do STF intercedesse, mesmo sabendo que se tratava de provas.
    Imagens que deveriam ter sido feitas mas não foram feitas e que resultou em fuga de presídio de segurança máxima.
    Em contra partida se exige imagens dos operadores da lei, não dos infratores.
    Esposa de lider de facção frequentando ambientes em que se deveria combater o crime organizado.
    Agente publico frequentando sem represália ambiente dominado pelo crime organizado.
    Sei não hein, o que me preocupa mais ainda é que já tô velho demais para virar bandido e ter privilégios nesse país.

  4. Ivan Luiz Pauli

    Infelizmente é o padrão que temos visto ultimamente em nosso caríssimo judiciário: Liberte-se o criminoso é prenda-se o insatisfeito. Viva a era Lula livre.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios