10 milhões em propina para o PSDB

do UOL

O juiz federal Sérgio Moro destacou em sua decisão para autorizar a deflagração da“Operação Resta Um” – 33ª etapa da Lava Jato – que os R$ 10 milhões supostamente pagos pela Queiroz Galvão ao senador do PSDB Sérgio Guerra, em 2009, para abafar a CPI da Petrobras, teriam sido abatidos do montante da propina devida pela empreiteira à Diretoria de Abastecimento da estatal petrolífera.

“O episódio envolvendo a CPI da Petrobras de 2009 não caracteriza, em princípio, somente crime de corrupção, mas igualmente obstrução à Justiça”, anotou Moro. “Há provas de que a Queiroz Galvão teria pago R$ 10 milhões para obstaculizar a investigação da CPI.”

A transação envolvendo Sérgio Guerra (morto em 2014), então presidente nacional do PSDB, é um dos motivos que levaram o juiz da Lava Jato a decretar a prisão preventiva de dois dirigentes da Queiroz Galvão, Ildefonso Colares Filho e Othon Zanoide de Moraes. Leia mais

6 comentários em “10 milhões em propina para o PSDB

  • 02/08/2016, 20:28 em 20:28
    Permalink

    Se o PSDB leva propina até quando não faz parte do governo, imagine quando está no governo!

    Resposta
  • 02/08/2016, 22:05 em 22:05
    Permalink

    Sergio Guerra do PSDB era o presidente da CPI e o senador Alvaro Dias também do PSDB era membro da CPI, Guerra aceitou 10 milhões para abafar a CPI com certeza ele não tomou essa decisão só, com certeza teve a concordância dos outros membros especialmente do senador Alvaro Dias. a sorte do Sergio Guerra é que ele morreu.

    Resposta
    • 03/08/2016, 20:41 em 20:41
      Permalink

      Mas os que participaram da partilha do butim estão bem vivos por aí. Mas se o juiz Moro não vai atrás de tucano vivo, imagina se iria atrás de tucano morto.

      Resposta
  • 03/08/2016, 11:37 em 11:37
    Permalink

    “Kalunía”. O compadre Paçoca quer enlamear o partido político mais honesto do “BRAZIL” . “hinventa” outra compadre. Vou processa-lo O nobre senador Sérgio Guerra era um homem probo, honesto, alem de tudo um homem modesto, vivia modestamente em uma casa simples na periferia de Fortaleza. Seu amigo paranaense, “Alvos Dhias”, é testemunha de que isso que se fala do dito cujo falecido é mera futricagem politica

    Resposta
  • 03/08/2016, 21:37 em 21:37
    Permalink

    10 milhões é dinheiro e pinga para o PT. Só o marqueteiro Santana pagou 31 milhões de fiança.

    Resposta
  • 04/08/2016, 00:41 em 00:41
    Permalink

    Será que o juiz Moro vai atrás desses R$ 10 milhões (alguém pode me dizer quanto esses R$ 10 milhões valeriam hoje)? Não é difícil achar onde ele foi parar. Basta segui-lo. Mas o juiz Moro precisa provar a cada dia que passa que ele é mais tucano do que ninguém. E os R$ 10 milhões ficarão por aí…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: