A Câmara Municipal, o senador da República e a coisa pública

CAM01766[1]

Do blog Baixo Clero/Fabio Silveira

Wilson de Matos Silva (PSDB) é suplente do senador Álvaro Dias (PSDB) e reitor da Unicesumar, universidade com sede em Maringá . Ele está no exercício do mandato até o começo de dezembro. Matos está na sessão da Câmara de Londrina em duas condições. No começo da sessão teve um tempo de fala para prestar contas da sua passagem de quatro meses na Casa mais alta do parlamento brasileiro. Depois ele participou de uma cerimônia de entrega do selo “Arma não é brinquedo”. Foram dois momentos em que ele participou da Mesa da Câmara na condição de senador da República.

Nesse momento Matos voltou à Mesa da Câmara, dessa vez como reitor da Unicesumar. Aliás, é como reitor da universidade privada de Maringá que pretende se instalar em Londrina que Matos veio ao Legislativo. Ele veio à Câmara defender mais um daqueles projetos de lei fazendo mudanças pontuais no zoneamento e que são tão comuns em Londrina, enquanto a lei de Uso e Ocupação do Solo não é aprovada pelo Legislativo londrinense.

Questionado se a sua presença, no exercício do mandato de senador, numa Câmara Municipal, não poderia ser entendida como uma forma de influenciar a votação, Matos afirmou que é professor há 42 anos, reitor da Unicesumar há 25 anos e esteve senador em dois períodos de quatro meses cada, graças a licenças tiradas pelo titular da cadeira, Álvaro Dias.

O autor do projeto de lei fazendo a mudança pontual do zoneamento do terreno comprado pela Unicesumar em 9 de setembro do ano passado, próxima à Vila Santa Terezinha é o vereador Rony Alves (PTB), que como presidente da Câmara abriu os microfones a Matos nas duas condições: como senador da República e como empresário da educação.

Nesse episódio sobra a dúvida sobre o motivo da visita de Matos a Londrina: veio o senador prestar contas na segunda maior cidade do Estado ou o empresário interessado em investir na segunda maior cidade do Estado?

2 comentários em “A Câmara Municipal, o senador da República e a coisa pública

  • 28/11/2014, 18:34 em 18:34
    Permalink

    Hoje de manhã, na roda de amigos no Bourbon se questionava o porque da vinda à Londrina do senador-suplente, Wilson de Matos Silva (PSDB), que também é reitor da Unicesumar, de Maringá. A dúvida logo foi dirimida. Deve ter sido convidado pelo vereador Rony Alves (PTB)- campeão de leis de mudança do zoneamento para grandes empresas (porque será, hein?)já que nesta cidade não existe vontade politica ou predomina outros interesses em aprovar logo o Plano Diretor. O senador-reitor não teria influenciado os vereadores para aprovar o projeto de mudança do zoneamento em uma área comprada pela Universidade maringaense, para ali se instalar?. Só lembrando que esse projeto de lei também é de autoria do vereador Rony Alves

    Resposta
    • 28/11/2014, 22:13 em 22:13
      Permalink

      Só este vereador FEZ MAIS MUDANÇAS QUE SOMANDO TODO O MANDATO PASSADO ,e o pior parece que tem alguém vinculado a administração que foi beneficiado com uma mudança de área bastante considerável.Se este vereador tiver um pouco de decência deveria postar no site da Camara ou mesmo na imprensa uma relação com todos os projetos de sua autoria mudando zoneamento com nomes de todos os proprietários da região que foram beneficiados. Não acredito nesta sugestâo poís conheço a índole deste edil., mas quem sabe tenha mudado.Fica ai uma sugestão , ou caso contrario que o MP peça esta relação e torne pública para que a cidade fique sabendo o que acontece nos bastidores desta administração que tem dominado plenamente esta atual legislatura

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: