A dolce vita do vereador de Imbituva

Em um tempo em que a sujeira debaixo do tapete está sendo varrida, mais um vereador, Rubens Pontarollo, de Imbituva, tem os bens bloqueados. Ele é investigado por utilização irregular dos recursos públicos. O Ministério Público do Paraná apurou que ele gastou cerca de R$ 137 mil sem prestar contas. Várias notas fiscais apresentadas por ele mostram que o dinheiro não era utilizado para fins públicos. Ele ia, por exemplo, em casas noturnas de Brasília e gastava com alimentação com valores altos. O bloqueio de bens ficou em R$ 550 mil, em valores atualizados, com prejuízos ao erário e multa. A ação pede que seja condenado por improbidade administrativa.

Deixe uma resposta