A dolce vita dos dirigentes partidários: salários de até R$ 27 mil

Um presidente de partido no Brasil ganha salário de até R$ 27 mil. Mais que governadores de Estados como São Paulo, por exemplo.

Os dados constam de prestação de contas dos partidos ao TSE, obtidos pelo Estadão. O campeão dos salários é o desconhecido Ovasco Resende, do obscuro PRP. Carlos Siqueira (PSB) e Roberto Jefferson (PTB) também integram o topo da pirâmide: recebem R$ 25 mil e R# 23 mil, respectivamente.

*Com Estadão

2 comentários em “A dolce vita dos dirigentes partidários: salários de até R$ 27 mil

  • 14/06/2018, 19:06 em 19:06
    Permalink

    Quanto ganha o presidente de nanico partido em Londrina?
    Cargos pra ele e família e mais quanto?

    Resposta
  • 15/06/2018, 12:38 em 12:38
    Permalink

    O foco está na estrutrura estadual tipo Severino dono do PSB, Alex no PTB, Requião no PMDB e assim vai. MP e PF se manisfestem?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: