Ação no TRE tenta derrubar convenção do PSL de Londrina

E, como era de se esperar, o TRE também vai julgar uma ação contra o PSL e a coligação “Londrina acima de tudo, Deus acima de todos”.  Também integram a coligação o Republicanos e o Avante, tendo como candidato a prefeito Junior Santos Rosa.

A alegação do denunciante Silvio Toshio Saruwatari é que o PSL atropelou o próprio estatuto e realizou a sua convenção de forma totalmente irregular.

Uma briga interna fez com que a convenção que deveria ser realizada no ultimo dia 12 de setembro fosse suspensa. A nova convenção foi convocada no dia 14, ocorre que segundo o estatuto do próprio partido eram necessários pelo menos 5 dias de antecedência dar publicidade à nova data.

 

Deixe uma resposta