Adenilso Rossi fora do PTB. Durou pouco a passagem pela “seita”

Este blogueiro ainda não entendeu direito se o empresário Edenilso Rossi, que até há alguns dias presidia o PTB do Paraná, pediu para deixar o partido ou se ele foi convidado a ser incluído fora da sigla.

De qualquer forma a legenda, que em tempo muito distante foi comandado por Leonel de Moura Brizola, e que depois da volta da liberdade política passou a ser um partido adesista ao mandatário do momento, vive uma nova transição.

Pelo que dá a entender Rossi, em mensagens de whats a amigos, o PTB está deixando de ser apenas adesista juramentado para se transformar em uma seita bolsonarista sob o comando de Roberto Jefferson, aquele ex-presidiário condenado pelo mensalão do PT.

No Paraná o PTB foi, por muitos anos, comandado pela família Martinez – dona da Rede CNT. Depois passou para as mãos do então deputado federal Alex Caniziani.

Recentemente o líder da “nova seita”, Roberto Jefferson, trocou o comando do partido no Paraná, colocando na presidência Edenilso Rossi.

Durou menos de três meses a aventura do empresário no comando do partido.

Há brigas internas pesadas. Uma delas é que Jefferson quer que o jornalista bolsonarista Osvaldo Eustáquio seja candidato ao Senado. Rossi queria outro nome.

Pra piorar, o partido corre o risco de não conquistar nenhuma vaga na Câmara Federal – hoje tem apenas uma cadeira – já que precisará montar uma chapa forte e o partido está com sérias dificuldades em seduzir políticos com voto para o partido.

One thought on “Adenilso Rossi fora do PTB. Durou pouco a passagem pela “seita”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: