Advogado já foi citado por suposto envolvimento no caso das Bruxas de Guaratuba

Alguém com boa memória, que não é o caso deste blogueiro, relembrou que o nome do advogado dono da propriedade onde foi preso Fabrício Queiroz tem história no Paraná.

Em 1992, em Guaratuba, houve o que ficou conhecido como o Caso Evandro e as Bruxas de Guaratuba. Um garoto foi sequestrado e morto com muita crueldade. A polícia identificou os assassinos e os possíveis mandantes -a esposa do prefeito da cidade. Na investigação o delegado Luiz Carlos de Oliveira chegou a pedir judicialmente a prisão do advogado Frederick Wassef que seria divulgador da seita Lus, que seria comandada por Valentina Andrade.

3 thoughts on “Advogado já foi citado por suposto envolvimento no caso das Bruxas de Guaratuba

  • 18/06/2020, 20:03 em 20:03
    Permalink

    E outros londrinenses de boa memória também vão se lembrar de que a “moça” citada na reportagem, Valentina de Andrade, morou um bom tempo em Londrina, em um bairro chique, até que recebeu a visita da PF, que encontrou um monte de dindim em sua casa além de um violino Stradivarius. Em resumo: parece que o gramunhão foi embora de Brasília ao fim do governo Collor mas está voltando com o governo Bolsonaro. Quá! Quá! Quá!

    Resposta
  • 19/06/2020, 10:50 em 10:50
    Permalink

    Como pode o advogado do Flávio Bolsonaro acoitar um foragido da polícia em seu imóvel? Como pode um advogado amigo do presidente da república acoitar um foragido da polícia em seu imóvel? Como pode um presidente da república receber em audiência e convidar para posse de ministro um advogado que acoita bandido em sua residência?

    Resposta
    • 19/06/2020, 17:18 em 17:18
      Permalink

      Legalmente Queiroz não era foragido porque a justiça ainda não havia expedido um mandado de prisão. Ele era apenas um fujão, um foragido social ou, quem sabe, uma testemunha mantida em velado cativeiro para que seus superiores não fossem colocados em risco em algum processo. Mas existe um lado ético. E, pela ética, o advogado Wassef, Bolsonaro e seus filhos clientes do Wassef deixam muito a desejar. Se é que algum deles também saiba o que é ética…

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: